Policial amamenta bebê internado por desnutrição em hospital: "Instinto materno"

Nenhum comentário
goo.gl/AV2tQu | Uma policial foi além de suas funções ao amamentar um bebê em um hospital infantil de La Plata, na Argentina. A agente Celeste Ayala fazia sua ronda habitual no local quando ouviu um choro incessante vindo de uma das salas. Ao jornal argentino La Nación, ela contou que desconfiou que o pequeno estivesse com fome, pediu permissão aos funcionários para amamentá-lo e foi autorizada.

A foto da oficial amamentando o bebê foi publicada no Facebook por um colega dela na última terça-feira (14) e logo viralizou. De acordo com o jornal Clarín, ela teria dito aos médicos que foi movida pelo "instinto materno".

Celeste, que faz parte do Comando de Patrulhas de Berisso, prestava serviço de segurança nas horas vagas ao hospital. Ela foi mãe recentemente e teria se preocupado com o choro anormal do bebê, internado justamente com um quadro de desnutrição.

A criança é a caçula de uma família de seis irmãos e foi separada da mãe por uma ordem do juizado de família da cidade de La Plata, na Província de Buenos Aires.

Fonte: noticias.uol.com.br

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!