SP: professor que pediu fotos íntimas a aluna de 13 anos é multado em R$ 10 mil

Via @portalr7 | A Justiça de São Paulo manteve a decisão que condenou um professor por improbidade administrativa por pedir fotos íntimas a uma aluna de 13 anos.

Além de perder o emprego público, ele deverá pagar multa civil de R$ 10 mil e responderá a inquérito policial.

Segundo informou o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), o professor trocou mensagens por WhatsApp com a garota e pediu fotos em que ela aparecesse sem roupa. A adolescente negou o pedido.

O desembargador José Eduardo Marcondes Machado, relator do caso, ponderou que o envio das mensagens feria deveres de lealdade, honestidade e de moralidade administrativa.

“O apelante se valeu e aproveitou da função pública e da posição que ocupava para ganhar a confiança da vítima e, com isso, tentar obter vantagem indevida em razão do cargo”, escreveu Marcondes.

O desembargador sustentou, ainda, que o STJ (Superior Tribunal de Justiça) apontou casos análogos como uma conduta “subversora dos valores fundamentais da sociedade e corrosiva de sua estrutura”.

O julgamento teve votação unânime em favor da manutenção da condenação do professor, que não teve o nome divulgado pelo TJ-SP.

Fonte: noticias.r7.com

O que você achou desse conteúdo? Participe com sua Reaction abaixo:

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima