Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

OAB quer cotas para transexuais e aceitação de tatuados e com piercing em concursos

goo.gl/K1MNtX | A Ordem dos Advogados do Brasil vai propor ao governador em exercício Francisco Dornelles que seja criado um sistema de cotas para transexuais em concursos públicos do Rio de Janeiro.

O projeto de lei elaborado pela Comissão para Acessibilidade Pública da OAB também determina que instituições públicas aceitem candidatos tatuados ou com piercing.

“Por incrível que pareça, ainda há restrições como essas em vários concursos”, diz o presidente da comissão, Sérgio Camargo. A proposta da Comissão de Acessibilidade Pública ainda será debatida e analisada pelo Conselho da OAB/RJ.

Por Fernanda Pontes
Fonte: Gente Boa / blogs O Globo

38 comentários :

  1. Com tantas cotas, eu pergunto:
    Vai sobrar vaga para quem é branco, hetero, nao tem tatuagens e nem piercing

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tomara q nao com muita fé em ines brasil

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Só passei pra falar que se você ler direito vai perceber que não foi dito cotas para tatuados mas sim aceitação que é uma coisa totalmente diferente, bj.

      Excluir
    4. queira Deus que não!

      Excluir
  2. Vai ter cota pra gordo também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. deviam so proibir logo o pessoal branco cis het neh, agiliza isso ai pelamore

      Excluir
  3. Completamente desnecessário!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo, essas restrições sao ridiculas

      Excluir
  4. O exame de ordem visa aferir capacidade técnica mínima (palavras da própria OAB). Logo, cotas não tem o menor cabimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se isso fosse verdade n teriam as RESTRIÇÕES neh fofo

      Excluir
    2. A reportagem fala em concurso público, não exame de ordem. o.O

      Excluir
  5. QUERO COTA POR NÃO PODER CORRER NA ÁGUA, MORALISMO DE MERDA QUE VEM TORNANDO ESSE MUNDO EM UM LIXO CADA VEZ PIOR; SE VOCÊ ESCOLHEU TROCAR O PÊNIS POR UMA VAGINA, ISSO NÃO TE TORNA MAIS BURRO, GOSTAR DO MESMO SEXO NÃO TE TORNA MAIS BURRO, TER PELE ESCURA NÃO TE TORNA MAIS BURRO!!! NÃO É APARÊNCIA QUE VAI DEFINIR SUA CAPACIDADE INTELECTUAL, MAIS SIM AS OPORTUNIDADES E DEDICAÇÃO QUE A PESSOA TEVE! COTA É PARA AJUDAR O ESTUDANTE QUE FOI MENOS FAVORECIDO QUE OUTRO! (imagine essa parte sendo gritada) O QUE UMA PESSOA FAZ OU É NÃO TEM A VER COM ELA TER IDO PIOR NO VESTIBULAR INJUSTAMENTE!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o que torna o mundo um lixo são pessoas como você!

      Excluir
    2. Cotas para negros eu sou a favor. Exite um histórico de escravidão contra todos os negros, houve um massacre intelectual contra os negros, quando estes foram impedidos de estudar.
      Mas cotas para transexual não faz sentido algum, nem histórico, nem intelectual.. de forma alguma. Sou contra a cota para transexual, opção sexual e opção de aparência física não pode ser requisito para cotas. Um absurdo isso. Sou contra!

      Excluir
    3. "opção sexual", ai que vergonha

      Excluir
    4. Entende tão bem de gênero e preconceito quanto entende de português.
      Mas e Mais são coisas diferentes, coleguinha. Aliás, tem muitos erros aí... de português e conceitos!
      Estude, faz bem e diminui o ódio.
      Abraço repleto de luz!

      Excluir
    5. Opção sexual, a pessoa não sabe nem diferenciar ORIENTAÇÃO sexual de gênero e vem dar uma de entendido, pra sua informação tem sim necessidade, transexuais são tratados como escória em nossa sociedade, com idade, com expectativa de vida de 35 anos, são expulsos de casa, não arrumam emprego, são obrigados a entrar no mundo da prostituição pois ninguém aceita, quem sabe com um diploma seja bem mais facil

      Excluir
  6. Pessoal a cota só será para o Rio de Janeiro, por favor leiam novamente.

    ResponderExcluir
  7. Para tatuagem e piercing concordo, não em exagero mas poderia sim, agora cota ? Qual a fomentação para isso ? Uma pessoa que sempre estudou em escola pública, ou tenha em algum momento menos previlegios para estudar com qualidade concordo, do mais não há necessidade.

