Advogado pede prisão de cantor Jonny Hoocker que chamou Jesus Cristo de “travesti e bicha”

25 comentários
goo.gl/VAr8ir | A polêmica apresentação no festival de inverno de Garanhuns pode parar na delegacia. O advogado criminalista Jetthro Silva Júnior ingressou na Chefia de Polícia da Policia Civil de Pernambuco, com uma notícia crime contra o cantor Jonh Donovan Maia, conhecido como Johnny Hoocker. Se condenado o cantor que chamou Jesus Cristo de “bicha, viado e transexual” pode pegar até cinco anos de prisão.

Na ação o advogado afirmou que, segundo dados do IBGE, cerca de 86% da população brasileira se declara cristã. ou seja, ainda que o brasil seja um pais constitucionalmente laico, mais de 178 milhões de brasileiros possuem ou professam a fé cristã, ou seja, têm na pessoa de Jesus Cristo o centro e a razão de sua crença.


Lembrou ainda que Jesus Cristo também é considerado para os cristãos como modelo de uma vida virtuosa, e tanto como o revelador quanto a encarnação de Deus. Os cristãos chamam a mensagem de Jesus Cristo de evangelho (“boas novas”), e por isto referem-se aos primeiros relatos de seu ministério como evangelhos.

Argumenta que as pessoas que professam a fé cristã têm a pessoa de Jesus Cristo como uma pessoa do sexo masculino, heterossexual, segundo a bíblia sagrada, que é o livro que contém os ensinamentos cristãos.

“Qualquer afirmativa diferente desses dogmas é considerada uma ofensa a fé cristã.

Advogado Jethro Silva Júnior entrou com ação contra o artista Johnny Hooker por ofender os cristãos

Daí, qualquer manifestação que implique, de alguma forma, em ofensa a Jesus é uma ofensa aos cerca de 178 milhões de brasileiros”, explicou. Pessoalmente ele se disse ” ofendido, quando na noite do último dia 28 de julho de 2018, na cidade de Garanhuns/Pe, durante um “show” realizado no âmbito do chamado Festival de Inverno de Garanhuns, o noticiado John Donovan Maia, que se apresenta com o vulgo de Johnny Hooker, afirmou que “Jesus é transexual sim, Jesus é bicha sim, porra!”, além de ter puxado o coro “ih, ih, ih, Jesus é travesti“.

“A circunstância de Johnny Hooker ter-se expressado por ocasião de uma manifestação artística de duvidosíssima qualidade, e que, portanto, nessa circunstância, in thesi, estaria albergada pela liberdade estabelecida no inciso IX do art. 5º da constituição federal, não é menos certo que essa mesma liberdade deve amoldar-se à lei. Assim, ainda que arte seja, substancialmente, liberdade, o direito à liberdade artística não pode ser ilimitado e encontra balizas em outros valores constitucionalmente assegurados.”

Ele lembrou ainda que o art. 20, §2°, da lei federal n° 7.716, de 05 de janeiro de 1989, dispõe, que “praticar ou incitar a discriminação de religião” é crime com pena de até 5 anos de reclusão.

O advogado arrolou, como testemunhas, o prefeito de Garanhuns, o arcebispo de Olinda e Recife, o bispo diocesano de Garanhuns, o presidente da ordem dos pastores evangélicos de Garanhuns e região, além da cantora Daniela Mercury e lembrou, ainda, a possibilidade da representação pela decretação da prisão preventiva do cantor.

Fonte: www.ricardoantunes.com.br

25 comentários

  1. Anônimo3/8/18 10:39

    Prisão para alguém que falou mal da pessoa que você idealiza? Estamos de volta nos tempos da ditadura?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo3/8/18 11:14

      Por que estamos de volta nos tempos da ditadura? Eu aposto que se algum cristão tivesse ofendido alguém do meio Lgbt, o processo criminal já estaria tramitando

      Excluir
    2. Anônimo3/8/18 11:37

      E é exatamente como você disse, por "falar mal" que deve ser processado. Você faria o memso. Não existe ditadura aqui. Existe realidade. Ofendeu e profanou a fé da maioria do povo braisleiro, que se dizem cristãos, sejam catolicos ou evangélicos. Os cristãos jamais ofendem o povo que se autodenomina lgbt, eles mesmo se discriminam entre eles.

      Excluir
    3. tu nao sabe nem o que é ditadura...jumento.

      Excluir
    4. Anônimo5/8/18 19:07

      Ele quis dizer: travestis e bichas sao excluídos e crucificados como Jesus foi... Jesus foi chicoteado e crucificado como um criminoso (tá com pena? Leva pra casa), inclusive morreu ao lado de dois os perdoando. O preconceito é tão grande q as palavras "travesti" e "bicha" não merecem respeito de alguns "cristãos"? Pra eles ja significam deboche, ofensa... Estão agindo exatamente como quem crucificou jesus. Lá em cima Jesus vê o que todos vocês estão fazendo e o q esta dentro do coracao de vcs...

      Excluir
  2. Se algum evangelico estivessem falando mal dos gays possivelmente já sairia preso.

