Ministério Público denuncia grupo que lesou 15 mil pessoas na internet

Via @metropoles | Uma organização criminosa foi denunciada por vender produtos de baixo valor pela internet, sem entregá-los ao consumidor. Segundo a apuração do MPMG (Ministério Público de Minas Gerais), estima-se que 15 mil pessoas tenham sido lesadas em 22 sites diferentes. Sete pessoas foram denunciadas por organização criminosa com participação de adolescentes e lavagem de dinheiro.

Segundo a denúncia, da 6ª Promotoria de Justiça de Poços de Caldas, os denunciados informavam aos clientes que trabalhavam com dropshipping. Nesse mecanismo de venda, o comerciante online não dispõe de estoque, mas encaminha o pedido, de forma que ele passe a ser responsabilidade do fornecedor, normalmente da China. Por esse motivo, o prazo de entrega pode chegar a três meses.

Fonte: metropoles.com

O que você achou desse conteúdo? Participe com sua Reaction abaixo:

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima