Acompanhe o novo site direitonews.com.br

Justiça fixa R$ 4,9 milhões em indenização a familiares da juíza Patrícia Acioli

4 comentários
bit.ly/2Xu6Pwk | O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou o Governo do Estado ao pagamento de R$ 4,9 milhões em indenização a familiares da juíza Patrícia Acioli, morta por policiais militares do Batalhão de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, em 2011.

Os três filhos vão ganhar R$ 1 milhão cada e a mãe dela também vai ganhar R$ 1 milhão. Duas irmãs vão receber R$ 450 mil cada.

Os filhos da magistrada também vão receber uma pensão desde o ano do assassinato até o ano em que eles completam 24 anos.

Para tentar reverter a decisão, o Estado pode recorrer ao Superior Tribunal de Justiça ou ao Supremo Tribunal Federal.

Patrícia Acioli era titular de uma vara criminal que analisava processos de corrupção e homicídios cometidos por policiais militares.

Fonte: noticias.band.uol.com.br

4 comentários

  1. Regressiva em cima dos assassinos

    ResponderExcluir
  2. "O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou o Governo do Estado ao pagamento de R$ 4,9 milhões em indenização a familiares da juíza Patrícia Acioli..."

    Onde se lê:o Governo do Estado, leia-se: o povo.

    ResponderExcluir
  3. Decisão justa pena que os mais pobres não tenham decisões tão justas quanto a que foi dada a família da juíza. Dois Brasis duas justiças uma dos cidadãos comuns que ganham indenizações rídiculas e outras dos magistrados que além dos bons salários recebem indenizações milionárias.

    ResponderExcluir
  4. Errado. O mesmo que se deu a ela deveria se dar aos menos poderosos

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!