Faixas que prometem “dar cacete” em quem empinar moto surgem no ES

Via @metropoles | Faixas idênticas às fixadas em São Paulo pelo Primeiro Comando da Capital (PCC), foram expostas na região da Grande São Pedro, em Vitória, nos últimos dias.

No dia 17 de dezembro, conforme denunciou a coluna Na Mira do Metrópoles, a facção paulista implementou uma norma nas comunidades da capital e da grande São Paulo.

Por meio de faixas, os criminosos alertam para proibição de empinar moto, conhecido como “chamar no grau” e “tirar giro”, manobra realizada pelos motociclistas que provoca um forte barulho emitido através do escapamento.

Veja fotos de São Paulo:


A facção alertou que, em caso de desrespeito às regras, o infrator estava “sujeito a cacete”. Nos avisos, o PCC ainda reforça: “Não aceitamos isso na nossa comunidade”.

Pouco mais de 15 dias depois, três faixas com os mesmos dizeres apareceram em Vitória. Os avisos diziam: proibido “tirar de giro” e “chamar no grau”. Sujeito a cacete. Não vamos mais aceitar essas coisas na comunidade”.

Veja fotos em Vitória:


A Polícia Militar local informou que atua diante da notificação de moradores de infrações cometidas pelos motociclistas.

Já a prefeitura local disse ter retirado os alertas, ainda sem autoria identificada, nesta segunda-feira (3/1). Ao Metrópoles, a Prefeitura de Vitória informou que as faixas foram retiradas pelas equipes da Central de Serviços. O trabalho foi acompanhado pela Guarda Civil Municipal de Vitória.

“O crime de ameaça é ação privada, condicionada à representação. Caso o cidadão sinta-se ameaçado, deve procurar uma delegacia de Polícia Civil e registrar a denúncia”, disse a prefeitura.

A Secretaria de Segurança Urbana de Vitória (Semsu) informou que tem feito operações com a Guarda Civil Municipal (GCMV) em todas as regiões da capital para coibir comportamentos ilícitos de motociclistas no trânsito.

Faixas retiradas:


Recolhimento

Na última quinta-feira (30/12), houve recolhimento de motocicleta de um homem que estava fazendo manobras perigosas na região da Grande Goiabeiras. A motocicleta foi entregue no pátio do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES). 

Fonte: metropoles.com

O que você achou desse conteúdo? Participe com sua Reaction abaixo:

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima