Primeira colocada no concurso da PM diz que homens e mulheres estão concorrendo em igualdade

Nenhum comentário
goo.gl/TDMoKv | O resultado da prova escrita do concurso público para soldados da Polícia Militar foi publicado nesta segunda-feira (10) e o resultado chamou atenção pois, depois da polêmica envolvendo as vagas destinadas às candidatas do sexo feminino, uma mulher conquistou o primeiro lugar na classificação.

O resultado também pegou de surpresa a candidata e engenheira ambiental Fernanda Queiroz Valdez, de 26 anos. Primeira colocada na prova, ela contou que a classificação mostra como mulheres e homens podem concorrer em igualdade de condições e que ser a melhor no desempenho da prova foi uma surpresa.

“Nossa, foi um susto. Eu já havia corrigido e sabia que teria uma boa nota, mas não achava que fosse ficar em primeiro. Fiquei extremamente feliz”, contou Fernanda, moradora de Três Lagoas, ao Jornal Midiamax.

Muito focada, a futura soldado da PM contou que se dedicava aos estudos de segunda a sexta-feira, durante o dia todo. “Eu já havia estudado um pouco no ano passado para outros concursos, mas depois parei. Mas quando saiu o edital da PM e do Bombeiro eu voltei a estudar especificamente para esse concurso”, disse.

Questionada sobre as vagas destinadas às mulheres que teve aumento de 47 para 70 vagas e que, anteriormente gerou grande polêmica, Fernanda afirmou que é uma situação é muito delicada, mas tem a certeza de que a ampliação das vagas para as mulheres abriu mais oportunidades.

“Da forma como está apresentado o resultado, as vagas não estão mais divididas. Homens e mulheres estão concorrendo em igualdade”, relatou Fernanda.

O resultado do concurso desencadeou muitos comentários nas redes sociais sobre a primeira colocação ter sido preenchida por uma mulher. Uma internauta diz: “Que orgulho. Parabéns, Fernanda. Isso é uma conquista para nós, mulheres”. Outra jovem comenta: “Parabéns guerreira”.

A candidata afirmou que ficou muito feliz com a representatividade, mas que agora o momento é de aguardar as próximas fases do concurso. “Estou treinando para o TAF (Teste de Aptidão Física) e espero que dê tudo certo. Estou com um frio na barriga pensando no curso de formação, mas espero que eu consiga concluir da melhor forma possível. Se Deus quiser”, finalizou.

Prova e resultado


A SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização) e a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) divulgaram, nesta segunda-feira (10) a lista com a classificação dos candidatos aprovados na prova escrita objetiva para o concurso da Polícia Militar.

O concurso irá selecionar candidatos para o cargo de soldado, oficial e oficial de saúde. O processo seletivo recebeu mais de 34 mil inscritos para as vagas de soldado, 2 mil para o cargo de oficial combatente e 221 para as vagas de oficial de saúde. A polêmica do processo seletivo ficou em torno da decisão de igualdade para mulheres, quando tinham apenas uma quantidade limitada no concurso.

O concurso de soldado, por exemplo, oferecia 388 vagas a princípio e, destas, apenas 47 seriam destinadas às mulheres. Uma decisão da Justiça permitiu que o concurso fosse feito sem diferenciação quanto ao número de vagas para homens e mulheres. Após a decisão, as mulheres podem comemorar: se antes haviam apenas 47 vagas para elas, agora podem ocupar 70 vagas entre as 388 oportunidades disponíveis, de acordo com a classificação da prova escrita. Além disso, a primeira colocada na prova para soldado é uma mulher.

Confira a classificação dos candidatos na prova escrita objetiva no Diário Oficial do Estado.

Mariane Chianezi
Fonte: www.midiamax.com.br

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!