Concurso PRF para outubro: expectativa em torno de edital e banca organizadora

Nenhum comentário
goo.gl/P6mGgK | Façam suas apostas! A Polícia Rodoviária Federal (PRF) já tem o nome da banca organizadora responsável pelo próximo certame. A empresa foi definida por dispensa de licitação vencendo outras seis propostas encaminhadas à corporação.

O nome, entretanto, permanece sob sigilo. Quando o prazo para encaminhamento de documentação foi aberto, os nomes do Cebraspe e Iades apareceram como participantes da disputa, junto a um terceiro integrante que não foi revelado.

Posteriormente, mais empresas mostraram interesse, mas a corporação não identificou quais foram. A PRF mantém o nome da organizadora escolhida por cautela, afinal, o processo foi encaminhado para aprovação por parte da Advocacia Geral da União (AGU).

Somente após o parecer do órgão, o que deve levar de 20 a 40 dias, o nome poderá ser revelado. Vale lembrar que, mesmo diante do parecer favorável, as demais participantes podem encaminhar recursos contra a decisão.

Nesta semana, a PRF desmentiu rumores de que o Iades havia sido a escolhida, além da oferta errônea de 700 vagas. Sendo assim, os interessados em ingressar na corporação seguem na expectativa de quem será a organizadora.

Concurso PRF


O Concurso PRF 2018 ofertará 500 vagas para policial rodoviário federal, conforme previsto em portaria autorizativa. A carreira exige formação de nível superior em qualquer área com direito à remuneração inicial de R$ 10.357,88.

Além da escolaridade, outros requisitos devem ser atendidos, como idade mínima de 18 anos, CNH categoria “B” e quitação dos serviços militares e eleitorais. Um ponto importante é que a lotação dos postos seja ou não expressa em edital. A comissão organizadora será a responsável pela disponibilização dessa informação.

Com isso, pode ser que o edital seja regionalizado, isto é, distribuindo as vagas pelas diversas regiões do país. Tanto membros da PRF quanto representantes sindicais analisam os critérios para divisão dos postos confirmados e, em reuniões, verificaram o teor da minuta da Lei Orgânica da PRF. O texto foi elaborado pela Administração da corporação.

O certame deverá avaliar os candidatos por meio de provas objetivas, discursivas, além de avaliação de títulos, capacidade física e médica. Os aprovados serão matriculados no curso de formação, que tem duração de três meses, seguido de investigação social.

O que cai no Concurso PRF?


Os candidatos do Concurso PRF devem ser avaliados por provas objetivas e discursivas que, provavelmente, versarão sobre:

  • Língua Portuguesa
  • Matemática
  • Noções de Direito Constitucional
  • Ética no Serviço Público
  • Noções de Informática
  • Noções de Direito (Administrativo, Penal, Processual Penal)
  • Legislação Especial
  • Direitos Humanos e Cidadania
  • Legislação Relativa ao DPRF
  • Física Aplicada à Perícia de Acidentes Rodoviários

Luciana Gomides

Fonte: editalconcursosbrasil.com.br

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!