Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Carreira na advocacia: 5 dicas para escolher sua área de especialização jurídica

goo.gl/XPVUh0 | A graduação em Direito normalmente é relacionada à advocacia, concorda? Porém, um aspecto importante que costuma ser esquecido é a área de especialização. Existem muitas opções disponíveis – desde as mais conhecidas como o Direito Tributário, Criminal, Trabalhista e Civil, até as mais novas, como Direito Minerário, Direito de Navegação, Direito do Agronegócio e outras.

Ter uma especialização é um passo importante para ser bem-sucedido na área que você mais tem afinidade. No entanto, como saber qual a especialização certa? Se você tem essa dúvida, continue a leitura do texto e confira as dicas que separamos para te auxiliar nessa escolha!

1 – Explore suas opções

Antes de decidir sua especialização é importante que você saiba quais são as suas opções e como você irá atuar ao escolher uma delas. As áreas mais conhecidas são: ambiental, civil, trabalhista e previdenciário, tributário, penal, empresarial e eleitoral.

Vale lembrar que, ao escolher a especialização, você acaba se destacando entre os demais, o que pode ser decisivo para a sua contratação. Advogados especialistas costumam ser preferência e optar por uma área de especialização pode abrir muitas portas. Além das áreas tradicionais já citadas, existem áreas com mais demanda para novos profissionais. Não deixe de ler mais a respeito delas!

2 – Aprenda na prática

Por mais que a faculdade te proporcione a base do conhecimento, o aprendizado efetivo acontece principalmente na prática. Isso porque a teoria pode ser bem diferente quando aplicada, e a área com a qual você se identifica enquanto estuda pode não ser tão interessante na prática.

Uma excelente forma de aprender sobre as áreas aplicadas é fazendo estágios durante a faculdade. Os estagiários costumam ter certo suporte para atuar em diversas áreas e conhecer um pouco de cada uma delas, portanto aproveite essa chance!

3 – Consulte advogados

Conversar com pessoas experientes na área pode ser uma ótima forma de conseguir informações e tirar dúvidas a respeito das especializações. Que tal procurar alguém que tenha feito a especialização na área que mais te interessa?

Outras boas dicas são discutir casos práticos e acompanhar de perto o trabalho de colegas advogados. Dessa forma, você saberá como é a atuação de alguém mais experiente e poderá ter noção de como é o cotidiano de determinada área de especialização.

4 – Saiba aonde quer chegar

No momento de optar por uma especialização, é importante que você tenha um objetivo. Saber se quer investir no próprio escritório, trabalhar em casa ou trabalhar como correspondente são metas que precisam ser definidas para que você consiga ter sucesso.

Ter tal objetivo traçado é fundamental para escolher a especialização mais adequada, já que algumas áreas demandam um profissional mais presente enquanto outras podem ser mais flexíveis.

5 – Tenha paciência

Embora todo o conhecimento seja de grande ajuda, fazer várias especializações pode ser desvantajoso. Afinal, cada uma delas exigirá esforço e provavelmente investimento financeiro.

Não é preciso ter todas as respostas imediatamente! Cada indivíduo tem um tempo diferente para conseguir compreender qual caminho quer percorrer. Sendo assim, leve o tempo que precisar e siga as dicas que demos neste artigo para decidir qual a área de especialização ideal para você.

Fonte: Blog Juris Correspondente

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!