5 direitos que todo aposentado do INSS tem e ninguém te contou

Via @jornalcontabil | Muitos aposentados e até mesmos os trabalhadores que estão prestes a solicitar o benefício da Previdência Social, acreditam que com a concessão do benefício, os seus direitos são apenas de recebimento do valor mensal bem como do 13º salário.

Todavia, existe uma série de benefícios e vantagens que os aposentados do INSS tem direito, e que podem contribuir com uma assistência que muitas vezes não são esperadas pelos segurados.

Sendo assim, hoje mostraremos cinco benefícios e vantagens que todo aposentado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) têm e que poucos de fato conhecem.

Benefícios para os aposentados

A seguir contaremos quais são os seis principais benefícios e vantagens para os aposentados, onde explicaremos cada um deles. Confira:

• Acumulo de benefícios;

• Manutenção do plano de saúde;

• Saque do FGTS;

• Quitação de imóvel por invalidez;

• Restituição do Imposto de Renda.

Acumulo de benefícios

Uma das principais vantagens para o aposentado é o direito de acumular sua aposentadoria com a pensão por morte deixada pelo cônjuge, o direito é garantido mesmo antes do segurado pedir sua aposentadoria.

A principal mudança do acúmulo de benefícios aconteceu em novembro de 2019, com a promulgação da Reforma da Previdência, onde, a partir das novas regras há uma limitação no valor do benefício menor. Além disso, essa regra se aplica a todos os regimes públicos previdenciários, incluindo municípios, estados e Distrito Federal.

Com as regras da Reforma da Previdência, aquele que tiver direito ao acúmulo de benefícios, poderá receber o valor integral do benefício que for mais vantajoso financeiramente para ele e uma parte do que for menor.

A parcela menor será calculada através de uma escala de reduções que é dividida por faixas de rendimento.

Manutenção do plano de saúde

No caso dos aposentados, a manutenção é assegurada desde que tenham contribuído, em decorrência de vínculo empregatício, por no mínimo dez anos. Para permanecer no plano, o aposentado terá que assumir o pagamento integral da mensalidade, nas mesmas condições de cobertura assistencial que tinha quando estava no mercado de trabalho.

Com efeito, de acordo com o art. 31, caput, da lei da Lei nº 9.656/98 ao aposentado que contribuir para o pagamento do plano de saúde coletivo, em decorrência de vínculo empregatício, pelo prazo mínimo de dez anos, é assegurado o direito de manutenção como beneficiário, nas mesmas condições de cobertura assistencial de que gozava quando da vigência do contrato de trabalho, desde que assuma o seu pagamento integral.

Saque do FGTS

Após a aposentadoria, o cidadão pode sacar integralmente o depósito do Fundo de Garantia e, caso seja dispensado sem justa causa, receberá multa de 40% do saldo do FGTS.

No entanto, caso o aposentado opte por continuar exercendo o trabalho na mesma empresa, será possível sacar mensalmente os valores depositados no FGTS. Porém, se o aposentador vier a mudar de emprego, o saque do FGTS só será possível ao final do contrato de trabalho.

O aposentado que queira receber o FGTS deve se dirigir a uma agência da Caixa com a seguinte documentação:

• Carta de concessão da aposentadoria emitida pelo INSS;

• Documento oficial de identificação com foto;

• Carteira de Trabalho;

• Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho, se houver.

Quitação do imóvel financiado em caso de invalidez

As famílias com financiamentos de seus imóveis pela Caixa Econômica Federal, COHAB e banco privado tem direito a quitação do financiamento caso um dos mutuários venha a ser beneficiário da aposentadoria por incapacidade permanente. Os contratos firmados pela CAIXA, para financiamento habitacional, contêm cláusula de seguro obrigatório, que permitirá a quitação do saldo devedor em caso de invalidez.

Para ser possível a quitação do imóvel quando se descobre a invalidez, se faz necessária a previsão contratual com cláusula que contemple a referida condição, o que é praticado na Caixa Econômica Federal, COHAB e banco privado.

Sendo assim, quem está incapacidade total e permanente para o trabalho e goza do benefício aposentadoria por incapacidade permanente sendo mutuário em financiamento habitacional deve observar se o contrato de financiamento expressa a cláusula sobre seguro contra invalidez.

Prioridade de restituição do imposto de renda

A restituição do Imposto de Renda é realizada priorizando as pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, pessoas com deficiência física ou mental e portadores de doenças graves. A regra foi estabelecida na lei 9.784/99.

A Receita Federal também esclarece que o calendário de restituição é estabelecido respeitando a ordem de entrega da declaração do Imposto de Renda.

Por Ricardo Junior 

Fonte: jornalcontabil.com.br

2/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

  1. Thanks for the post, it was very helpful. Would like to see more stuff like this. Also checkout COC Mod.

    ResponderExcluir
  2. If you are looking for mini-games to relax, or you are looking for games that are both entertaining and exercise some skills for your kids, Impossible Game will be the best choice. Here you can find hundreds of games that will meet your needs. And they are completely free!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima