STF suspende queixa-crime contra Jair Bolsonaro por 'fuzilar petralhada'

Nenhum comentário
goo.gl/4gzL9M | O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski suspendeu uma queixa-crime apresentada pelo PT contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL) por um vídeo em que, ainda durante a campanha eleitoral, defendeu "fuzilar a petralhada".

O PT havia entrado, em setembro de 2018, com uma notícia crime no STF contra o presidenciável e sua coligação por injúria eleitoral e incitação ao crime por causa do vídeo gravado em evento no início daquele mês.

No entendimento de Lewandowski, o presidente da República "não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao exercício de suas funções na vigência do seu mandato. A decisão acompanha manifestação da Procuradoria-Geral da República.

A declaração de Bolsonaro ocorreu em um ato de campanha no Acre. "Vamos fuzilar a petralhada toda aqui do Acre. Vamos botar esses picaretas pra correr do Acre. Já que eles gostam tanto da Venezuela, essa turma tem que ir pra lá. Só que lá não tem nem mortadela galera, vão ter que comer é capim mesmo", disse ele.

Na ocasião, Bolsonaro defendeu o que chamou de "figura de linguagem" ao simular uma arma com um tripé e dizer que ia "fuzilar a petralhada do Acre". Com informações da Folhapress.

Fonte: www.noticiasaominuto.com.br

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!