Quem tem fibromialgia tem direito a se aposentar?

Via @jornalcontabil | A fibromialgia é uma síndrome que causa múltiplos pontos de dor por todo o corpo. Associado ao quadro de dor, apresenta manifestações de cansaço, depressão e ansiedade e alterações intestinais. 

Acomete 2% da população mundial e é mais frequente em mulheres. Como muitas das doenças reumatológicas, a fibromialgia (FM) não tem suas causas e mecanismos totalmente esclarecidos. 

Sintomas da Fibromialgia

A dor na FM pode variar bastante. Pode ser uma dor difusa pelo corpo, mas há casos em que é mais localizada.

• Dor por mais de três meses em todo ou qualquer parte do corpo;

• Presença de pontos dolorosos na musculatura (18 pontos pré-estabelecidos);

• Alteração do sono e fadiga;

• Quadro de depressão ou ansiedade;

• Alterações do hábito intestinal;

• Alterações cognitivas, como falta de memória ou concentração.

Diagnóstico

Primeiramente é preciso lembrar que não existem exames para detectar a fibromialgia por isso o diagnostico é totalmente clínico, e feito pelo reumatologista a partir do relato e do histórico do paciente.

De acordo com o Dr Dráuzio Varella os critérios de diagnóstico da fibromialgia são:

• Dor por mais de três meses em todo o corpo e

• Presença de pontos dolorosos na musculatura (11 pontos, de 18 que estão pré-estabelecidos).

Deve-se salientar que muitas vezes, mesmo que os pacientes não apresentem todos os pontos, o diagnóstico da doença é feito e o tratamento iniciado.

Tratamento 

O tratamento da enfermidade exige cuidados multidisciplinares:

• Uso de analgésicos e antiiflamatórios associados a antidepressivos tricíclicos;

• Atividade física regular ajuda contra as dores da fibromialgia;

• Acompanhamento psicológico e emocional;

• Massagens e acupuntura.

• Tome medicamentos que ajudem a combater os sintomas;

• Evite carregar pesos;

• Fuja de situações que aumentem o nível de estresse;

• Elimine tudo o que possa perturbar seu sono como luz, barulho, colchão incômodo, temperatura desagradável;

• Procure posições confortáveis quando for permanecer sentado por muito tempo;

• Mantenha um programa regular de exercícios físicos. Pode parecer contra a intuição, mas o movimento regular ajuda a prevenir crises de dor;

• Considere a possibilidade de buscar ajuda psicológica; muitas vezes, quem tem fibromialgia é desacreditado por parentes e até por profissionais, o que pode abalar a saúde mental e agravar o quadro.

Fibromialgia dá direito a aposentadoria?

Quem sofre com doenças reumatológicas podem ter direito a benefícios por incapacidade, porém é preciso comprovar seu estado de incapacidade.

E tudo será determinado pela perícia médica previdenciária, que averiguará o nível de comprometimento da capacidade laborativa causada pela doença incapacitante.

Pois através da perícia realizada pelo INSS procura constatar se os sintomas causados pela fibromialgia prejudicam ou impedem o trabalhador de executar suas atividades relacionadas ao trabalho.

Agendando a Perícia Médica

Para agendar pelo Meu INSS, por meio de aplicativo de celular ou pela internet:

1. Fazer login no Meu INSS;

2. Clicar em "Do que você precisa?", e escrever "Agendar Perícia". Em seguida: "Novo Requerimento";

3. Escolher entre “Perícia Inicial”, se for a primeira vez, ou “Perícia de Prorrogação”, se já estiver em benefício.

4. Seguir as orientações que aparecem na tela;

5. Informe os dados necessários para concluir o seu pedido.

O agendamento também pode ser feito pelo número 135.

Resultado da sua perícia médica do INSS:

• Acesse o portal Meu INSS ou aplicativo do INSS;

• Faça seu login no Meu INSS;

• Clique na opção “Resultado de Benefício por Incapacidade”;

• Localize seu processo.

Fonte: jornalcontabil.com.br

O que você achou desse conteúdo? Participe com sua Reaction abaixo:

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima