Acompanhe o novo site direitonews.com.br

Novo ministro do MEC quer o fim na obrigatoriedade do Exame da OAB

224 comentários
bit.ly/2uZ7JV7 | O novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, quer encontrar uma solução, ainda nesse semestre, para o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Segundo uma fonte próxima ao ministro, a intenção é por fim na obrigatoriedade de aprovação no exame da OAB para que o bacharel em Direito possa exercer a profissão de advogado.

O fim do Exame da OAB é uma promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro aos milhões de bacharéis de todo o Brasil. Durante a campanha eleitoral, em 2018, Bolsonaro chegou a dizer que a Ordem dos Advogados do Brasil não deve se posicionar acima do Ministério da Educação e desconsiderar a validade do diploma de Bacharel em Direito.

O Brasil tem hoje um contingente de 1,5 milhões de bacharéis em Direito que lutam pelo seu reconhecimento profissional. Todavia, amparado num Estatuto e numa “brecha” jurídica Constitucional, mal interpretada, a OAB segrega a classe dos advogados. A aprovação no curso de Direito em uma faculdade já é um processo penoso, são cinco longos anos, estágios, prática jurídica e uma série de requisitos para formar um advogado. Contudo, uma vez diplomados, os bacharéis devem se submeter ao Exame da Ordem, uma espécie de concurso público, que não mede a capacidade dos profissionais.

Por Coluna Política
Fonte: www.justicaemfoco.com.br

224 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por fim ao exame de ordem seria uma total irresponsabilidade além de falta de respeito com quem se preparou para alcançar a aprovação.

      Excluir
    2. Não ha motivos para esse exame, a não ser o pecuniário para o sindicato/OAB. Não diga que o motivo é selecionar os aptos, porque não coisa análoga com as outras profissoes e, se fosse assim, os outros profissionais de outras áreas devem ser considerados inaptos para as suas profissões, já que não passam por nenhuma prova após o curso superior.

      Excluir
    3. A OAB exige prova (e grana) dos bachareis, como se fosse um concurso público. Isonomia entre as profissoes. Simples assim! Se é para selecionar, pq a prova na OAB não e grátis???? Já que a OAB ganha anuidade depois dos advogados??? Caca níquel isso sim.

      Excluir
    4. Se fosse pra OAB ganhar dinheiro, estaria lutando pelo fim do exame. O valor de anuidade que pagamos fica bem acima do arrecadado nos certames. No exame existe rotatividade, nem todo mundo que reprova faz os 3 exames anuais, e a OAB ainda deve pagar a banca organizadora. Já da anuidade ninguem escapa. Se liberar esse 1.5 milhao de bachareis, daí sim que a OAB vai ver dinheiro.

      Excluir
    5. Tiago já foi realizado um estudo onde ficou comprovado que o custo por cada inscrito para fazer o exame da ordem, a OAB gasta em torno de R$ 27,00, já efetuando também o pagamento da FGV, veja qual é o lucro, são 3 concursos durante o ano

      Excluir
    6. Substituição do exame da ordem por estágio supervisionado!

      Excluir
    7. Concordo. Está gerando uma fabrica de cursos, sendo que os mesmos que aplicam esses cursos preparatorios são os mesmos que dão aula nas instituicoes; aí vem a pergunta que não quer falar:- por que esses mesmos professores não aplicam esses mesmos conteúdos em sala de aula e por que a OAB não e mais presente nestas instituicoei? Sabe pq porque ganham muito mais em cursinhos, os bacharéis que se dane. Um curso caro, com estágio de quase quatro anos e não são aptos a exercer sua profissao, fala sério!! Por que não atuam com mais eficácia nas instituicoes, aplicando a cada tre nestre, exames. O aluno no sétimo período já tem ideia em que área quer atuar, pq não aplicar esses exames diretos e aí sim. Depois de ser aprovado no TCC, e receber seu diploma, poderá optar por uma área específica, aí concordo em ser avaliado pela ORDEM para atuar na área escolhida e a OAB fiscalizar o profissional para atuar na sua área. Demais continue clinicando. Vamos ter um país mais justo para com todos. Pensem e amplie suas ideias sejam mais justos diante da CF

      Excluir
    8. Infelizmente vejo que todos aqueles que apoia e fica insulflando na manutenção deste exame da oab esta colaborando para a manutenção do crime previsto art 171 ' pois este exame e inconstitucional o seja sua manutenção e crime .' Basta o STF que 1994 falou que é condicional este exame da oab eu pergunto não respeita nossa constituição do art5.

      Excluir
    9. O sindicato de classe OAB não tem o menor interesse em acabar com o caça níquel porque o Bel. em direito ao fazer o exame por 03 vezes no ano já paga a anuidade sem poder exercer a função de advogado.Título este conquistado durante 5 longos anos de estudo onde ao ser aprovado recebeu um diploma chancelado pelo MEC. Como nesse país de merda esse sindicato manda mais que o MEC então os formados em direito tem que se submeter a esse capricho dessa máfia.

      Excluir
    10. Pq. Somente OAB deve ser tirada mediante concurso, se existem outros ramos da ciência muito mais importantes do que o direito que, se fosse o caso, deveriam ter exames, inclusive práticos, como medicina, psicologia que estão diretamente ligadas à vida da pessoa corpo e mente, entre outras tanto quanto importante como mireito, o que tem que ter é a OAB oferecer estágio prático além de acompanhar ou fiscalizar a trajetória de seus profissionais

      Excluir
    11. É a trilha para o abismo. Os comentários bastam para avaliar a qualidade dos "profissionais" que exigem o fim do exame. Não compreendem fundamentos básicos da língua portuguesa. Desconhecem a diferença entre mas e mais, porque e por que, mal e mau. Analfabetos funcionais com diploma em mãos em busca da glória de serem chamados dr. "Adevogado". Aqueles que realmente amam o conhecimento, estudam as leis, admiram a filosofia, mergulham na literatura para manter a tradição de uma atividade tão relevante serão tragados e nivelados por uma porção de formandos ineptos. Lamentável.

      Excluir
  2. É um monte de burro que não consegue passar na prova, isso sim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então vc foi um burro um dia..

      Excluir
    2. Se você um dia passou neste exame, parabéns para você, aprenda também respeitar as pessoas, se por acaso nunca passou cinco anos em uma faculdade estudando direito, se abstenha de opinar!

      Excluir
    3. Ricky vigarista VC que é um burro jumento pagando uma merda de prova dessa que eu mesmo de insignificante pra nada,a não ser so pra comer dinheiro de trouxa como VC.

      Excluir
    4. Seu apelido aqui "Dicky_Vigarista" parece definir bem o que vc é. Mostre quem vc é e demonstre o devido respeito que merecemos, principalmente aos nobres e injustiçados Bacharéis de Direito TAMBÉM Doutores Advogados por direito.

      Excluir
    5. Sua resposta define bem seu perfil, contudo, seu apelido expõe ainda melhor a dimensão do seu caráter ...

      Excluir
    6. O burro é um animal inteligente, com exceção de um ser que nomeia o semelhante de um animal para demonstrar destituição de conhecimento. Nada de burro. Defender o exame é ser conivente com a maior corrupção deste país. Ou existe outra categoria que não preste conta bilionária? Reflexiva aqui rsrsr

      Excluir
    7. Pelo epíteto se define essa figura . Kkkkk

      Excluir
    8. OAB não passa de uma entidade mm mercenaria.que em nada contribui para a sociedade.safados vivem roubando milhões com esses vís exames.

      Excluir
    9. O seu Dicky vigarista,burro é você que nem sabe o que fala, nem argumento para discutir aqui, vem cá, porque voce não vai procurar sua turma hein? Enfrentar 5 anos no curso de Direito com a bunda durante 4 horas na facul,faz estágio, tem pratica juridica, se formar e falar que a gente é um simples bacharel? ainda enfrentar um exame do inferno para dizer que você não pode exercer? O cruso de Direito , como dizia meus professores " é para os fortes, gostou seu mané dicky, acho que não sabe nem escrevrr direito.

      Excluir
    10. Meu caro amigo, não devemos perder tempo com pessoas que não se da conta do problema. Aqui e um espaço aberto, certamente irão ter pessoas que se quer fez uma faculdade, principalmente de direito. Mas concordo com você, a OAB é uma instituição que ninguém sabe na verdade para que serve além é claro de receber anuidade dos advogados e receber também as inscrições dessa prova absurda feita com objetivo de reprovar. As pessoas não têm ideia do valor que gira em torno dessa prova, isso sem falar nos cursos preparatórios. Se e tao importante para OAB avaliar os bacharéis, que se aplique uma prova sem cobrar a inscrição. Só isso iria mudar drasticamente o nunúme de aprovados, sou contra os rios de dinheiro que esse órgão, recebe e é claro, distribui para alguns políticos para continuar a mamata.

      Excluir
    11. Vc não considero como colega no ramo jurídico por se reportar as demais como simplesmente ZE MANO.

      Excluir
    12. Zė manė. Digo em vez de mano.

      Excluir
    13. Vc é um energúmeno, deve ter tido sorte de marcar as corretas, tenho vários colegas, que hj tem a carteira da OAB,mais não sabem fazer uma PI, vão para a internet.

      Excluir
    14. Vc já foi burro ou ainda é de todas as profissões trabalham tranquilos os bacharéis tbm.tem o direito de mostrar o que aprendeu na prática já está mais que na hora de nos libertarmos desse dever de fazer OAB

      Excluir
    15. Sua família vai bem!

      Excluir
    16. Desculpa, a resposta foi para esse indivíduo que se acha muito inteligente! Os ministros, nenhum deles fez essa bendita prova!!

      Excluir
    17. Vc Ficou vigarista, não merece resposta..

      Excluir
    18. Só ele é mais inteligente do mundo, é o suprasumo do direito.sabe o que se chama isso!medo da concorrência vc não se garante não Cara? Cuida da sua vida e deixa os bacharéis em paz.

      Excluir
    19. É realmente impressionante o medo que esses ´ADVOGADOS` têm dos bacharéis em direito. Pq se são bons, não precisam se preocupar com os concorrentes. E olha que o que existe de advogados ruins...

      Excluir
    20. verdade conheço muitos adv ruins que naos sabem nem fazer uma PI, nem eu que estou no 9º período de direito sei fazer, e acho um absurdo essa prova, só eu se o que estou gastando com cursinhos preparatório pra essa prova do dia 29 de junho. isso e um absurdo. a FGV não brinca na elaboração dessa prova que nada e fácil.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Esse sujeito que fala que os bacharéis são burros, vai ve que esse inutil nem segundo grau tem. Otario

      Excluir
    2. Deve ter comprado o segundo grau. Zė ninguém .

      Excluir
    3. O problema ao meu ver não é a prova da ordem e sim o surgimento desordenado de faculdades que sequer têm a
      mínima condição de ministrar o curso de direito. Isso sim é que o MEC teria que fiscalizar com mais rigor.

      Excluir
  4. Burra mesma sua bicha vigarista

    ResponderExcluir
  5. Sou bacharel e não sou contra o exame de ordem. Mas acho os valores cobrados pelas provas fora da realidade da maioria. Acho tbm que uma vez aprovado na primeira fase,o candidato poderia não mais faze-la.absurdo ser reprovado na segunda fase a ter que fazer a primeira de novo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai estudar..e outra pelo que eu sei passou na primeira fase já era e caso for fazer novamente irá direto para segunda

      Excluir
    2. Sou advogado, e essa prova tem que acabar mesmo, essa prova fere os princípios da nossa carta Magna, essa prova não me ajudou em nada a exercer minha profissão. Exame de ordem é inconstitucional, porque essa prova só é aplicada para o curso de Direito? Isto posto, iriquecendo donos de cursinhos e FGV e OAB. Fora Exame de ordem, o bacharel já sai preparado para exercer a profissão, basta os estagios em fóruns, estagio no jurídico das universidade. Parabens presidente Bolsonaro e O Ministro do MEC.👏👏👏👏👏👏

      Excluir
    3. Quem faz a defesa de exames de ordem não conhece constituição federal, não conhece seus diretos fundamentais que chamarmos de cláusula pétrea, portanto irrenunciável ,OAB está usurpando prerrogativas do MEC, lei 9096 é inconstitucional,cabendo aos legitimados do art.103,propor uma ADI

      Excluir
    4. 👏👏👏👏👏👏👏👏👏

      Excluir
    5. Por esses comentários percebemos a necessidade do exame de ordem, se diz advogado, mas, escreve "inriquecendo", vergonha desse povo que não estuda e quer vida fácil...

      Excluir
    6. Por esses comentários percebemos a necessidade do exame de ordem, se diz advogado, mas, escreve "inriquecendo", vergonha desse povo que não estuda e quer vida fácil...

      Excluir
    7. Por esses comentários percebemos a necessidade do exame de ordem, se diz advogado, mas, escreve "inriquecendo", vergonha desse povo que não estuda e quer vida fácil...

      Excluir
    8. Isso não é parâmetro, mas seguingo sua linha de raciocínio, tanto não há necessidade que ele passou, pois apresentou-se como advogado que certamente foi aprovado no exame da OAB kkkk

      Excluir
    9. Particularmente vejo um oportunidade para resolver a questão tão polemica que é o Exame de Ordem. como opinião, antes deverá mudar a sigla do Exame - exemplo;EDF- Exame de Direito Facultativo ou EAAD - Exame de alto avaliação de curso de DIREITO. Outrossim, as provas deveria ser no formato do ENEM, SISU OU PROUNI. Aliás, importante tb. a taxa de inscrição em R$ 80,00 -Pronto, resolvido a questão do ser ou não ser OAB/FGV..

      Excluir
    10. Um pensamento, ainda que as regras do exame da OAB, esta em vigor, até que o Novo Superministro encontre a solução para o caso. Importante ressaltar que, a Taxa de Inscrição conforme exigência do EDITAL ou seja atual R$ 260,00., deveria permitir ao examinando o direito em prestar a 2ª fase, mesmo não alcançado a aprovação da 1ª fase ou seja não depender uma da outro. Atualmente, a OAB esta exercendo a aplicação da prova 2 pesos e uma medida, quando deveria ser 2 pesos e 2 medidas. Porque? Explico, se o examinando tem o direito a repescagem da 2ª fase, porque NÃO exercer da mesma prerrogativa na 1ª fase. ISSO, justificaria a taxa paga para a 2a fase. Embora torna-se obrigatório concluir as fases, independe de ordem! Acho que seria de bom tamanho. Todavia, a reprovação após repescagem, aplica-se a uma nova edição, tudo novamente. VALEU....?

      Excluir
  6. Enfim a constituição vai ser respeitada.
    Principio da Isonomia .

    ResponderExcluir
  7. kkkkkkpra que serve esta OAB.
    Igualzinho tribunal de contas kkkkk

    ResponderExcluir
  8. O aluno estuda 5 anos e não capacita ninguém. Aí vem uma prova com 80 questões pra capacitar?
    Pelo o amor de Deus

    ResponderExcluir
  9. Se for para ter prova,que seja feita pelo MEC e sem nenhuma taxa cobrada.

    ResponderExcluir
  10. Sou A favor da prova, mais que tenha apenas uma.

    ResponderExcluir
  11. muito bem..uma vergonha...a pessoa se orma..mtas vzs sem condição de estagiar, pq trabalhava em outra área para poder pagar a faculdade, se endivida...ok?, vem a tão esperada colação...formatura..enfim aquelas baboseiras. Dae a pessoa é obrigada..constrangida a prestar uma prova como a de um concurso público ou mais na exigência certo?, evidentemente sem prática forense nâo vai passar msmo!, ao passo que quem se forma em medicina cola grau, já se inscreve e já tem retorno de numerários..estamos vendo tds os dias médicos errando..sem o menor preparo..Dentistas...enfim em tdas as áreas...fora a anarquia q os mais graduados..melhores formados...OS INTELIGENTES DA NAÇÂO estão AINDA fazendo com o nosso Pais..nosso dinheiro...ora srs presidentes...invetidos da OAB, tenham a compostura..d exterminar este exame..símbolo de ditadura disfarçada SIM, que inventem novas formas d fiscalizar...os profissionais...MAS DEIXEM QUEM SE FORMA TRABALHAR. Num País onde a corrupçâo...a farra msmo..ai está a olhos nús..quererem impedir o cidadáo de trabalhar e dar seguimento à sua vida..como questão de direito adquirido, pois que já estão DEVIDAMENTE GRADUADOS..C COLAÇÂO DE GRAU EM DIA. Isso moraliza em q? constranger a pessoa que não teve a msma condiçáo d fazer um estágio?, oportunidade igual para todos, esta deve ser a postura de nosso presidente, buscar uma nova forma de fiscalizar a atuaçáo dos recém advogados....médicos..dentitas...que se criem orgãos fiscalizadores em tdas...tdas as áreas, as tribunas de Brasilia estão cheias d professores..doutores..em títulos...mas c postura de ratos...porcos....títulos só valem qdo aquele que o possui o executa c lisúra..outrosssim nãorepresentam nada. Sou a favor de uma forma d fiscalizar..caçar a liçenca, conhecimento tecnico tb se adquire

    ResponderExcluir
  12. O fim do exame de ordem foi promessa de campanha do presidente BOLSONARO!!! E O MESMO E UM HOMEM DE PALAVRA. ATÉ ENFIM ALGUÉM PARA RECONHECER QUE QUEM SE FORMA EM CURSO SUPERIOR COMO É O CASO DO DIREITO, PRECISA EXERCER SUA PROFISSÃO, NÃO COMO BOY DE LUXO, SENDO TRATADO COMO LIXO!

    ResponderExcluir
  13. Brasil o único país do mundo a furtar os Direitos dos bacharéis em direito, nenhum país do mundo existe prova de ordem ou outro tipo de qualificação para bacharel em direito, terminou o curso já e advogado. Passou da hora de extinguir essa corrupta, ilegal e imoral prova da oab. Se esses presidente da OAB e donos de cursinhos quiser ganhar dinheiro facil vao trabalhar. Vai acabar as mamatas dos poderosos da oab e FGV e cursinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nos EUA é o BAR, existe exames em diversos países, procure se informar primeiro.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Quanta Ignorância, o nível dos que comentam já demonstra a necessidade do exame. Esse exame vai existir eternamente.

      Excluir
  14. é um monte de burros sim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Burro é a mãe, a avó, a sogra. Aqui vc quer parecer um TIGRÃO, quando na verdade dever ser um TCHUTCHUCA.

      Excluir
  15. O País só tem a ganhar com o fim do exame de ordem!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo contrário, somente a sociedade vai perder!

      Excluir
  16. Presidente Bolsonaro por favor honre os votos que depositamos em sua candidatura, na esperança de salvar o Brasil da corrupção e da injustiça que persegue os Bacharéis em Direito impossibilitados de exercer a profissão devido a famigerada OAB com sua RESERVA DE MERCADO e fabrica de cursinhos, restringindo o acesso ao direito do trabalho digno com esta ilegalidade de mensuração de qur pra nada serve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei engraçado seu texto. Desde quando o exame de ordem foi criado para ser objeto para corrupção?
      O exame serve para repescar, não desmerecer ninguém.
      Já viu as atrocidades cometidas por advogados irresponsáveis nos fóruns, nos cartórios, nos tribunais, ou, até mesmo na universidade de Direito?
      Imagine todo Bacharel de Direito execendo a profissão que lindo! Porém, os prazos perdidos, as ações iniciadas e trâmites errados ou fora de suas competências, já imaginou? O que você diria a um(a) cliente que precisa de fornecimento de medicamento ou serviço a saúde? Que perdeu tempo(3,4,5,6 meses 2 anos) por erro seu?
      Aposto que esses que culpam o exame de ordem seriam os mesmos a culpar o judiciário, o juízo, o juiz, os serventuários, a outra parte o outro advogado, mas não reconheceriam seus erros.

      Excluir
    2. Serve para enriquecimento ilícito isso sim

      Excluir
  17. Não é uma questão de burrice, o idiota. Vai muito mais além disso . Como advogado, que tem o dever de lutar pela justiça , você deveria saber que :vou colocar de maneira bem simples para que você entenda .Estamos sendo roubados tanto perante a lei ,bem como no direito digno da pessoa humana, para você entender melhor ,vai lá no vade mecum e procura os princípios que regem os direitos fundamentais, e depois você pede desculpas aos seus colegas de classe pela sua falta de educação, e terminando a aula ,ninguém esta acima da lei .

    ResponderExcluir
  18. Sou advogada e digo a vocês que o Exame de Ordem não mede conhecimento de ninguém. Os grandes advogados da atualidade e os magistrados dos tribunais superiores não se submeteram a essa prova e nem por isso suas capacidades são postas em dúvida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheço um Juiz Federal atuante há mais de 10 anos que resolveu fazer o Exame de Ordem novamente, pasmem, só conseguiu acertar 22 questões, ou seja, reprovou. Ele abominou o atual Exame de Ordem, achou um absurdo e chegou a conclusão que o Exame é totalmente uma fraude. Uma máquina de reprovação.

      Excluir
    2. Sensatez cristalina! Me arrisco a dizer que se colocassem à prova hoje para o mesmo exame, aos magistrados, desembargadores e ministros, sei não, alguns poderiam ficar pelo caminho.

      Excluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Sou a favor do EXAME! Quem quer advogar, tem que se submeter ao teste e ser aprovado.

    ResponderExcluir
  21. Senhor Abner da Silva puvoa, ninguém e burro, sou advogado e não concordo com o método aplicado.
    Deveria ser educado com os bacharéis, tenho certeza que deve trabalhar com algum.

    ResponderExcluir
  22. Realmente poderiam abolir essa prova ou ter uma só fase com 50 questão correta das 80 e pronto e receber essa carteira vermelha e fazer os trabalhos jurídicos

    ResponderExcluir
  23. O exame é muito fácil, se não tem condição de acertar 40 numa provinha dessas então não tem a mínima condição de advogar!

    ResponderExcluir
  24. Eu passei nesse exame de ordem.
    E defendo que se for para ter exame que seja para todos os níveis de graduação Medicina, enfermagem, pedagogia, letras,contabilidade, etc...
    Aí sim teremos igualdade em obrigações e em direitos

    ResponderExcluir
  25. sou totalmente a favor da extinção da prova

    ResponderExcluir
  26. Primeiramente, o curso de direito, não é específico para a advocacia. Existem inúmeras profissoes na qual exigem que a pessoa seja bacharel em direito, e a advocacia é apenas uma delas. Se quem defende o fim do exame da OAB, deveria então ser também contra todos os concursos que exigem ser bacharel em direito. As pessoas tem que colocar na cabeça, que o curso de direito NAO É CURSO DE ADVOCACIA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quer dizer então que fazer a prova da OAB é a conclusão do curso de ADVOCACIA? Deixa de hipocrisia, ninguém vai engolir essa conclusão sua sem o mínimo respaldo.

      Excluir
    2. Ele quis dizer que existem outras funções que não necessariamente precisam de OAB, pois existem inúmeros concurso que não necessita ser advogado, poderia tentar um deles.

      Excluir
    3. Sou bacharel e sou advogado, se for seguir esse raciocínio do MEC, vou exigir ser magistrado, promotor ou delegado de polícia sem precisar fazer concurso, pois sou bacharel em direito. Simples assim. Como o colega acima disse, curso de direito NÃO É CURSO DE ADVOCACIA!

      Excluir
  27. A cada dia tenho mais orgulho de ter votado em jair Messias Bolsonaro.

    ResponderExcluir
  28. Baseado em qual estudo ele chegou a essa conclusão? Hoje em dia as decisões estão sem qualquer fundamento, estamos em época de retrocessos. Discutir o formato de aplicação da prova, é legítimo, porém querer acabar com exame que melhora a qualidade técnica do profissional, é expressamente político e não racional.

    ResponderExcluir
  29. Sou Bacharel sim com muito orgulho, e estou trabalhando sim, canso de ver todos os dias os absurdos que alguns " aprovados no exame de ordem fazem" muitos clientes ja me procuraram para corrigir erros absurdos. sou contra sim este exame, nao avalia o profissinal, somente enche os cofres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou sem ele aumentaria os absurdos. Não é porque você corrige os atos falhos de uns que todos os bacharéis também corrigem, na verdade isso é muito atípico. E vem cá, como tu corrige as falhas senão tens OAB? Está agindo ilegalmente?

      Excluir
  30. Eu como cidada, jamais contratarei um Advogado sem registro da OAB, o orgao nao dara numero de inscrição para quem nao prestou o exame da ordem.Os Bachareis terao a carteira sem inscrição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Eu também não. Quem já se viu, o profissional que não conaeguiu passar na prova não seria digno de ser meu advogado(a).

      Excluir
  31. Vigarista, tenha respeito pelos burros, estas criaturas são muito inteligentes, coisa que você não é. Acredito que você deve ter a decência de respeitar quem ainda não passou no Maldito Exame de Ordem. A Educação liberta e engrandece, meu amigo. Volte a estudar vaiiiiiii,

    ResponderExcluir
  32. Esse Exame é caça-níquel e quando muito, afere teoria. A prática fará do bacharel um advogado.
    Curioso que juízes, promotores e outros quetais, ao se aposentarem, não se submetem ao Exame da Ordem. Está certo isso?
    É o que dizer dos médicos, engenheiros, enfim, das demais profissões?
    Que se acabe com a injustiça, e valorize-se a igualdade.
    Direitos iguais a todos. O resto é bla-bla-bla de quem tem medo de concorrer com os devem formados.

    ResponderExcluir
  33. Tive por 4x advogados aprovados em exames da OAB que não souberam lutar ou boa vontade de conduzir o processo.Exame da OAB NAO CAPACITA NINGUEM.OAB QUER DINHEIRO.É preciso qualificar as faculdades.Saber exigir o melhor.

    ResponderExcluir
  34. Não sou a favor do exame da ordem , sou advogado passei na prova, porém ela não mede xonheciconhe técnico, agora extinguir sem uma avaliação do bacharel , será uma carnificina jurídica. E poderá ser um revez,pois o cliente pode perguntar você fez o exame da ordem? E o que não fez " falará não " e o cliente dirá " então vou procurar um profissional que fez ". Essa medida e totalmente irresponsável e inconsequente.

    ResponderExcluir
  35. OAB essa arrecadação de dinheiro ninguém precisa desse exame para provar que é um bom advogado muitos advogados faz esses exames são péssimos advogados esse exame não define nem seleciona ninguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas estampa na mídia o reflexo das academias de Direito que na sua maioria querem fingir que passam o conteúdo e os alunos fingindo que aprendem, sem falar nas filas (corrupção) que corre nas privadas.

      Excluir
  36. O exame de ordem OAB,não capacita ninguém para o exercício da profissão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas estampa na mídia o reflexo das academias de Direito que na sua maioria querem fingir que passam o conteúdo e os alunos fingindo que aprendem, sem falar nas filas (corrupção) que corre nas privadas.

      Excluir
  37. Nenhum outros profissionais depende de exames pq só advogados precisam?.
    Nem os mais antigos estao capacitados.As resolucao esta na CF E NINGUEM QUER SABER.
    FAZ TUDO HOJE EM DIA COBRANDO ABSURDOS COM CAUSAS BEM RASTEIRAS.OAB QUE GANHAR DINHEIRO E SUSTENTA MAUS PROFISSIONAIS.
    NEM MEDICOS QUE SALVA VIDAS NAO TEM ESTE TAL EXAME.
    FORA OAB.DEIXA O POVO TRABALHAR É NA CONVORRENCIA QUE SE VENCE QUETOES.CHEGS DE EXPLORACAO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiguinho vá estudar. No Brasil o curso de contabilidade também tem prova no fim do curso. Medicina e as Engenharias tem proposta de leis que regulavam os exames, mas nunca foram aprovados devido a necessidade da profissão deles para o crescimento do país. Nos EUA tem o BAR referente ao exame de ordem, porém lá tem o índice maior de aprovação já que diferente daqui as academias de Direito e os alunos tem compromisso. A situação do exame da OAB no Brasil é reflexo do que vem ocorrendo nos cursos de Direito, muita gente que fila (corrupção), que mente pro professor tirar a falta, quen não cumpre o necessário do currículo acadêmico sendo ético, mas quando acaba o curso é o 1° a críticar o curso.

      Excluir
    2. Isso é bem complicado pois a prova na minha opinião deveria ser mais facil, prova de nivel de magistratura, cheia de pegadinhas, 260 reais para fazer a prova e pra que 2 provas, contabilidade tem prova mas alguem escutou eles ficarem desesperados e revoltados com a prova?? não, pois a prova é algo simples e a prova da ordem deveria ser o mesmo

      Excluir
  38. Eu acho engraçado,alguns que defendem a continuidade do exame nem Bacharel em Direito São, se brincar não tem nem o segundo grau completo,tem um monte de FDP advogado fazendo Uber,e vocês querendo ser mais um fudido, mais fudido até do que o tio que vende cachorro-quente, enquanto aos advogados que estão apavorados com o fim do exame da OAB, estão com medo de não terem só que fazer Uber, vão ter que verem mais um bico, o que será dessa vez?
    😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂👍🏼

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho engraçado, pois os que mais defendem o fim do exame foram aquele que passaram o curso filando kkkk.

      Excluir
  39. Não vejo a hora de acabarem com esta OAB já perdi várias oportunidades por causa desta bendita.

    ResponderExcluir
  40. Boa tarde, sou bacharel em direito e já estou formada a mais de 6 anos e sempre fui contra a prova, pois não mede capacidade do profissional, concorre com ele mesmo, e o fato de alguns dizerem "Vão estudar seus bandos de burro" com certeza deve estar no rol daqueles que pagaram um dos cursinhos que tem caro e só estudo para isso, passar, mais quero ver a prática. Mais voltando um pouco lá atrás não esqueçam que os que brigam pelo não término da prova nunca precisaram passar por uma e hoje ganham fortunas administrando esses cursinhos e provas e nem por isso são burros.o que está faltando e o MEC fiscalizar os cursos de direito nas universidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas estampa na mídia o reflexo das academias de Direito que na sua maioria querem fingir que passam o conteúdo e os alunos fingindo que aprendem, sem falar nas filas (corrupção) que corre nas privadas.
      Cursinhos geram empregos também.
      Fiscalização é necessária pra tudo que é ilegal inclusive pra suas filas na graduação.

      Excluir
  41. Gente, contábeis também tem o exame e reprova mais que OAB.

    Digo sim aos exames de ordem e CFC, quero muito no CREA/confea

    ResponderExcluir
  42. Se é para ter, que tenha para as demais profissões.

    ResponderExcluir
  43. falta pouco para essa máfia chamada OAB acabar...

    ResponderExcluir
  44. É indispensável a prova da OAB, e mais, deveriam criar exames para todas as profissões, principalmente de engenharia, medicina, enfermagem... São todas funções que mexem diretamente com a vida de cidadãos. Exames como esse filtram e obrigam os cursos a melhorarem a qualidade de ensino, obrigam aos estudantes a levarem a sério o curso, e então começamos a mudar os rumos do país, com profissionais realmente capacitados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bravo, uns dos melhores argumentos que li nesse mar de besteiras.

      Excluir
  45. Boa tarde! Caros colegas, desnecessário esse comentário vexatório, com nossos amigos, da para notar, que esse rapaz ai que fez tal comentário, comparando o nosso colega com um burro, já da para ver que o exame da oab não mede o seu conhecimento....sou contra essa máquina de ganhar bílhoes nas nossas costas,Se não fosse uma entidade de ganhar dinheiro! Não teria segunda prova ou seja repescagem, e se não passou na repescagem você é obrigado a fazer a primeira prova novamente, ou seja temos que desembolsar mais R$200.00 duzentos reais. Uma falta de respeito. Ou seja tem que desarticular essa massa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma prova q custa R$ 260,00 e ainda tem gente q defende...brasileiro se acostumou a ser roubado

      Excluir
    2. ATENÇÃO SENHORES BACHARES EM DIREITO DO BRASIL!
      O QUE OCORRE COM O EXAME DE ORDEM DA OAB É UMA LOTERIA PARA AMBAS PARTES, OU SEJA, VOCÊ SE HABILITA NO CURSO DE DIREITO E NÃO SERVE PRA NADA, HA NÃO SER, DAR ORIENTAÇÕES A FAMÍLIA E SEUS AMIGOS, ISSO É UMA BRINCADEIRA. MÁS SE VOCÊ SE HABILITAR EM QUALQUER OUTRA ÁREA PROFISSIONAL, VOCÊ CONSEGUE EMPREGO OU MONTAR SEU PRÓPRIO NEGOCIO. O RESULTADO DE TUDO ISSO É A OAB CADA VEZ MAIS PODEROSA FINANCEIRAMENTE, TROCANDO RIQUEZA COM A FGV, JÁ ESTÁ COMPROVADO QUE O EXAME DE ORDEM SÓ SERVE PRA PRODUZIR MORDOMIAS AOS EXECUTIVOS DA FGV E AOS DIRIGENTES QUE ADMINISTRAM AOB.
      OU SEJA, A INSTITUIÇÃO MALANDRA E RICA NÃO PRECISA DE ADVOGADOS ELA PRECISA DOS BACHARES PARA PAGAREM O EXAME DE ORDEM TRÊS VEZES POR ANOS, ASSIM COMPARANDO A ARRECADAÇÃO ANULA DE UMA UNIDADE PARA CADA ADVOGADO E TRÊS EXAME DE ORDEM PAGOS PELO OS BACHARES REPRESENTA MAIS DINHEIRO ARRECADADO ANUAMENTE, DIANTE DOS CÁLCULOS CONTÁBEIS, FICA COMPROVADO MELHOR PARA A OAB É POSSUIR O QUANTO MAIS BACHARES MELHOR PROS COFRES FINANCEIRO DA INSTITUIÇÃO, SE MAIS ADVOGADOS MENOR E SUA ARRECADAÇÃO.
      É UMA ILUSÃO AOS QUE PENSAM QUE SE EXCLUIR O EXAME DE ORDEM VAI INCHAR O MERCADO DE TRABALHO DOS ADVOGADOS, POIS UMA BOA PARTE DOS BACHARES FORMAM PENSANDO APENAS EM SER APROVADO EM UM BOM CONCURSO PUBLICO, EU QUANDO ESTAVA FORMANDO CONSTATEI QUE NUMA SALA DE AULA COM 65 ALUNOS, MENOS DE 10% QUERIAM SER ADVOGADO.
      O CERTO SEGUNDO A LEGISLAÇÃO É PARA TODOS OS PROFISSIONAIS QUE AO TERMINAR SEU CURSO SE HABILITAM NA ÁREA ESPECIFICA ONDE VÃO TRABALHAR, SOMENTE O BACHAREL DE DIREITO FORMA E NÃO SABE O QUE VAI ACONTECER, POIS ESTÁ FORMADO É PROFISSIONAL, MAS NÃO EMPREGA NA ÁREA EM QUE FORMOU, PRECISA VOLTAR A ESTUDAR PARA PODER TENTAR TRABALHAR EM OUTRA PROFISSÃO, ISSO SE COMPROVA NO DIA A DIA DAS EMPRESAS, ONDE EXISTE MUITOS BACHARES TRABALHANDO EM ÁREAS DIVERSAS DA FORMADA.
      DIANTE DOS FATOS, RESTA AO GOVERNO FEDERAL TOMAR A INICIATIVA PARA POR FIM NESTE EXAME TÃO DEGREDANTE AOS BACHARES.
      SOMENTE O PRESIDENTE SOLSONARO TEM E POSSUI A DIGNIDADE HUMANA PARA EXTERMINAR ESSE EXAME QUE POSSIBILITA EMPREGO E RENDA PARA 10% DOS BACHARES E EMPURRA PARA DESEMPREGO E POBREZA O RESTO DE 90% DOS BACHARES DO BRASIL. ISSTO É FATO SR. PRESIDENTE Jair Bosonaro. Att. Dr. Francisco Coutinho.

      Excluir
  46. Imagino quantas novas faculdades de direito apareceriam com o fim do exame de ordem, se hj o número já é absurdamente alto... Depois quero ver o MEC resolver o problema,já que quer chamar para si a responsabilidade.

    ResponderExcluir
  47. O exame da OAB, não tem legitimidade Constitucional, nem pedagogica. A Instituição com capacidade para avaliar é o MEC. O Exame se transformou em um negócio rentável para vários segmentos, e o aluno fica vulnerável, depois de 5 anos na sala de aula, prestando provas, estágios e seminários. Será que a prova da OAB, com pegadinhas improváveis de acontecer na vida real, tem mais legitimidade que as Instituicoes de Ensino e o MEC para avaliar e aprovar o exercicio da profissão do Bacharel em Direito.

    ResponderExcluir
  48. Assim que a prova acabar, sugiro comprar um carrinho de cachorro quente. Se agora os advogados ja estão fazendo serviço em troca de um lanche, imagine quando todos que possuem um diploma poderem atuar. É o enfraquecimento da classe. E isso so interessa para um grupo.

    ResponderExcluir
  49. Entendo que deve haver sim o exame. Qualificar profissionais que vai atuar. Ademais para passar são 50 porcento de acertos e só. Pessoal que não passou ainda é só um pouco de esforço que você s passam. O exame deve ser mantido

    ResponderExcluir
  50. O problema que todos pensam em si próprio,alguns pensam em si dá bem e os outros que se dane, quem passou no exame da ordem se acha mais intelectual mais que os outro, vamos para de demagogia gente. O Presidente da República Bolsonaro e o ministério da educação está corretamente certo, quanto em ganhar dinheiro ai vai a competência de cada um. Então tem que exigir os outros cursos superiores exames complementares para exercer a sua profissão.

    ResponderExcluir
  51. 👏👏👏👏 até quem fim nasceu um ministro de coragem e um presidente que quer moralizar o país. Esse exame de ordem é uma forma que a o abraços conseguiu para enriquecer ilicitamente. Se está preocupada com o profissional, porque deixa ele sair da faculdade sem ser avaliado pela instituição OAB? Prefere arrancar mais dinheiro do coitado.75% de reprovação? Tem muita coisa errada atrás disso. Exame de ordem é uma máfia que precisa ser exterminada.

    ResponderExcluir
  52. Aproveita senhor ministro e propõe uma CPI para OAB. Dinheiro de exame de ordem e anuidade o que é feito? Onde esta? Nunca soube de prestação de contas dessa instituição. Ela se acha. Tá passando da hora senhor presidente, de propor ordem e moralizar a OAB.

    ResponderExcluir
  53. Deve haver uma reformulação na OAB, começando pelo seu exame e pelos seus membros. Porém, não concordo com a extinção da prova. A advocacia privada está desvalorizada e rebaixada em relação às outras funções essenciais à justiça. O mercado de trabalho está saturado e muitos advogados estão pegando causas em que quase não há retorno financeiro, sujeitando-se a valores miseráveis em troca de trabalho. Não é à toa que há uma migração muito grande desses profissionais para a área de concursos públicos. E, com a extinção do exame, creio que esse quadro só irá piorar, nos anos que se seguirem.

    ResponderExcluir
  54. Estive. Se é para apertar os bacharéis. Coloca uma pós graduação a sequencia a graduação seria um bom motivo Seria uma saída.

    ResponderExcluir
  55. Sou a favor sim da extinção ou que seja feito apenas uma prova.
    A primeira fase ou a segunda fase.
    Não acho justo ficarmos 5 anos em uma faculdade de depois sermos oficiboy de luxo em escritórios.
    Uma profissão que não te da o direito nem se quer de captar clientes, e de contra partida para fazermos propaganda do nosso trabalho temos uma série de restrições.
    Sou apaixonada pela profissão que escolhi, mas tem muitas coisas que não condiz com a realidade.
    Se a OAB fosse realmente um instituição seria, não cobraria para fazer o exame da ordem.
    Porque já pagamos para trabalhar.

    Tem que ser revista sim essa questão do exame.
    Quem sai ganhando com tudo isso são os cursinhos preparatórios e a OAB.

    ResponderExcluir
  56. Parabéns pela decisão acabar com esse exame! Pois a profissão de medicina e muito mais serio e nan é exigido! Aonde entra o principio da isonomia! Tem acabar mesmo. Conheco estagiários muito bons! Então! Exame para todas profissões ou acaba essa merda de exame OAB.parabens! Sabia decisad. Agora vc aí o bonitao que chama os outros de burro! Vc deve ser o fodao, filho de papai que vive somente para estudar ou deve ser o proprio super herói! Para! Prova para todas as profissões ou acaba com essa merda de prova OAB.

    ResponderExcluir
  57. O decreto n19408/30, artigo 17, criou a OAB,e foi revogado pelo decreto no 11/91.A ordem foi extinta ! Por isso, OAB não poderia expedir carteira profissional; dar Provimento é ato privativo do presidente da República atrigo 84, IV CF/88. São inúmeras as provas que comprovam a inconstitucionalidade desse exame. Existem diversas faculdades de diversos cursos no Brasil; E este não é o fato que levou a criação do exame, e sim, a oportunidade de ganhar dinheiro, vivemos em mundo capitalista; A ordem não quer saber se o aprovado será um bom ou mal advogado; Existe um organização por trás desde exame, e acreditem o STF, cursinhos preparatório estão por trás, LUIZ FLÁVIO GOMES está desesperados com idéia de o MEC começar a aplicar a prova, se isto acontecer são milhões perdidos; Com a extinção da OAB todos os atos por ela praticados são nos de pleno direito; O STF proferiu decisão em que a Ordem não é PODE direito público, Privamos, e autarquica; sendo assim, a receita federal não pode cobrar nada; A ordem não declara bem e valores.

    ResponderExcluir
  58. Parabéns! Ou seria exame para todas profissões, ou a aba com exame OAB.

    ResponderExcluir
  59. Basta criar o curso de advocacia para nao ser preciso exame da ordem. Não existe uma profissao específica para o bacharel em direito. Se ele quiser ser juiz, basta fazer concurso; se pretender ser promotor, faz o concurso; se deseja ser advogado, facao exame da ordem

    ResponderExcluir
  60. Concordo com o fim da prova da ordem..ou que a cada dois anos todos os advogados prestem a mesma, a fim de testar seus conhecimentos tendo em vista que a legislação está sempre mudando.. ou seja que o exame seja para todos e não alguns!!

    ResponderExcluir
  61. Concordo, pois na minha ótica quem deve dizer se o sujeito é competente ou incompetente e a Faculdade de Direito e posteriormente o mercado de trabalho. Engenheiro Civil e outros fazem exame? Outros profissionais após formados em nível superior estão exercendo sua profissão, sem exame e o Bacharel de Direito fazendo Exame da OAB, baita inconstitucionalidade revestida de legalidade.!

    ResponderExcluir
  62. Bom demais! ������
    Esse "nefasto" exame não tem competência para a realização da prova. Ademais, essa é uma competência exclusiva do MEC, sendo que a OAB.usurpa esse poder através de uma um estatuto criado pela mesma com o fim específico.
    Além disso, essa prova não afere nada, haja vista que em.muitos casos Bacharéis nunca aprenderam a prática forense e, tampouco nunca redigiram.uma "petição" passaram nessa prova. Com isso, fica demonstrado que é.uma prova de "pegadinhas" e de "decoreba", sem contar as "barbáries" que a OAB faz , no sentido de não correção devida e correta de.tal prova.
    Portanto, o livre exercício da.profissão elencado na CF/88 deve ser cumprido de maneira "lato sensu" e abrangendo a todos Bacharéis.de.Direito.desse.País.
    Questão de Justiça...!!!
    Fim do.Exame da Ordem!
    Fim do.Exame da Injustiça!
    Fim do

    ResponderExcluir
  63. Senhores bacharéis em Direito , se o exame da ordem não afere conhecimento, mostrem que vocês adquiriram um mínimo de conhecimentos ao longo de cinco anos para serem aprovados . Parem de mimi e vão estudar . Se esforcem vocês cobseguirao. Eu mesmo estudei em casa e fui aprovado.

    ResponderExcluir
  64. Parabéns Bolsonaro e Ministro!Já passou da hora de acabar com esse exame inconstitucional! O Sindicato OAB precisa de uma investigação séria. Virou um partido a favor de poucos membros. Não representa a classe!

    ResponderExcluir
  65. Está em curso uma campanha aberta contra a prova da OAB, e ela tem se estruturado sobre Fake News! Cuidado com o que vocês leem por aí! Explodem Fake News contra o Exame de Ordem - http://bit.ly/fakenewscontraexamedaoab

    ResponderExcluir
  66. Vamos acabar com essa mafia de poder paralelo democracia já ...

    ResponderExcluir
  67. Meus caros e nobres internautas vejo que a discussão sobre o exame de ordem mexe com os ânimos ,pois bem, concordo plenamente com o exame de ordem como o nome do curso diz bacharel em direito e nao advogado,se para ser juiz tem concurso e para ser delegado tbm tq para ser adcoadvonao precisa oras ? Temos que prestigiar a profissão,creio eu que se nao consegue passar numa prova c 80 questoes mão está preparado para defender ng,só estudar mais um pouco q passa tbm.um abraço Dr Adriano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe o erro de digitação pois quem usa t9 já sabe como é

      Excluir
  68. Todos sao iguais perante a lei

    ResponderExcluir
  69. Estou no oitavo semestre da faculdade, acredito que o exame da ordem deveria ser gratuito e também a “ taxa “ da OAB deveria ser facultativa, o que o ministério da Educação deveria primeiramente se preocupar com as inúmeras faculdades de Direito que surgem a cada ano . Exercer a profissão é algo primordial , é o exame ou a carteira da ordem está mais vinculado a vaidade profissional.

    ResponderExcluir
  70. O Brasil forma em torno de 105.000 estudantes de Direito por ano. Se a prova da OAB custa R$ 260,00 a inscrição, isso dá um total de R$ 27.300.000,00 (27 milhões e trezentos mil reais) por ano que a OAB fatura com as inscrições para os exames. Supondo que desses 105 mil estudantes, 5% sejam pelo CadÚnico, ou seja, isentos de pagamento da inscrição, o que neste caso, 100 mil estudantes pagam o exame, em média. O que a OAB fatura em média por ano R$ 26 milhões de reais com as inscrições, ISSO SE TODOS OS INSCRITOS PASSAREM DE PRIMEIRA, sem mencionar os que perdem o exame e ao repetirem, pagam a taxa novamente. Que com certeza é em número superior daqueles que se formam e não desejam fazer a prova da OAB. Então, vocês acham mesmo que a OAB está se preocupando com "a qualidade da Advovacia" ao impor o exame de ordem? Me pergunto pra onde vai todo esse dinheiro, mais as anuidades absurdas. Se a OAB quisesse impor este exame, justo seria que fosse somente a prova da segunda fase, onde o estudante/bacharel escolhe a área pela qual quer fazer a prova, que seria aquela área que o mesmo iria atuar. Não faz sentido algum uma pessoa que é excelente em direito do trabalho, e quer atuar nessa área, e detesta direito penal, direito administrativo, direito civil etc., tendo certeza que não vai atuar nessas áreas, ter que ser submetido a fazer uma prova de uma área pela qual sequer irá utilizar em sua profissão. Isso é como exigir de um médico que quer ser oftalmologista ao fazer sua prova para residência, que faça uma prova também de ortopedia, urologia, cardiologia etc. Ou seja, completamente descabido.

