Tapas e socos gravados: ‘Falta de elementos’ impede prisão de agressor de advogada

18 comentários
goo.gl/wFp9qU | A delegada Ana Elisa Gomes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) falou nessa quarta-feira (26) sobre o caso que ganhou repercussão envolvendo Victor Junqueira, filho do ex-prefeito de Anápolis Eurípedes Junqueira, e a advogada Luciana Sinzimbra, de acordo com informações do ‘Mais Goiás’.

Apesar de as imagens gravadas pela vítima terem sido divulgadas, Ana Elisa afirma não existir elementos necessários para a prisão preventiva do agressor. “Ele não está prejudicando o trabalho dos investigadores ou praticando outros crimes contra a vítima. O fato não foi em flagrante, ele tem residência fixa e compareceu à delegacia acompanhado de um advogado, portanto não ocorrerá a prisão por hora”, explicou.

“Se Victor difamar ou desqualificar L.S. na internet ou perturbar o trabalho de investigação, por exemplo, ele pode ser preso”, conta a delegada.

Segundo a reportagem, Victor já foi ouvido pela polícia, mas o caso está sendo tratado com discrição pelo fato de constrangimento da vítima.

“O inquérito foi concluído na sexta-feira e remetido ao poder judiciário na data de ontem [quarta-feira]. A vítima foi orientada sobre as medidas protetivas de urgência enquanto as investigações estão em andamento”, disse a delegada ao Mais Goiás. Veja o vídeo das agressões abaixo.



Fonte: istoe.com.br

18 comentários

  1. Era o delegada deixar ele fazer isso com ela .esse e o Brasil que eu quero o meu futuro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha o tamanho do cara, na hora de comentar aqui tem atitude, mas duvido que teria coragem de fazer alguma coisa se estivesse na mesma situação. Pessoas como você é o que eu não quero no Brasil do meu futuro.

      Excluir
  2. Se fosse um qualquer, a delegada o teria preso pela Lei Maria da Penha, não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ce acha que ela gravou pra poder postar no status do whatsapp ou pra mostrar pra polícia?

      Excluir
  3. Cadê a Maria da Penha???? Esse sacana merece cadeia. Agora de nada adianta se essa moça continuar com ele, já acostumou a apanhar. Se fosse minha irmã esse merdinha ia apanhar muito, de todas as formas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O vídeo foi justamente uma forma de protesto e algo que servirá de prova para a polícia, ela não se acostumou a apanhar, tanto que é dito no vídeo, que os dois terminaram.

      Excluir
    2. Sabe por que ele não vai ser preso por que é filho de politico se fosse o Zé do sacolé já estava enquadrado na lei Maria da Penha acho que a delegada achou que os tabefes na namorada era massagem relaxante. LAMENTÁVEL

      Excluir
  4. Não é q ele não vai ser preso ou responder por seus atos, no caso ele não teve a prisão preventiva decretada. Infelizmente a delegada só está cumprindo de acordo com a lei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria ver se fosse a filha da juíza, se ela só cumpriria a lei...

      Excluir
  5. Isso só dói quando acontece com a Família da gente, A delegada tem provas e indícios para prender o canalha, só não o fez porque teve medo, pelo jovem pertencer a Família de políticos, Se tivéssemos uns 1.000 Sérgio moro nesse país, as injustiças seriam corrigidas de forma mais imediata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sergio moro oi ??
      acorda pra vida
      lula livre

      Excluir
  6. A corrupção também começa ao deixar de cumprir com o dever legal, o Sra delegada tem todos os requisitos para fazer a prisão deste, mas, em se tratando de um babaca filho de alta classe, a Sra delegada colocou seus dever de lado e provavelmente deixou ser influenciada pelo fato de o canalha ser filho do "cara", isso pra mim se classifica como parcialidade,e se fosse o filho do pedreiro? Será que ela teria a mesma atitude? Sra delegada, cria vergonha na cara e cumpra com o seu dever que e de punir a quem infringe a lei, agressão é um tipo de crime, e se agrava quando praticado contra mulher

    ResponderExcluir
  7. Falta elementos??? Será que se a filmagem tivesse mostrado tiros, ao invés de socos, ele ainda seria o “suposto” autor??? 🤔

    ResponderExcluir
  8. Essa juíza foi ridícula, como que um vídeo do crime não é uma prova consistente?

    "O Código adotou o conceito de documento em sentido estrito. No sentido amplo, podemos dizer que “é toda base materialmente disposta a concentrar e expressar um pensamento, uma ideia ou qualquer manifestação de vontade do ser humano, que sirva para demonstrar e provar um fato ou acontecimento juridicamente relevante” (NUCCI). De acordo com essa interpretação, então, são considerados documentos: vídeos, fotos, CDs etc".
    Se esse estrume vier a matar essa moça, o que vai dizer essa juíza?? - Me desculpe?? - Opss cometi um erro??? E como será cobrado esse erro? Peço a Deus que nada de mal aconteça com essa moça, como já aconteceu com várias que passaram por esse mesmo problema e até hoje não vi nenhum juiz sofrendo as consequências.

    ResponderExcluir
  9. Isso só é possivel por uma razão, delegada sem moral e coragem, ou corrupita, me admira uma delegada deixar sua semelhante passar por isso! É maria da penha, é lei! Para pobre funciona!

    ResponderExcluir
  10. misogeno essa porra .. tem que tomar o dedinho d exame de prostrá que o blsonaro faz.
    isso que dar a mulher nao estuda o corpo do cara trepa com ele nao enfi o dedo no rabo dele fica essa bixa reprimida na cadeia os pirocão vão resolver rapido.

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!