Luto na advocacia: advogada é uma das vítimas fatais da pousada de Brumadinho

Nenhum comentário
goo.gl/LxGe13 | O corpo da advogada Camila Talibert Ribeiro da Silva, de 33 anos, foi reconhecido por seus familiares no fim da tarde da quinta-feira (31). Ela é uma das vítimas fatais que estava hospedada na pousada de Brumadinho Nova Estância, arrasada pela lama após o rompimento da barragem I da mina do Córrego do Feijão, ocorrido na última sexta-feira (25). A informação é da OAB de São Paulo.

“Com pesar, a Seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil comunica o falecimento da jovem advogada Camila Taliberti Ribeiro da Silva, aos 33 anos, inscrita na capital paulista, formada pela Pontifícia Universidade Católica, em 2012”, comunicou o órgão por meio de nota.

Camila formou-se em direito pela Puc de São Paulo há seis anos. A universidade também se manifestou nas redes sociais. “A PUCSP lamenta profundamente a morte de sua ex-aluna Camila Taliberti, formada em Direito na turma de 2012”, dizia a nota.

A advogada estava hospedada na pousada com a família. Os corpos do pai dela, Adriano Ribeiro da Silva, e do irmão, Luiz Taliberti Ribeiro da Silva, também foram reconhecidos.

Laura Maria
Fonte: www.otempo.com.br

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!