Colegas de trabalho explicam como filmaram anestesista sem que ele notasse

Via @diariodonordeste | Colegas de trabalho de Giovanni Quintella Bezerra, preso em flagrante por colocar o pênis na boca de uma mulher em trabalho de parto, obtiveram provas contra o anestesista a partir da gravação feita de um celular que estava posicionado dentro de um armário de porta de vidro escuro.

Segundo informações do G1, as enfermeiras e técnicas deixaram o aparelho em pé apontado para a mesa de cirurgia onde a paciente passava por uma cesariana. 

A equipe de saúde, que já desconfiava da conduta do médico, escolheu a parte alta do armário para flagrar o ato. A gravação foi determinante para gerar provas conta Giovanni, já que ele era o único que ficava ao lado do rosto da gestante e atrás de um pano.

'ATITUDES ESTRANHAS'

Em depoimento à Delegacia de Atendimento à Mulher, os funcionários relataram que o anestesista era uma "um profissional de atitudes estranhas" e que organizava o centro cirúrgico com "barreiras" para impedir a "visão" da equipe de saúde. 

Uma técnica de enfermagem relatou à polícia que na primeira das três cirurgias do plantão já havia notado a gestante totalmente sedada. A profissional questionou o médico, que respondeu de forma grosseira. "Por quê? Você também quer?", disse o anestesista.

Giovanni Quintella Bezerra foi autuado na madrugada de segunda-feira (11) por estupro de vulnerável, cuja pena varia entre 8 e 15 anos de prisão. O médico praticou o ato criminoso por  cerca de 10 minutos. Ele tira o pênis da calça e coloca na boca da paciente sedada. 

A Fundação Saúde do Estado do Rio de Janeiro e a Secretaria de Estado de Saúde, a que o Hospital da Mulher de Vilar dos Teles, está subordinado, repudiaram em nota a conduta do médico anestesista.

“Informamos que será aberta uma sindicância interna para tomar as medidas administrativas, além de notificação ao Cremerj. A equipe do Hospital da Mulher está prestando todo apoio à vítima e à sua família”, afirmaram.

Fonte: diariodonordeste.verdesmares.com.br

O que você achou desse conteúdo? Participe com sua Reaction abaixo:

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima