Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Veja algumas excelentes dicas de como fazer a revisão dos estudos de modo correto

goo.gl/F8BUr2 | Um método muito bom que eu aprendi é fazer a segunda leitura a cada parágrafo. Isso mesmo. Você lê o parágrafo do texto e logo em seguida lê o mesmo parágrafo de novo, e só então passa para frente. E se duas leituras não foram suficientes, leia o mesmo parágrafo de novo, e de novo, até que tenha conseguido compreender tudo. Somente depois de estar muito seguro com a informação, siga adiante. Não deixe pendências para resolver depois! Acredito que esse procedimento é muito mais eficiente do que ler toda a matéria de uma vez e depois fazer uma releitura.

E quando fazer a revisão geral? Bom, a ideia de reler as parte grifadas alguns dias depois e logo antes de continuar o estudo da mesma matéria, parece interessante. Mas não considere isso como a sua revisão. Internalize que essa releitura das partes grifadas serve apenas para que você retome a matéria, se “situe”, antes de ir avante.

E se perceber que vem perdendo muito tempo com isso, simplesmente dispense essa releitura. Uma boa revisão deve ser feita de tempos em tempos, e após um considerável avanço na matéria. Quero dizer, depois que o concurseiro já tiver estudado um volume significativo de conteúdo, ai sim, separe um dia para fazer a revisão (e somente ela). Eu por exemplo estudo várias matérias durante a semana, mas somente no período da noite e nos finais de semana. Assim, acabo demorando um pouco para juntar um volume bom para fazer revisão. Se eu fosse fazer revisões semanais, ia rever uma merrequinha de cada disciplina, que provavelmente ainda está fresca na memória. Portanto, a revisão semanal comigo não funciona, é perda de tempo. Ficar toda hora voltando na mesma matéria que acabei de estudar só serve para me atrasar a seguir adiante. Para terem uma ideia, o que eu comecei a estudar em janeiro, irei rever no carnaval. Ficarei o carnaval inteiro por conta de revisar todo aquele conteúdo aprendido em 2 meses (janeiro e fevereiro).

Cada concurseiro tem que sentir o momento da revisão. Na hora que perceber que está bem adiantado com a matéria, é hora de parar para revisar. Tem concurseiro que estuda o dia todo, e por isso, durante a semana já conseguiu acumular muitas informações. Nesse caso é interessante fazer a revisão no final de semana. Tudo é relativo ao ritmo de estudos do concurseiro.

E como fazer a revisão? Bom, revisão é revisão, logo, não significa estudar tudo novamente. A ideia de reler as partes grifadas de um livro é excelente, mas também vale reler algum ponto importante inteiro, reler resumos (para aqueles que fazem resumos), reler o caderno do cursinho (se você faz cursinho), ou ainda, escolher determinados tópicos e estudar somente eles novamente. Também vale adquirir algum material de resumo. Eu faço as minhas revisões estudando novamente algum ponto que eu sinta necessidade de rever. E leio materiais prontos de resumo, já que não faço um resumo próprio.

A resolução de exercícios também é uma ótima maneira de revisar, mas não podemos deixar essa prática somente para o momento da revisão. Sobre o assunto, comentarei no próximo artigo. Também vale ressaltar que fazer simulados online poucos dias antes da prova, ajuda bastante.

Fonte: estudos 10

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!