    A OAB não passa de uma instituição formada por um grupo de homens prepotentes e soberbos que se acham no direito de impedir um profissional de exercer sua profissão se não paga pra fazer um exame e ser aprovado no mesmo. Quem é a OAB pra me impedir de trabalhar na minha profissão? É a mais absurda arbitrariedade que nos remota ao tempo medieval em que o poder se concentrava nas mãos de um tirano absolutista que com fulcro em sua prepotência se acha no poder de manipular a vida alheia. Um órgão de classe megalomaníaco que acha que pode mandar em tudo e em todos que além de sugar a renda dos advogados anualmente com uma anuidade absurda, ainda querem impedir dos profissionais exercerem sua profissão. E vem com a medíocre desculpinha de que essa prova serve como filtro de profissionais mal preparado. Me poupe! Não é uma prova que exige decoreba de 5 anos de curso que define se o profissional é bom ou não e sim a própria atuação profissional!

    E outra, a realidade é que a maioria absoluta das pessoas que são contra o fim do exame da OAB são já advogados que se submeteram ao exame e tem a medíocre filosofia de que "se eu me ferrei pra fazer esse exame que os outros se ferrem também! Tive que me ferrar pra fazer e agora não vai precisar mais? Nada disso!"

    Usar o argumento estúpido de que este exame filtra advogados ruins é uma asneira típica de brasileiro falacioso.

    ResponderExcluir
  71. Fato é que este famigerado e escrupuloso acabou, findou-se e quem e quem investiu agora chora as mágoas. Acabou senhores, quem quiser que continue prestando e ninguém é contra, todos tem o livre arbítrio entre o escolher e o não esxolher, o çagar e o não pagar, o submeter e o não submeter-se, quem quer fica junto com a Oab e quem quer segue o que o Prsidente ordenar, "dura lex, sed lex" capite?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os GADOS DE bOSTANARU NUNCA SE LIVRARÃO DO TERRÍVEL EXAME DA OAB HUAAAA. HUAAAA, HUAAAA KUÉM, KUÉM, KUÉM

      Excluir
  72. Deveria ser facultativo. Quem quiser fazer o exame, faz o exame é quem quiser o estágio faz o estágio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora é ilustre, quem quer faz e quem não quer não faz mas trabalha igual como qualquer pessoa normal e não anormal como era tachado kkk

      Excluir
  73. FIM DO EXAME DA ORDEM ....FIM DA OAB que é uma organização que atua ilegalmente ligada quase em sua totalidade a esquerda... FIM dessa palhaçada criada com o único objetivo de arrecadação financeira ( e põe arrecadação nisso ) E antes que venha algum idiota me chamar de burro eu já adianto que mais BURRO são vocês que se submeteram a esse exame ILEGAL imposto por esta organização de pilantras. Burros são vcs donos de cursinhos que não usam o cérebro ( pois não devem ter ) para pensar em criar novos cursos que ja venha substituir esses que lucraram nas costas dos outros há anos. E antes que falem eu ja deixo claro que nunca fui imbecil de me sujeitar a fazer esse exame pagando esse absurdo para encher ainda mais os cofres desa organização. Sou militar aposentado pelo exército, leciono em 4 escolas de formação e especialização em trânsito além de atuar com produção gráfica e web designer. Não dependo da advocacia apesar de ja ter pego algumas ações para complementar como um valor extra no orçamento e ajudar algumas pessoas. Então...ainda assim estou nessa luta para que outros bacharéis assim como vcs também o são; (mas com a arrogância de vcs não descem do pedestal nunca) possam atuar dentro do direito que possuem e que se encontra em nossa constituição. Estatuto de oab...código de ética de oab ..isso para mim não vale nada pois nenhum de vcs fazem por merecer. São literalmente hipócritas e anti-éticos. Vivem como imbecis postando comentários usando o "juridiquês" e se coroando por si próprios. Tomem vergonha na cara isso sim. Tudo isso é medo pois muito mais profissionais com capacitação superior estão para adentrar com muita força no mercado do Direito. FIM AO EXAME...FIM DA OAB

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitooooooooo bem Rigerio, vc falou a verdade, esse bando de pilantras, aproveitadores, canalhas, arrecadam bilhões, fruto dessa ladroagem,esses desgracados, amaldiçoados, quadrilheiros, não querem o fim desse exame vergonhoso e inconstitucional, pois essa imundice de exame não tem amparo legal nenhum, só serve pra enriquecer cada vez mais esses lixos, q fazem parte da ordem, donos de cursos e outros lixos. O presidente Bolsonaro prometeu e vai cumprir com o fim desse exame criminoso

      Excluir
    2. Chola mais... vai cholando porque QUEM ESTÁ NA FRENTE, CONFIA EM QUEM ESTÁ NO MEIO; DE FORMA QUE QUEM TÁ NO MEIO, NÃO ESTÁ NA FRENTE; E NÃO CONFIA EM QUEM ESTÁ ATRÁS... ??? ACHO QUE FOI ISSO QUE O PRESIDENTE MILICIANO QUIS DIZER... FUI...

      Excluir
  74. Tbm acho que dever tirar essa prova da OAB pq antes todos que formava em Direito já pega a OAB sem fazer prova

    ResponderExcluir
  75. Com certeza pq essa prova não medir nada, devo um meio da FGV faturar. Já está no tempo de excluir isso sim . Nunca a FGV e superior ao MEC. Fim da prova já.

    ResponderExcluir
  76. Parabéns pela iniciativa Ministro. Esse exame nada mais é de que uma forma de arrecadação de dinheiro de quem já passa cinco anos numa universidade onde muitos não conseguem chegar ao final em virtude dos altos custos. Além disso fica pagando cursinhos caríssimos para conquistar a sua carteira da OAB.

    ResponderExcluir
  77. E ilusão crer que o fim do exame na ordem vai abrir o mercado. Já nos anos 90 apenas 3% dos bacharéis exerciam atividades relacionadas ao direito, quer advogando, quer como delegado, defensor... Evidente que o indice e menor atualmente. A advocacia demanda tempo e embora nobre não é valorizada em face do excesso de profissionais. Outro ponto é a revolução 4.0 que diminui a necessidade de advogados, para quem nan conhece robôs ja existem no mercado e sao utilizados por bancos e grandes instituições, tais robôs peticionam e sabem até o risco de cada ação por juiz que ira julgar. Hoje um Uber possivelmente ganhe melhor que muitos bacharéis, logo, a prova e uma ilusão que não vai alterar o mercado.

    ResponderExcluir
  78. O Exame da OAB é um filtro para selecionar os profissionais realmente qualificados para exetcer a profissão, se querem modificar que mudem as taxas , que haja isenção dependendo do nível de renda, que haja maior fiscalizaçao nas faculdades de direito,muitas hoje estão com um nivel muito baixo!sou totalnente contra a mudança.

    ResponderExcluir
  79. O ideal seria fiscalizar, com maior intensidade, os diversos cursos de Direito, exigindo formação adequada do Corpo Docente e impondo uma grade curricular mínima.
    Creio que a deficiência na formação é que impõe a barreira representada pelo exame e, desta forma, a simples extinção do mesmo, sem outras medidas correlatas, não será capaz de proporcionar excelência aos cursos deficientes, esta sim, obrigação do MEC.

    ResponderExcluir
  80. A pergunta que faço é simples, qual outra profissão exige ao término do curso prova de conhecimento? Quem é capaz de analisar uma faculdade é o MEC. Qual a capacidade que este prova analisa? Passei 05 anos estudando. O que auferira a capacidade do advogado será seu dia a dia, somente os capazes se estabelecem. Sou contra este exame pelo simples motivo de não haver paralelo com nenhuma outra profissao

    ResponderExcluir
  81. Não mede conhecimento mesmo. Já vi alunos que só tiravam 10 na faculdade e não passaram ainda. Eu mesmo tenho 5 filhos para sustentar, e estou refém dessa prova .sem contar que essa prova e feita para reprovar.

    ResponderExcluir
  82. A mãe do dick vigarista fez alguma prova pra entrar no puteiro. Se não fez tem que sair.

    ResponderExcluir
  83. chega a ser constrangedor ver este pessoa falar mal da OAB, mas se pudessem vendiam a própria dignidade pra entrar sem passar na prova. Criticam mas querem fazer parte dela.
    Teve um ai argumentando que o exame nao é necessario pq nas outras profissoes os profissionais tambem erram.
    Enfim, estudar ainda é a melhor soluçao.
    e depois se inscreve na Ordem e pode vir ficar de cima olhando os "genios juristas" reclamando.
    continuem com o mimimi

    ResponderExcluir
  84. Queridos temos que ter ética acima de tudo. Temos liberdade de expressão .

    ResponderExcluir
  85. Nao adianta esta mafia que controla o entorno deste exame da oab ESTAO COM OS DIAS CONTADOS INCLUSIVES OS ADVOGADOS INCOMPETENTES QUE TEM MEDO DA CONCORRENCIA VAO TER QUE ENGOLIR

    ResponderExcluir
  86. Interessante é que quem luta pelo fim são apenas os bacharéis, já está difícil o mercado. Sem o exame vai haver uma verdadeira prostituição na profissão. O que me consola é saber que será extremamente fácil atuar contra pessoas despreparadas e desprovidas de conhecimento técnico. Tenho pena dos juízes, ao se deparar com abominações que serão chamadas de "petição".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não precisa ter pena dos juizes porque eles erram muito também. Alias todos erram porque o processo judicial é complicado. Também num processo as vezes são irrelevantes todo seu saber juridico. O juiz decide ali mesmo já na jurisprudencia. Eu como advogado novo já aprendi uma coisa : não tente explicar muito porque ninguem estará ali pra ouvir. nem tente escrever muito porque ninguem vai ler.

      Excluir
  87. Sou advogado .Passei no Exame com a nota de 6,05 ,na pratica tributaria.Na minha opinião, qualquer um que frequentou uma faculdade de direito e a finalizou , é advogado. Pode ser bom ou ruim , mas é !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou Advogado, passei com média 7.4 em Penal... o Exame deve permanecer. Se eu consegui, todos os demais candidatos também conseguirão. Esforcem-se!