    ResponderExcluir
  3. Creio que Jesus nunca tenha se intitulado por algum gênero .Muito pelo contrário, o que se sabe pela interpretação e leitura dos Evangelhos é que ele era assexuado uma vez que, não se encontram relatos sobre a vida sexual de Jesus. Ele pregou o "amor" incondicional. Nunca vi na bíblia uma passagem,do próprio Jesus, discriminando alguém . Há afirmações dos escritores porém passagem em que O Filho de Deus recrimina alguém , nunca vi. #minhaHUMILDEopniao

    ResponderExcluir
  4. Não seria o perdão o último ensinamento professado por Jesus? "Pai, perdoa-lhes pois,eles não sabem o que fazem!" O verdadeiro cristão preocupa -se com a justiça dos homens ou a JUSTIÇA DIVINA ? Ñ foi essa mesma justiça humana que o enviou para Cruz? Fico preocupado com afirmações que vão contra aos ensinamentos bíblicos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo3/8/18 15:39

      Inicialmente, a questão é a ofensa praticada. Devemos perdoar, contudo a partir do instante que ofensas como essas estão se tornando rotineiras deve coibir. Ser cristão não quer dizer perdoar a tudo, porque no momento que ignoramos tal afirmação estamos sendo cúmplices e omissos. Omissos por sabermos a verdade e não nos manifestar já que a maioria da população é cristã, e tem como estudos bíblicos pautados no Evangelho que nada mais é do que o testemunho e ensinamentos de Cristo. Somos cúmplices no ponto que ao nos silenciarmos acabamos por consequência concordando. A justiça Divina está acima da justiça dos homens, mas perante a esse cenário de perda de valores, eis a nossa opção de recorrer a Justiça de meros mortais.

      Excluir
    2. Anônimo5/8/18 19:13

      Ele quis comparar Jesus ser excluído e crucificado por uma sociedade q nao o compreendia com o q travestis e bichas passam. Óbvio q ele nao quis dizer q Jesus usou homonios ou deu... Essa compreensao errada é algum tipo de problema mental de vcs?

      Excluir
  5. Anônimo3/8/18 17:29

    Me parece que a ofença se tornou algo banalizado, isso me preocupa bastante, hoje em dia temos o famoso bullying, ao invés de educarmos nossos filhos pra não se ofenderem facilmente, ensinamos a levar a sério tudo o que falta por aí, como se quiséssemos que todos pensem igual, se dizem que ele era uma coisa que as pessoas crêem não ser, pra que se ofender? Mimimi demais...

    ResponderExcluir
  6. Esse camarada é um sujeito sem respeito a fé alheia e já devia está na cadeia.

    ResponderExcluir
  7. Gostaria de ver esse viadinho aqui no RJ. O tráfico não perdoa. Já teria indo para o inferno.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo3/8/18 22:35

    Todo joelho se dobrará diante do filho do Homem nosso Deus... Aí sim nessa hora vcs comenta quem tá certo ou errado nesse dia...

    ResponderExcluir
  9. Anônimo4/8/18 08:57

    Quem citou acima que Jesus NÃO tem género definido deveria ler mais e estudar a bíblia, o proprio nome dele e masculino... e ele não é Deus mas sim o filho de Deus que o próprio Deus enviou a tarra para nos mostrar o modo de vida que o agrada.
    A nação LGBT vive em uma demagia sem fim eles mesmos se descriminam, NÃO pode falar deles mas eles falam insultam a TODOS sem papas na língua. Esse sujeito tem que responder mesmo criminalmente para aprender a respeitar não somente os cristãos e evangélicos mas a todo ser humano de bem!

    ResponderExcluir
  10. Cadeia para o homossexual!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Anônimo5/8/18 08:25

    Ele tem que pagar pelo que disse, perdoar não significa que ele deve ficar impune, devemos perdoar essa ofensa em nossos corações, não ter ódio dele, amar o homem, mas jamais o pecado, o que ele fez é inadmissível e tem consequências e ele deve responder por isso, se não for aqui não terra, será frente, frente com o próprio Jesus que SIM é filho de Deus e SIM também é o próprio Deus, não desejando mal a ninguém, mas eles teve um acidente grave e está a beira da morte uma semana após a ofensa que fez, só espero que dê tempo dele se arrepender, pq se não...

    ResponderExcluir
  12. Jesus nem existe. Preguiça desse povo.

    ResponderExcluir
  13. Anônimo5/8/18 11:10

    Não entendo!
    De fato discordo da atitude do cantor e o ridicularizo! Agora prisão? Seria isso uma democracia? Pede para o mesmo advogado prender os pastores que ofendem os gays também e fica tudo certo.

    ResponderExcluir
  14. Pastor e bispo chutar e quebrar imagens da igreja católica pode?

    ResponderExcluir
  15. Anônimo6/8/18 09:03

    O preconceito começa quando ser chamado de gay, travesti ou bixa é considerado ofensivo.
    E se Jesus tivesse qualquer um desses atributos? Isso invalidaria seus ensinamentos???

    Dá pra ver aqui o tipo de cristãos que temos em nosso país! Que se preocupam cada vez mais com ele mesmo julgando o vizinho do que com a mensagem divina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para de falar merda, os próprios filhos da putasgays, se chamam de bicha e viado, quer dizer que Jojo todinho, que bosta, e Pablo votar podem chamar os da sua espécie de viado, senta bicha, quica a bunda bicha e nos, o resto temos que trata_los da maneira que eles querem, se eles mesmos nao se dão o respeito, vá caçar um serviço

      Excluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo6/8/18 16:35

    Não vai adiantar nada ficar batendo boca com este tipo de pessoa, quando um ser chega ao ponto de falar uma asneira destas, simplesmente temos de relevar e concordar que o sujeito não tem cérebro, cada um colher o que plantou, o dele está guardado,e para os gayzistas de plantao, isto não foi uma ameaça

    ResponderExcluir
  18. Anônimo8/8/18 11:41

    Olá, bom dia! como cristão e advogado, espero que esse cantor respeite a fé cristã e lei que garante a liberdade religiosa a quem exercer a sua fé. nunca o vi e nem o conheço, porém não aceito este insulto a pessoa divina de Jesus Cristo, que a bíblia traz como homem em 1 Timóteo 2;5, ser desrespeitado. espero que tal cantor seja preso e julgado.

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!