    ResponderExcluir
  8. Essa bosta abra precedentes para os Estados adotarem, isso é uma aberração, cogitar isso é ridículo. Onde ficar a porra da ISONOMIA contida no caput do art. 5º da CF/88 ? Qual motivo de cotas pra esse grupo ? PATÉTICO SEUS PALHAÇOS !

    ResponderExcluir
  9. Bando de ignorantes, assim como os negros que historicamente foram segregados de oportunidades, uma delas o acesso a boa educação, transexuais merecem cotas tbm. Se não são capazes de compreender, não opinem. Existe transexuais heteros tbm, pra quem não sabe. E vcs, que sempre foram privilegiados por não serem alvos de desigualdades, criem vergonha na cara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Finalmente um ser pensante!

      Excluir
  10. eu quero ter uma cota por transar muito !
    gentileza enviar pra quem foi o filho de uma puuuta que autoriza
    essas disgraça de baitola ter cota pra estudar
    sas porrra so serve pra dar o cu ,nada contra quem da o cu
    mas ter cota pra quem dar o cu é de mais ne não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei ser humano estúpido, o que uma pessoa faz ou deixa de fazer com o PROPRIO cu não deve interferir na educação dela, caso não saiba TODOS T-O-D-O-S temos direito de estudo e ede entrar em uma universidade ou participar de processo seletivo de trabalhos com chances reais de ser admitido pela COMPETENCIA, não pelo que fazem na vida particular ou com o corpo, merece cota sim merece , a chance de mostrar que são PESSOAS e que sabem raciocinar, DAR O CU, NÃO É SINONIMO DE IGNORÂNCIA, A SUA ATITUDE É, não tem nem um argumento que seja relevante pra defender sua opinião, por favor, não vai pra internet falar merda, vai estudar, talvez vc consiga passar numa universidade estudando, e limite- se a falar somente daquilo que conhece daquilo que vive, que sente na pele, se vc não é trans, nem passa pelo eles passam, não de pitaco em nada que os envolva a Menos que seja algo construtivo e não ofensivo e saiba defender seu ponto de vista usando argumentos que não envolvam a vida pessoal e sexual da pessoa já que isso não lhe interessa.

      Excluir
  11. Mas a questão de tatuagens e piercings em concurso público é bem simples na verdade ... Basta impetrar um mandado de segurança baseado no princípio da igualdade, afinal não é um desenho no seu corpo que vai tirar seu mérito no exercício de um cargo público ...

    ResponderExcluir
  12. a pessoa da foto é uma drag queen, nao uma pessoa transexual. haja paciencia com esse desconhecimento hein

    ResponderExcluir
  13. Absurdo mesmo isso, desde quando transexual não tem capacidade pra passar sem a necessidade de cotas? Tá virando palhaçada já. Quero saber o que gênero influi na inteligência de uma pessoa

    ResponderExcluir
  14. Difícil crer que um órgão de tamanha importância num país e creio eu com membros inteligentes e letrados vão apoiar isso.
    Não falo pelo lado preconceituoso, eu NAO TENHO PRECONCEITO. Mas como eu hétero, branco, de classe média vou estudar que nem um condenado e tirar uma ótima nota no concurso, mas a vaga que seria minha será de um transexual que tirou uma nota bemmmm inferior a minha somente por ele se encaixar nessa cota???
    Aonde existe justiça, mérito, ética e moral nisso????
    COTA É RIDICULO E É UM ATRASO PARA A SOCIEDADE!!!!!!
    Quem deve preencher cargos em qualquer concurso ou empresa privada deve ser aquele mais APTO ao cargo e não um qualquer só pq está em uma cota.
    MAS A COTA É PRA TRAZER A IGUALDADE!!!
    PO... NENHUMA. COTA FAZ É DISCRIMINAR E DIVIDIR A SOCIEDADE.
    QUER IGUALDADE ESTUDE E FAÇA A PROVA COMO QUALQUER UM E TERÁ SEU CARGO PELO MÉRITO DOS SEUS CONHECIMENTOS E NÃO POR UMA ATROCIDADE POLITICA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cala boca, vc não sabe de porra nenhuma, HOMEM, HETERO, BRANCO, BURGUÊS... sua opinião não é relevante nesse assunto já que VC não sofre discriminação e se vc tirar ou bota boa e não passou, ela não foi boa suficiente, não Culpe as pessoas que têm benefício à cota, se sua nota for realmente boa, boa mesmo, ótima pode ter certeza que vc não vai perder o lugar pra ninguém, independente da cota, vai lá estudar mais seu meritocrático de merda talvez assim vc tire um nota ÓTIMA no vestibular e não uma nota boa...