      Excluir
  88. Graças com o fim da obrigatoriedade do exame ficará mais justo para todos os estudantes que dedicaram todo tempo de estudo junto a instituição de ensino. Longo tempo de teorias e praticas processuais obrigatorias.
    Depois de tudo isso se torna nada porque não consequiu passar nesta prova daa oab.
    Injustiça educacional.
    Além de menosprezar o conhecimentos do Estudiantes, por esses motivo, cria uma maquina de recordação de dinheiro desordenada cobrando preço abusivos.
    Com o fim do exame, o Brasil vai ter uma evolução significativa no que se diz respeito ao bacharéis. Que terão oportunidade de Trabalhar.
    Pois esses aprovados na ordem não são suficientes para deslizar as suas obrigações cabiveis. Tornando com isto milhões de processos paralizado por falta de profissionais para trabalhar.
    Com isso são vários os fatores que deveria acabar de vez com esse exame a decadas. mais Infelismente à máquina da corrupção entrenhou nesse sistema mafioso. Infelismente.
    As instituições que lucra com isso também, muitas vagas no curso de direito sem qualidade de ensino frustando o aluno.
    Hoje são milhões de vagas pelo Brasil.
    Sem condições de ministrar um estudo de qualidade, pois as instituições visa mais os lucros.
    Parabéns ministros tomarara que esse exame chega ao fim ainda esse ano.
    Vai ser um grande avanço para o Brasil.
    E todos profissionais do Direito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Volte pra escola! Neste pequeno texto, muitos erros ortográficos. Você nunca será um Advogado se não voltar pra escola com urgência. Vai por mim, garoto...

      Excluir
  89. Nao so s cursos de Direito como ps demais cursos requerem um controle federal de proficiencia. So que isso e funçao do Estado, nao de um orgao de classe como a OAB. CREIO QUE ISSO E FUNÇAO DO MEC. Agora, deixar o exercio das profissoes por profissionais formados em cursos EAD pode se tornar uma calamidade.

    ResponderExcluir
  90. Quanto maior o anel mais burro o bacharel!
    A maioria dos que buscam o fim do exame, não sabem a diferença entre aresto e arresto.

    ResponderExcluir
  91. Só é contra o exame da ordem quem ainda não passou.

    ResponderExcluir
  92. Só é contra o Exame quem já passou 5 Anos na faculdade, desses 5 anos 2 e meio foram de estágios, aí vc se forma e é simplesmente Bacharel em Direito que em outras palavras é porra nenhuma, no período da faculdade ainda tem os estágios remunerados que da pra pagar a gasolina do carro, ao fim do curso vc é mais um desempregado! Fim a essa máquina de fazer dinheiro FGV/OAB

    ResponderExcluir
  93. Deve acabar com o exame da OAB e a taxa anual também. O MEC que vai dar uma prova com custos super baixo

    ResponderExcluir
  94. Daniel Melim Gomes
    Sou contra o fim do exame de ordem.
    Se é ilegal ou imoral que a OAB o faça, então faça-o o MEC.
    E que se crie exames de ordem para médicos, dentistas, contadores, etc...

    ResponderExcluir
  95. bom, sem falar das inúmeras pessoas já passaram na primeira fase como eu que sou uma vitima de prova mal corregida na segunda fase, e também o com fies atrasado por não esta trabalhando, hoje faço petições para amigos advogados e não posso assinar documentos nenhum como advogado, nem uma simples petição, infelizmente, ministro acabe com esse exame ele é cruel para nós bacharéis em direito, mas é bom para a oab, fgv, para cursinhos, para professores, para mídia, para muitas empresas e muita gente etc....

    ResponderExcluir
  96. pessoal vamos fazer uma petição pública todos bacharéis, vamos nos unir, agente deveria se unir e pedir para nenhum bacharel se escrever no próximo exame e esperar a decisão do governo, já seria uma pressão, o que acham disso?

    ResponderExcluir
  97. O Exame da Ordem dos Advogados do Brasil deve permanecer. E se possível com uma 3ª fase, ORAL. Quem quiser ser Advogado que estude, e se profissionalize. O Mercado não PERDOA os AMADORES.

    ResponderExcluir
  98. pessoal vamos montar um grande grupo, vamos lutar o governo quer e nós também, vamos montar uma pagina na web, grupo de watzap, pagina no facebook, vamos mostrar que quem mandar é o voto e não a OAB,FGV,CURSINHOS,EMPRESÁRIOS E ETC....

    ResponderExcluir
  99. VAMOS FAZER MOVIMENTOS, VAMOS EM BRASILIA MANIFESTAR, EU ESTOU PRONTO.

    ResponderExcluir
  100. Concordo com o exame, se retroagir aos advogados antigos que não fizeram esse exame, começando pela direção da OAB. Isso é um absurdo tem que acabar mesmo.

    ResponderExcluir
  101. Essa turma da OAB está toda infiltrada nesses cursinhos. É uma máfia.

    ResponderExcluir
  102. 1o ponto: todos os cursos deveriam ter um exame de proficiência. 2o ponto: as faculdades são fracas por isso vcs não passam. 3o ponto: se tirarem o exame inundaremos o mercado com os despreparados. 4o ponto: tem uma faculdade por aluno. o MEC não controla a qualidade e a maioria está mais interessada em receber as mensalidades do PROUNI. passam as um de semestre. os mesmos que vêm aqui defender o fim do exame.

    ResponderExcluir
  103. 5o ponto: exame nao é concurso o que demonstra o quanto vcs são burros. vc só precisa ter a nota mínima pra ser aprovado. Concurso é modalidade de licitação da lei 8666/93.

    ResponderExcluir
  104. PELO FIM DA OAB - CHEGA DE COMUNISTAS TRABALHANDO CONTRA O POVO BRASILEIRO

    ResponderExcluir
  105. A prova não é difícil. Basta estudar um pouco. Tem que acertar só 50% na primeira fase e 60% na segunda. Vc faz faculdade de Direito, e não de "advogado". Por isso que não dá para sair da faculdade achando que está pronto pra atuar.

    ResponderExcluir
  106. Quanta ignorância desse povo que deve/deveria ser a elite pensante do nosso país! Vejam o nível dos comentários... Só isso, já demonstra a necessidade do exame de ordem.

    ResponderExcluir
  107. È a mesma coisa de uma pessoa fazer uma faculdade de gastronomia e depois fazer uma prova para provar que sabe cozinha para entrar no mercado de trabalho. só no Brasil isso.

    ResponderExcluir
  108. Sou totalmente contra exame da OAB, quantos advogados que passam nesse exame e não sabem nem atuar na profissão. Chega de reserva de mercado dessa Autarquia chamada OAB.

    ResponderExcluir
  109. Quem quiser que entregue sua defesa, seja liberdade ou seja para fim de outras garantias a um bacharel que nem ao menos consegue passar no exame da ordem, kkkkkkk. A MAIORIA DAS FACULDADES É PAGOU PASSOU. COITADO DO POVO QUE PRECISAR DE DEFESA TECNICA

    ResponderExcluir
  110. "Sou advogado, e essa prova tem que acabar mesmo, essa prova fere os princípios da nossa carta Magna, essa prova não me ajudou em nada a exercer minha profissão. Exame de ordem é inconstitucional, porque essa prova só é aplicada para o curso de Direito? Isto posto, iriquecendo donos de cursinhos e FGV e OAB. Fora Exame de ordem, o bacharel já sai preparado para exercer a profissão, basta os estagios em fóruns, estagio no jurídico das universidade. Parabens presidente Bolsonaro e O Ministro do MEC.������������' Melhor resposta !!!

    ResponderExcluir
  111. A título de curiosidade, qual é a prova no devido conselho de classe que os recém formados em Medicina, biomedicina,enfermagem,psicologia,odontologia,nutrição,educação física,arquitetura,Engenharia em seus diversos ramos,artes Cenicas, realizam para obter o seu registro de classe e poderem exercer suas profissões?

    ResponderExcluir
  112. Tem que acabar mesmo com essa palhaçada de exame ordinário, isso não qualifica ninguém, o que passamos em uma faculdade por 5 anos já é o suficiente, não ficar nos submetendo essa prova ridícula e nos ridicularizando mais e mais, médico trabalha com vidas e não passa por um exame desse, engenheiro com edifícios não passa também por isso, ai vem o direito ao qual estudamos e não lutamos por ele e ter que passar pela prova para ver leis para ser alguém, imagina ai que absurdo... estudamos o direito e não lutamos pelo mesmo

    ResponderExcluir
  113. Este exame não avalia a capacidade intelectual de forma alguma , basta entrar em uma livraria e ir na seção de matérias de direito que e ver que existem mais livros como MANUAL DO ADVOGADO - PETIÇÕES PRONTAS - MODELOS DE PETIÇOES ...isso só mostra o quanto o advogado de hoje é despreparado e de pouco conhecimento . Chegam ao absurdo de comprar livros ou acesso a sites para extrair petições prontas , só para preencher lacunas como se fossem despachantes ....só por esta questão já se demonstra como este exame não avalia nada , mera reserva de mercado e um grande caça níquel para esta instituição privada que usurpou criminosamente o direito a profissão do bacharéis em direito . FIM AO EXAME DE ORDEM !!!

    ResponderExcluir
  114. Rapaz, vou falar a minha opinião, eu fiz faculdade de direito, e na época eu trabalhava na Policia, me ajudou nas promoções, nunca tive interesse em advogar, mas vou mandar a real, advogado bom se garante nos processos, advogado ruim se arrebenta por ele mesmo, não concordo com o exame da OAB, cada um que vire por conta, foi aprovado na faculdade, pode advogar, cada um com suas qualidades e defeitos.

    ResponderExcluir
  115. Otima ideia! Q cobrem de todas as profissões um exame desses e uma ótima parte do dinheiro fosse para as escolas,hospitais...E mais,tds q não fizeram o exame teria q Fazer e a cada 5 anos fazer td novamente em tds as profissões.Dai sim não feria a CF

    ResponderExcluir
  116. Ao invés de ficar reclamando do exame de ordem, vai estudar que uma hora você passa !!!!

    ResponderExcluir
  117. Na verdade

    Sou contra o Exame. Ele não qualifica o profissional. Não é fácil se formar em Direito. São provas, estágios, TCC's, dentre várias atividades que o aluno faz ao longo do Curso, as quais, ao meu ver, são mais do que suficientes. A própria Faculdade é um "funil', tendo em vista, que numa turma de 1° Período que começa com 50/60 alunos, no máximo 10 ou 15, chegam ao último Período (10°). Se não pudermos chamar isto de "funil", isto seria o quê?

    A maioria dos meus colegas não chegaram a colar grau. Muitos desistiram do Curso. Outros foram para outra área. Alguns ficaram até ricos empreendendo em outras áreas.

    ResponderExcluir
  118. Boa noite senhores!

    Para o bem da sociedade brasileira, venho informá-los que essa notícia não passa de fake news.
    Mas, a título de explanação, considerando que verdade fosse tal barbaridade, importante elucidar alguns pontos sobre o tema.

    Pois bem!

    Vejo inúmeros comentários de pessoas desinformadas, afirmando absurdos sem o qualquer noção de conhecimento do tema em questão (analfabetos funcionais).

    Primeiro, o nome que se dá para a dita prova é EXAME! Não é concurso.

    Segundo, a aplicação de um exame como pré-requisito para o exercício da Advocacia, é cobrado em VÁRIOS PAÍSES DE PRIMEIRO MUNDO (Japão, Alemanha, EUA, França, Inglaterra).
    Inclusive, nos Estados Unidos é cobrado uma terceira fase.

    Terceiro, o Conselho Federal da OAB não fatura nenhum centavo com a aplicação do exame da OAB.
    Caso os senhores não saibam, a banca administradora que aplica o exame (Fundação Getúlio Vargas/FGV), que por sua vez venceu um processo de licitação legítimo para realizar o exame, é quem fatura com a aplicação das provas.

    Quarto, o Brasil é o país que mais tem faculdades de Direito no MUNDO.
    Como é bem sabido por todos, nosso país possui o funcionalismo público falido. O Ministério da Educação/MEC não dá conta nem da educação básica do ensino fundamental no país, que dirá de auferir a capacidade técnica-profissional de alunos de um nível superior.
    Logo, seria um absurdo transferir tamanha responsabilidade para um funcionalismo público incompetente.

    Quinto, o conteúdo cobrado pelo EXAME da OAB é o BÁSICO da Advocacia.
    Não existe nada de absurdo no exame.
    Portanto, aquele que não logra êxito na aprovação, é porque não está apto para a exercer a profissão de advogado(a).

    Sexto, a Advocacia já se encontra demasiadamente saturada no mercado de trabalho brasileiro.
    O número de bacharéis em Direito no Brasil é absurdamente numeroso.
    Lembrando a regra básica do mercado: quanto maior é a oferta, mais barato é a demanda.

    Conclusão:

    O Exame da OAB é fundamental para o bem da sociedade brasileira.
    Ora, o advogado atua diretamente nos interesses da vida pessoal dos cidadãos. Seja no patrimônio, liberdade, e demais direitos fundamentais.
    A Advocacia é essencial para a administração da justiça.
    A obrigatoriedade da aprovação no Exame como pré-requisito para a Advocacia é importantíssima para a segurança jurídica dos jurisdicionados, pois proporciona aos mesmos a garantia de que haja advogados capacitados profissionalmente para atendê-los e representá-los.

    O correto seria que todas as outras profissões exigissem a aplicação de um exame técnico como faz a OAB.
    Quem mais se beneficiaria, é a sociedade.

    Com o devido respeito, torcer para o fim da obrigatoriedade do exame da OAB, é uma injustiça com a sociedade brasileira e com o Estado democrática de Direito.

    ResponderExcluir
  119. QUE O EXAME DA OAB É INCONSTITUCIONAL, ILEGAL E IMORAL, isso já se acha amplamente demonstrado no Brasil, em tantos escritos de alta relevância jurídico-social, por tantos outros que militam nessa causa.
    Ao dizer jurídico-social, faço-o descansada e enfaticamente —contraponto ao costumeiro termo jurídico-político. Por que isso? — indagará alguém. Por isso: o político decorre do social, este mais amplo.
    Como pode a Ordem dos Advogados do Brasil perpetrar e perpetuar tal desmando e assim continuar?
    Bem a propósito, veja-se o que dispõe o Estatuto do Conselho Federal de Medicina:
    (http://www.portalmedico.org.br/resolucoes/cfm/1998/1541_1998.htm):
    "Art. 1°. O Conselho Federal de Medicina e os Conselhos Regionais de Medicina são os órgãos SUPERVISORES, NORMATIZADORES, DISCIPLINADORES, FISCALIZADORES e JULGADORES da atividade profissional médica em todo o território nacional.
    Parágrafo único. Cabe aos Conselhos de Medicina zelar, por todos os meios ao seu alcance, PELO PERFEITO DESEMPENHO ÉTICO DA MEDICINA, POR ADEQUADAS CONDIÇÕES DE TRABALHO, PELA VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL MÉDICO E PELO BOM CONCEITO DA PROFISSÃO E DOS QUE A EXERCEM LEGALMENTE E DE ACORDO COM OS PRECEITOS DO CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA VIGENTE." (transcrição "ipsis litteris" do art. 1º/Estatuto CFM)
    Note-se, do texto, que nada alude à conferição de capacidade de exercício por meio de um exame de conselho. Diz-se, muito ao contrário, que o Conselho Federal de Medicina e seus Conselhos Regionais são "(...) os órgãos supervisores, normatizadores, disciplinadores, fiscalizadores e julgadores da atividade profissional médica em todo o território nacional." ("sic", destaques em MAIÚSCULAS nossos). Em suma, fiscalizadores do bom exercício da atividade médica que se põe em ação pela capacitação específica que lhes provê as instituições de ensino superior legalmente credenciadas. Ponto final. Pois é tão-somente isso que se espera de um órgão de classe profissional corretamente inserido na ordem do país.
    Isso está consentâneo com a nossa ordem político-social. É um exemplo claro de como deve corretamente ser o estatuto de uma entidade congênere. Assim também, rege-se o Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – CONFEA (http://www.confea.org.br), ao trazer, no seu Estatuto, art.1º, prescrição inteiramente semelhante, senão igual, ressalvadas as especificidades.
    CONCORDEMENTE, POIS, DEVERIA SER ASSIM O ARTIGO 1º DE UM CORRETO ESTATUTO DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL – OAB:
    "Art. 1°. A Ordem dos Advogados do Brasil, por meio do seu Conselho Federal e dos Conselhos Seccionais, e conjuntamente com estes, são os órgãos supervisores, normatizadores, disciplinadores, fiscalizadores e julgadores da atividade profissional jurídica em todo o território nacional.
    Parágrafo único. Cabe aos Conselhos da Ordem dos Advogados do Brasil zelar, por todos os meios ao seu alcance, pelo perfeito desempenho ético do Direito, por adequadas condições de trabalho, pela valorização do profissional jurídico e pelo bom conceito da profissão e dos que a exercem legalmente e de acordo com os preceitos do Código de Ética Jurídica vigente." (ADAPTAÇÃO DO TEXTO ANTERIOR À COMPETÊNCIA CONSTITUCIONAL, LEGAL E MORALMENTE PERMISSÍVEL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL – OAB)
    Depreende-se disso que estaria abolida a excrecência jurídico-político-social ora chamada Exame de Ordem, por absoluta impertinência na ordem plena do país, como se vê dos estatutos de entidades congêneres não-usurpadoras.
    [...] Todo o Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil precisaria ser revisto. A propósito, o texto atual do Estatuto da Advocacia & OAB (Lei.nº.8.906,04.07.1994) é uma vergonha em quase todos os aspectos: linguística, organização semiológica, consistência e coerência lógica, hierarquia e ordem, classificação e organização de artigos, seções, capítulos etc. — enfim, uma extrema precariedade em termos de técnica legislativa, uma total vergonha! Em matéria de redigir espécies legais (uma lei, no caso), a OAB tem sido precária.
    Egídio Campos, Prof. AEC..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estávamos todos ansiosos , esperando que fosse sair agora com esses últimos decretos criados pelo o presidente,

      o tão ESPERADO DECRETO, acabando com esse exame de ordem , que é tao poderoso ,pois até parece que a OAB, é quem tem o poder de criar leis no país, onde o Certificado expedido pelo o MEC, não tem validade pois se tivesse ,não precisaria desse tal, exame de ordem que só serve para gerar lucros para uma menoria.

      Excluir
  120. Concordo com o Bolsonaro em gênero, número e grau.

    ResponderExcluir
  121. Eu respeito a opinião de todos, mas eu vejo a prova da OAB como um filtro que vai demonstrar e separar quem realmente se dedicou, estudou durante os cinco anos da faculdade. Atualmente estou cursando engenharia civil, mas esse próximo semestre irei mudar para direito e vejo que deveria existir uma prova dessa não só no curso de direito, mas em todo os outros. Quem realmente se dedica na faculdade, na minha opinião, não precisa de cursinho.

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!