Mãe ‘fantasia’ filho de escravo para festa de Halloween em escola no RN e gera revolta

2 comentários
goo.gl/VYjCiR | A fantasia de uma criança de 9 anos gerou revolta e críticas nas redes sociais. Uma mãe decidiu pintar o filho e fantasiá-lo de escravo para uma festa de Halloween na escola. A mulher maquiou “marcas” de chicotadas e cobriu a criança com roupas brancas e correntes.

O caso aconteceu em Natal, no Rio Grande do Norte. Ela publicou as fotos do garoto nas redes sociais na tarde de segunda-feira (29) e as imagens causaram grande repercussão na internet. A maioria dos comentários foi de críticas à fantasia, considerada racista.

Em tom irônico, a mãe se manifestou no Twitter e no Instagram pedindo para que as pessoas não lessem livros de História. Ainda com ironia, ela destacou que uma pessoa se torna racista se disser que houve escravidão.

A publicação com as fotos da criança foi apagada do perfil dela e todas as redes sociais foram bloqueadas. Em nota, o Colégio CEI Romualdo, onde ocorreu a festa de Halloween, lamentou a escolha do traje e declarou que a instituição não compactua com expressões de racismo ou preconceito.

Por Jovem Pan
Fonte: jovempan.uol.com.br

2 comentários

  1. Engraçado que o racismo acontece nitidamente nos dias atuais. Mas ninguém pode se fantasiar de escravo porque choca os outros? Acho que todos devemos nos fantasiar de escravos e sentirmos na pele o que é preconceito para pararmos de hipocrisia!!!!!!!

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!