Mulher é presa em flagrante após se passar por advogada e aplicar golpes financeiros

Nenhum comentário
bit.ly/2JVaLTA | Uma mulher identificada como Maria do Rosário foi acusada por diversos moradores da região da Vila Irmã Dulce, na zona Sul de Teresina, por estelionato. Segundo testemunhas, ela aplicava os golpes financeiros envolvendo benefícios como salário maternidade e contava com a ajuda do filho que se identificava como um suposto advogado.

“Algumas vítimas se disseram lesionadas financeiramente pela senhora, a princípio ela disse que trabalhava com uma equipe do DPVAT, aposentadoria e contraiu algumas dívidas juntamente com o filho dela, identificado como Haroldo, ela foi levada para delegacia para averiguar os fatos e vê se de fato ela diz quem é ser ou se tem culpa ou passagem por estelionato”, afirmou o policial que realizou a condução da acusada.

Uma das vítimas, relatou que a mulher agia junto com o filho. “A dona Rosário disse que estava fazendo o salário maternidade e estava pedindo uma taxa de R$ 150 para o documento do INCRA eu dei esses R$ 150 com produtos de cabelo, maquiagem, isso tudo no total deu uns R$ 250, fora os pedidos que ela fez na minha revista que deu R$ 522”, disse.

Além dos golpes do salário maternidade a mulher é acusada ainda de aplicar golpes em vendedores de cosméticos, como também, não pagar acordos de aluguel de casa e uma moto que estaria em poder do filho da acusada.

“Ele foi na minha casa pedir a moto para alugar, disse que um carro dele estava na oficina, que não tinha como se locomover, disse para eu não me preocupar que não ia fugir. Ela chegou na minha casa junto com ele dizendo que era advogada, que estava afastada porque estava operada. Ele pegou minha moto por 15 dias e depois pegou por mais 15, ja está com 22 dias e ele nunca me entregou minha moto, nem mandou dinheiro”, afirmou outra vítima.

A dona da residência alugada por Maria do Rosário declarou que a suspeita nunca realizou os pagamentos. “Ela entrou no dia 6 de abril, só pagou a primeira, água e luz nunca pagou, nem me recebe quando eu vou lá, o filho dela diz que é advogado, mas não é advogado coisa nenhuma, ela disse que trabalha com esse negócio de salário maternidade, faz empréstimo, mas ela está enganando muita gente”, declarou.

Fonte: www.meionorte.com

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!