Acompanhe o novo site direitonews.com.br

Com medo de ser morto, deputado Jean Wyllys abandona mandato e deixa o Brasil

8 comentários
goo.gl/Sv1JnS | O deputado federal Jean Wyllys, eleito para o seu terceiro mandato pelo PSOL do Rio de Janeiro, vai deixar o cargo e sair do Brasil. Ele pretende, se acordo com entrevista à Folha de S. Paulo, se dedicar à carreira acadêmica.

Segundo ele, que vive sob escolta policial desde o assassinato da companheira de partido Marielle Franco, o aumento das ameaças de morte o levaram a abandonar a missão na Câmara dos Deputados.

"O [ex-presidente do Uruguai] Pepe Mujica, quando soube que eu estava ameaçado de morte, falou para mim: 'Rapaz, se cuide. Os mártires não são heróis'. E é isso: eu não quero me sacrificar", justifica.

"Me apavora saber que o filho do presidente contratou no seu gabinete a esposa e a mãe do sicário", afirma Wyllys. "O presidente que sempre me difamou, que sempre me insultou de maneira aberta, que sempre utilizou de homofobia contra mim. Esse ambiente não é seguro para mim", acrescenta.


Por NOTÍCIAS AO MINUTO
Fonte: www.noticiasaominuto.com.br

8 comentários

  1. ai meu deus...

    ResponderExcluir
  2. Já vão embora tarde!!!! Vai pra Venezuela!

    ResponderExcluir
  3. Como Deputado foi um ótimo BBB.

    ResponderExcluir
  4. Reportagem que só mostra um lado da moeda. Primeiro que bem antes de marielle morrer ele já tinha dito que sairia do Brasil se Bolsonaro fosse presidente, segundo que o partido dele está muito enfraquecido e seus alidos mais ainda como PT e PCdoB e terceiro que o próprio Wyllys foi quem mais insultou e fez acusações, inclusive cuspindo, contra Bolsonaro. Reportagem fraca e tendenciosa.

    ResponderExcluir
  5. Acho que a missão dele no Brasil acabou. Ele e a Dep. Maria do Rosario já nos ajudaram a eleger o Bolsonaro. Vá com Deus!

    ResponderExcluir
  6. Até que enfim um boa notícia

    ResponderExcluir
  7. Com medo de ser preso, isso sim!!!
    Afinal quem sofreu tentativa de assassinato foi Bolsonaro e não a turma da lacração.
    A PF vai te pegar...

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!