OAB: Passei na primeira fase. Agora, o que fazer para passar na segunda fase em Civil?

Via @inventariocommarcelle | Em conversa com a equipe do Amo Direito, a advogada, professora e mentora de OABeiros, Dra. Marcelle Sant’Ana (Instagram @inventariocommarcelle) afirmou: 

“Acreditem, o pior já passou, e agora, tão perto de conquistar a advocacia, o OABeiro não pode se dar ao luxo de cometer os erros que a maioria comete ao estudar para a segunda fase da OAB em Direito Civil.

Aulas teóricas longuíssimas, resumos em caderno, memorização de conteúdo, doutrinas… Nada disso faz parte do estudo do APROVADO. A segunda fase de Civil exige um MÉTODO PRÁTICO E APLICADO, exige algumas TÉCNICAS para que se faça na prova exatamente aquilo que a banca espera.”

A professora afirma ter muitos alunos que vieram de cursos renomados e consolidados no mercado, todos eles com a mesma queixa: aulas muito extensas, cansativas, muita teoria, pouca prática, altos investimentos de tempo, dinheiro e, ao final, reprovação.

Por isso a professora resolveu dar AULAS GRATUITAS em seu instagram, dos dias 5 a 10 de julho, para ensinar as técnicas que desenvolveu ao longo da graduação e que lhe renderam as maiores notas da sua faculdade enquanto estudante, um intercâmbio de Direito em Portugal em 2019, e também, a aprovação rápida e de primeira na Ordem.

A advogada, hoje especialista em divórcio e inventário, relembra, ainda, que prestou o XXXII Exame, o mais polêmico e difícil da história do EOAB. Ela nos contou que, graças às suas técnicas, foi aprovada com pontos de sobra, sem precisar de recurso, mesmo com a sua peça sem tese. Isso ocorreu porque na prova prático-profissional do XXXII Exame caiu a Lei de Alienação Fiduciária de Coisa Imóvel e no Vade escolhido por Marcelle não tinha essa lei, o que a deixou sem fonte para elaboração da tese.

“No entanto, isso não fez a menor diferença. Vencida a instabilidade gerada quando me deparei com essa situação, respirei fundo, lembrei de tudo que eu já havia conquistado até ali com meu método e técnicas de estudos, e falei comigo mesma que eu estava pronta, que não seria possível gabaritar o Exame, mas que eu tinha tudo que precisava para passar sem nenhum risco de reprovação. Me lembrei também do que havia me prometido: que se eu passasse por aquele desafio usando essas técnicas, passaria a ensiná-las a todos que precisassem, através das minhas redes sociais. E é isso que tenho feito, incansavelmente até hoje.”

Assim, Dra Marcelle, professora de Direito e Processo Civil, mentora de OABeiros, nos passou um pouco do conteúdo que será abordado nas 4 AULAS GRATUITAS e também nos falou sobre o objetivo e importância de cada uma delas.

 “O primeiro passo é escolher um bom VADE MECUM, de preferência algum que tenha sido estrategicamente elaborado para o Exame de Ordem.

Na sequência, relembrar os institutos de Civil, seus conceitos, cabimentos, para estar apto a identificar os temas abordados nas questões e na peça. Para conseguir isso o aluno depende apenas de MAPEAMENTO DO VADE e não gastar todo seu precioso e escasso tempo em aulas teóricas enormes. Inclusive, criei um CRONOGRAMA DE MAPEAMENTO GRATUITO, que envio no e-mail de quem se inscrever através do meu site www.papodeoabeiro.com.br.

Com esse cronograma o aluno mapeia, de forma direcionada, cada um dos temas e prepara o Vade para consulta, com grifos e clipes, conforme as regras do Edital. Esse será o tema da nossa AULA 1, amanhã, dia 5/7, às 20h no meu Instagram.

O aluno precisa também ser capaz de encontrar qualquer artigo na lei, no menor tempo possível, afinal, um dos grandes motivos de reprovação são as questões deixadas em branco. Essa capacidade pode ser construída a partir de uma técnica mesmo, e a ela dei o nome de ‘CÔMODA E GAVETAS’’. Entendido o raciocínio, o aluno nunca mais terá dúvidas sobre onde buscar as respostas para os casos, seja no Exame, seja na advocacia. Inclusive, aqui vai uma observação bem especial: quem estuda certo para o Exame já sai com a experiência de 5 anos de advocacia.

Explicarei isso melhor, já que esse será o tema da nossa AULA 2, quarta-feira, dia 6/7, às 20h no meu Instagram.

E quanto a resolução de QUESTÕES? Sempre vejo aqui muitas reprovações que seriam evitadas se o OABeiro colocasse nas respostas todos os quesitos que a banca exige e que constam no espelho de correção. Para isso criei a técnica do ‘MATCH’, assim, o aluno responde as questões com precisão cirúrgica, através de um raciocínio bem simples de correlacionar. Esse será o tema da nossa AULA 3, quinta-feira, dia 7/7, às 20h no meu Instagram.

E sobre a PEÇA, o maior medo daqueles que fazem a segunda fase em Civil, eu digo: há muitos MITOS por trás desse tema. São muitas peças sim, mas tudo que o aluno precisa para fazer cada uma delas está no CPC, que pode ser consultado, não há nada que precise ser decorado, a não ser a estrutura para fazer qualquer delas, uma estrutura única com a qual o aluno faz de Petição Inicial à Recurso Extraordinário, a minha PEÇA-MESTRA.”

Essa técnica ensinarei em uma MasterClass que será realizada no YouTube, no dia 10/7, às 20h.

A advogada e professora tem realizado um trabalho incrível em seu Instagram para deixar os OABeiros preparados, de verdade, para iniciar seus TREINAMENTOS PRÁTICOS e garantirem suas carteiras de advogados.

Confira todo o conteúdo e muito mais no Instagram da professora @inventariocommarcelle e se inscreva para o Desafio #MarcelleMeTreina através do site www.papodeoabeiro.com.br

O que você achou desse conteúdo? Participe com sua Reaction abaixo:

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima