Exercício ilegal da medicina: Paty Bumbum tem prisão preventiva decretada pela Justiça

Nenhum comentário
goo.gl/vpUwbM | A Justiça do Rio de Janeiro decretou nesta quarta-feira (5) a prisão preventiva de Patrícia Silva dos Santos, conhecida como Paty Bumbum. Ela foi indiciada por associação criminosa, estelionato e exercício ilegal da medicina. Paty e outras duas pessoas são acusadas de oferecer procedimentos estéticos que usavam produtos autorizados apenas para médicos. A decisão foi tomada pelo juiz Aylton Cardoso Vasconcellos, da 2ª Vara Criminal de Jacarepaguá, na zona oeste carioca.

A Polícia Civil prendeu Paty Bumbum em sua casa em Curicica, também na zona oeste do Rio, no dia 6 de agosto, por suspeita de envolvimento na morte da modelo Mayara Silva dos Santos, 24. De acordo com a Justiça do Rio de Janeiro, a prisão preventiva definida nesta quarta aconteceu pela denúncia de outros pacientes que foram prejudicados e não tem relação com a morte da modelo

Segundo denúncia do MP (Ministério Público), Patrícia e Valéria dos Santos Reis se apresentavam como biomédicas e Josman Francisco da Silva como enfermeiro, o que não era verdade. Os três faziam isso desde 2015, segundo a promotoria.

Para decidir pela prisão preventiva, o juiz destacou que o trio não se preocupava com a saúde dos pacientes e estava interessado apenas no lucro com a realização das cirurgias. O caso chegou até as autoridades após a denúncia de uma pessoa que passou por um procedimento com silicone, que custou R$ 3.000 e resultou em um processo infeccioso e inflamatório.

Fonte: noticias.uol.com.br

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!