Acompanhe o novo site direitonews.com.br

Prepare-se, eles estão chegando! Os concursos públicos mais cobiçados para 2019

6 comentários
goo.gl/Dusg2j | Este ano, a diretora espera que os concursos fiquem concentrados em áreas priorizadas pelo governo, como a segurança pública e fiscalização.

Sobre a terceirização, os dois não preocupam muito, lembrando que o ingresso ao cargo público por meio de concurso está assegurado na constituição.

“Não vão terceirizar a Receita Federal, por exemplo. O Estado precisa manter controle do efetivo do órgão responsável pela arrecadação do dinheiro”, concorda Viviane Rocha, professora da Central de Concursos.

Segundo ela, o momento do governo pode ser de enxugamento da máquina, mas com a saída e aposentadoria de funcionários com idade avançada, ainda haverá uma recolocação para essas vagas em breve.

Para quem estava esperando os concursos do IBGE e do Banco Central, uma má notícia: já foi anunciado que os editais não serão publicados em 2019.

Outro concurso esperado, para auditores no Ministério do Trabalho, deixa dúvida entre os especialistas, que aguardam a integração das funções da pasta, extinta no primeiro dia de governo, aos outros ministérios.

“Eram 2.600 vagas e o pedido já estava tramitando. Pode mudar, mas a verba já estava destinada. Usar ou não será uma conveniência de quem governa para as áreas que considera relevantes, como a fiscalização”, comenta Vanessa Pancioni.

Confira quais serão os concursos públicos mais importantes que devem acontecer este ano:

Receita Federal


O concurso não é esperado somente pela possibilidade de muitas vagas – mais de 2 mil – e por ser de âmbito nacional. A Receita Federal não abre a seleção para vagas há mais de cinco anos e precisa de novo efetivo para executar suas atribuições. Outro atrativo é o baixo requisito para ingresso, uma vez que o concurso aceita qualquer curso para altos salários. Auditores têm remuneração acima de 20 mil reais e analistas, de R$ 11 mil.

INSS


Em janeiro de 2015, o concurso do INSS foi o que mais chamou atenção, pois teve um milhão de inscritos. Segundo a diretora da Damásio, ele tem requisito baixo e aceita profissional com formação de nível médio. Os salários também são desproporcionais a escolaridade exigida, sendo até três vezes maiores do que na iniciativa privada. Um analista ganha R$ 7.659,87 e técnicos recebem R$ 5.186,79. Também há um destaque para o número elevado de vagas, com previsão de 7.888 postos.

Detran


Em São Paulo e no Espírito Santo, os editais para o Detran, com banca já escolhida, devem ser publicados em breve. O concurso em São Paulo era previsto para janeiro, porém o novo governador João Doria (PSDB) segurou sua publicação. Também foi solicitada a abertura de concurso para o Detran de Tocantins.

Depen


Entre as áreas prioritárias para o governo, o Departamento Penitenciário Nacional também tem um concurso pendente e muito aguardado, com mais de 1.400 vagas de agente federal e salários que podem chegar até 10 mil reais.

Polícia Civil 


Com a possibilidade de abertura de 2.100 vagas e salários acima de 8 mil reais, o concurso para a polícia civil do Distrito Federal pode chamar atenção dos concurseiros. No Ceará, Rio Grande do Norte, Amazonas, Paraná e Rio de Janeiro, também serão realizados concursos com remuneração variando entre 12 a 18 mil reais.

Tribunais de Justiça


Com altas remunerações para magistratura, chegando até a 28 mil reais, os TJ de Acre, Alagoas, Goiás, Pará, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Rondônia devem realizar concursos este ano.

Defensorias públicas


Também com altos salários (entre 20 e 27 mil reais), os concursos para o Distrito Federal e os estados de São Paulo, Goiás, Minas Gerais e Tocantins estão no radar.

Secretaria da Fazenda


Na esfera estadual, cargos na área fiscal oferecem altos salários iniciais. No Distrito Federal, a banca já foi escolhida e serão 120 vagas para salário em torno de 14 mil reais. A Secretaria da Fazenda do Acre abrirá 144 vagas para remunerações de R$ 16.951,99. As secretarias de Alagoas, Bahia, Sergipe e Roraima também podem realizar concursos.

Tribunais de Conta


Quatro tribunais de conta, do Distrito Federal, Rondônia, Alagoas e do município de São Paulo, já têm pedidos de concurso encaminhados. Eles não têm volumes altos de vagas, mas ainda possuem salários atrativos, podendo chegar até 27 mil reais.

Com Exame
Fonte: www.jornalcontabil.com.br

6 comentários

  1. Que legal! salários até 3x maiores do que na iniciativa privada!! MAS É LÓGICO. A fonte de renda do estado é a iniciativa privada! o Estado pode extorquir o quanto quiser do dinheiro do cidadão e estipular o preço que quiser de salário para os seus funcionários. Funcionário público paga imposto negativo. Parasitas que nada produzem para a economia, pois o dinheiro que supostamente "injetam" nunca deveria ter saído do mercado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não procede de todo coerente a sua observação.

      Uma empresa de grande porte paga um valor acima da média do mercado para atrair os melhores profissionais, deste modo pode-se garimpar melhor.

      Ademais o maior orçamento do país é o do Estado. Não obstante, há de fato alguns exageros em remunerações de cargos definidos como de baixa complexidade.

      Excluir
    2. A empresa de grande porte que consegue pagar um alto valor de salário o paga VOLUNTARIAMENTE ao seu funcionário com o dinheiro produzido pela empresa, no livre mercado, oferecendo seus produtos e serviços onde os clientes VOLUNTARIAMENTE entregam seu dinheiro em troca de algo que a empresa oferece. De modo diverso acontece no Estado, o qual necessita sugar coercitivamente do indivíduo para gastar onde bem entender, ´pagar aos funcionários o quanto bem entender, independentemente se sua produtividade.

      Sobre o acima tratado, deve-se excluir os casos de corporativismo, que se traduz por uma empresa "comprando" benefícios do estado para ferrar (leia-se regulamentar) a concorrência ou se eximir de alguns impostos ou regulamentações, porque isso não é livre mercado.

      As relações entre as pessoas deveriam ser voluntárias e sem agressão. Nenhum serviço deveria ser prestado sob a ponta de um fuzil como ocorre atualmente.

      Excluir
    3. Em todas as cidades exite mais empreendedores que ganham mais que muitos concursados.

      Excluir
    4. Aqueles "lindos" salários que são tudo junto na conta mais os descontos, bah, se eu recebesse tudo na conta era a mesma coisa só que sem precisar decorar questões da mafalda e do snoopy.

      Excluir
  2. Acredito que para se ter um salario alto em empresas privadas se torna necessário grande conhecimento e atuação na função a desempenhar, o mesmo não se aplica ao funcionario público que não é cobrado da mesma forma para atualizações de conhecimento e fazendo pouco ou não os mesmos não serão mandados embora.

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!