      Excluir
    2. Concordo parceiro, porém eu ainda apoio a cota apenas para pessoas pobres que são aquelas com menos oportunidade de estudo os demais eu acho ridiculo tambem.p.s: cota para deficiente tb.

      Excluir
  15. Tenha santa paciência.
    Senta e estuda, meu filho. Tá cheio de gente que precisa trabalhar o dia inteiro e estuda depois. Tá cheio de gente que acorda 4h da manhã e estuda até a hora de ir pro serviço e ainda estuda mais um pouco quando chega. Mas isso ninguém quer fazer, né? Muito mais fácil ter as suas vagas reservadas pra depois ficar fazendo post no facebook escrevendo que está "LACRANDO" como a geração esquerdista maluca gosta de fazer.
    Vou te contar viu.

    ResponderExcluir
  16. Não é mais fácil proibir os caucasianos de uma vez? Absurdo

    ResponderExcluir
  17. Dito que é aceitação de pessoas tatuadas e com piercings em concursos e não criar cotas, isso é uma boa, porque ainda existe um preconceito imenso contra essas pessoas. Agora a criação de cota para transexuais é querer muito, vocês não acham? Só porque a pessoa trocou de sexo agora ela merece ser privilegiada? Isso é uma frescura danada que foi trazida pela cultura que estamos vivenciando hoje em dia, onde a sociedade LGBT não quer apenas o seus direitos e sim ter soberania e ter direitos muito melhores que os outros... Uma vergonha

    ResponderExcluir
  18. COTA PRA TRANS ? CORTOU O PINTO OU FOI O A CABEÇA ? não consegue estudar pq ta sem pinto, amiguinho ? ! Porra, isso não é ajudar uma minoria. Isso é apenas sacanagem mesmo.

    ResponderExcluir
  19. Só pelos comentários ja sabemos porque nós trans merecemos a cotas, basta ler e verá.

    ResponderExcluir
  20. Da mesma forma que é opção colocar um piercing e ou fazer uma tatuagem deve ser opção do empregador público ou privado estabelecer as regras de admissibilidade no serviço público ou privado. Ninguém precisa de piercing ou tatuagem pra viver, mas de emprego sim. Simples assim. Não suporto mais esse tipo de discurso alinhado as diretrizes que fundaram a idéia do politicamente correto. Digo ainda que não tem que existir cota pra transexual ou qualquer outro ser humano. Para esse caso acredito na conquista pela meritocracia. Mas ainda afirmo que para algumas atividades profissionais nossa sociedade não está preparada para aceitar tais pessoas, podendo seu ingresso ser tão desgastante e oneroso para o empregador quanto para o próprio empregado que se torna inviável a garantia desse acesso. O mundo moderno nos obriga a conviver com tais discussões. Para sana-las temos que usar bom senso, sensatez, mas cultuar valores defendidos por nossos ancestrais e que garantiram a existência de nossa sociedade. Por isso temos que ser tolerantes com o tolerável e intolerantes com o intolerável, e essa ideia de trocar o certo pelo errado,de abrir mão de nossos direitos pelos direitos de uma minoria que tenta forçar a digestão da ideia do politicamente correto, é intolerável.

    ResponderExcluir
  21. Da mesma forma que é opção colocar um piercing e ou fazer uma tatuagem deve ser opção do empregador público ou privado estabelecer as regras de admissibilidade no serviço público ou privado. Ninguém precisa de piercing ou tatuagem pra viver, mas de emprego sim. Simples assim. Não suporto mais esse tipo de discurso alinhado as diretrizes que fundaram a idéia do politicamente correto. Digo ainda que não tem que existir cota pra transexual ou qualquer outro ser humano. Para esse caso acredito na conquista pela meritocracia. Mas ainda afirmo que para algumas atividades profissionais nossa sociedade não está preparada para aceitar tais pessoas, podendo seu ingresso ser tão desgastante e oneroso para o empregador quanto para o próprio empregado que se torna inviável a garantia desse acesso. O mundo moderno nos obriga a conviver com tais discussões. Para sana-las temos que usar bom senso, sensatez, mas cultuar valores defendidos por nossos ancestrais e que garantiram a existência de nossa sociedade. Por isso temos que ser tolerantes com o tolerável e intolerantes com o intolerável, e essa ideia de trocar o certo pelo errado,de abrir mão de nossos direitos pelos direitos de uma minoria que tenta forçar a digestão da ideia do politicamente correto, é intolerável.

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!