Polícia busca quadrilha acusada de fraude com uso de alvarás falsos

policia quadrilha fraude uso alvaras falsos
Via @metropoles | Ocorre na manhã desta quarta-feira (19/6) uma operação da Polícia Civil de seis estados, com apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, contra suspeitos de envolvimento em uma quadrilha especializada em fraudes contra a administração pública por meio de alvarás falsos.

No total, são cumpridos 33 mandados de prisão em Goiás, Tocantins, na Bahia, no Rio de Janeiro, Maranhão e Pará.

A maioria dos alvos mora em cidades goianas. As investigações apontam que a quadrilha causou cerca de R$ 32 milhões em prejuízos aos cofres públicos.

Os suspeitos são investigados pelos crimes de estelionato contra a administração pública, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Como funcionava o esquema

De acordo com as investigações, o esquema se utilizava de alvarás falsos que determinavam o saque de valores de contas judiciais.

Esses alvarás eram produzidos dentro do sistema eletrônico de Tribunal de Justiça por advogados que fazem parte da organização criminosa e assinavam esses documentos como se fossem juízes.

De posse desses alvarás falsos, os criminosos conseguiram enganar instituições financeiras para sacar cerca de R$ 32 milhões de contas judiciais. Esse dinheiro era, então, repassado a laranjas e lavado por meio de diversas transações financeiras.

Por Laura Braga
Fonte: metropoles.com

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima