Educação criativa: professor viraliza após fazer raspadinha para alunos ‘descobrirem’ nota

professor viraliza raspadinha alunos descobrirem nota
Via @itatiaiaoficial | As gerações atuais conhecem apenas o ato de jogar na loteria através de aplicativo, ou apostas online e talvez não saibam o que é uma “raspadinha”, ou a loteria instantânea, e nunca sentiram a emoção de pegar uma moedinha na carteira para ajudar na descoberta de um possível prêmio. Bem, na verdade, os alunos do professor Iran Pontes sabem o que é isso depois que brincaram de “raspar” a prova para descobrir a nota tirada.

Professor de uma escola Recife (PE), Iran é graduado em Design gráfico, pós-graduado em comunicação e marketing para mídias digitais, Mestre em Design, licenciado em artes visuais e leciona há 10 anos na educação básica e em nível superior na graduação e pós-graduação. O vídeo foi gravado com alunos do Colégio Fazer Crescer, em Recife, e já foi assistido mais de 5 milhões de vezes no Tik Tok. Soma mais de 100 mil curtidas e vários comentários de pessoas se divertindo com o vídeo e rindo da situação, mas como todo conteúdo da internet, há também aqueles também que criticaram. “Esse aí tem tempo”, comenta um usuário, “Deve ter 1 turma” , diz outro.

Em entrevista à Itatiaia, Iran admite que os comentários julgando a brincadeira, ou o diminuindo como profissional, não o incomodaram, mas na verdade o fizeram pensar como alguns professores não consideram a diversão como uma ferramenta para o ensino. “Não me incomoda, os comentários me mostraram uma percepção equivocada do professor que não pode ter momentos livres ou já previstos em seu planejamento para atividades assim”, relata o educador.

No vídeo fica claro como os alunos se divertiram com a dinâmica, e o professor destaca alguns dos comentários que ouviu. “Um dos primeiros feedbacks foi: ‘era meu sonho um dia fazer algo assim’, outros foram expressões de surpresa e alegria”, conta Iran.

Além de professor de artes na região metropolitana do grande Recife, Iran também é designer gráfico e admite que durante toda jornada acadêmica, sempre procurou um desenvolvimento criativo e que busca formar outros professores com habilidades criativas bem desenvolvidas.

“No design aprendemos muito sobre processo criativo o que facilita para algumas inspirações e bagagem que tenho, por isso que busco também formar outros professores para que desenvolvam suas habilidades e se inspirem no trabalho que acredito”, conta o profissional.

Viral

Com 5,3 milhões de visualizações somente no Tik Tok, o vídeo foi um verdadeiro sucesso, e foi totalmente inesperado para o educador, mas foi recebido com muita gratidão, pois os números trouxeram esperança de que a própria ação possa servir de exemplo para que outros professores invistam em dinâmicas parecidas nas salas de aula.

“Não esperava, e que grande susto e alegria foi e está sendo. Boas práticas precisam ser mostradas para o mundo e continuo publicando vídeos sem a intenção de viralizar e sim de talvez inspirar alguém que assista em especial outros professores”, relata.

A brincadeira de Iran, além de marcar os alunos, também promoveu certa nostalgia dos tempos escolares em muitos usuários. Um deles comenta, “Na minha época a professora falava a nota pra sala toda em voz alta”. E claro, outros professores também apareceram para dar relatos, “Aí gente eu fiz uma vez algo parecido com as provas foi uma decepção, a maioria pegava as provas e rasgaram na mesma hora independentemente da nota, não estavam nem aí”.

Por Gabriela Corrêa
Sob supervisão de Luiza Rocha

Fonte: itatiaia.com.br

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima