Conselho Federal da OAB desmente fim da obrigatoriedade do Exame de Ordem

3 comentários
bit.ly/2Dy1JqP | O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) desmentiu nesta terça-feira (23) a informação de que um decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) daria fim a obrigatoriedade no Exame da Ordem. A informação falsa tem circulado pelas redes sociais nos últimos dias.

“Trata-se de fake news o texto que circula pelas redes sociais apontando o decreto 9.745, de 8 de abril de 2019, como instrumento disso. O referido decreto trata apenas e tão somente da aprovação da estrutura regimental e do quadro demonstrativo dos cargos em comissão e das funções de confiança do Ministério da Economia e sequer cita a OAB, o Exame de Ordem ou qualquer outro conselho profissional apontado no texto mentiroso”, diz a nota divulgada pela OAB.

Ainda de acordo com o órgão, outros indícios de que a informação é falsa são os erros gramaticais, comuns em notícias mentirosas.

“A notícia falsa diz ainda que o decreto 9.745 ‘trás (sic) em seu artigo 1º O Ministério da Economia, órgão da administração pública federal direta, tem como área de competência os seguintes assuntos: XXXVII – regulação profissional’”, diz o comunicado que, segundo a OAB, não condiz com a verdade.

Por fim, a OAB, que representa mais de 1 milhão e cem mil advogados em todo o país esclarece que não houve mudanças em relação ao exame. “Dessa forma, esclarece que nada mudou no arcabouço jurídico no que diz respeito aos requisitos para o exercício pleno da advocacia, assim como para a realização do Exame de Ordem”, diz.

Fonte: bhaz.com.br

3 comentários

  1. Justamente! Mas deixará de ser obrigatório esse exame arrecatorio.
    Fila-se na oab quem quiser. Oab não manda na lei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido Barreto, o Exame de Ordem é uma Lei Federal, não é a OAB que manda na Lei, mas está cumprindo a Lei ao aplicar o Exame.O fim do Exame de Ordem seria um desastre no mundo jurídico. Imagino que você seja um bacharel contra o Exame. Talvez já tenha tentado e não foi aprovado.
      Quero que você observe a si mesmo e se pergunte: "Eu sou realmente capaz de advogar?" Veja que ao invés de "Arrecadatório" você escreveu ARRECATORIO. Que ao invés de "filia-se", escreveu FILA-SE.
      Então meu amigo, só um conselho: vá estudar que será melhor para você mesmo.

      Excluir
  2. PAREM DE MIMIMI, PROVA DA OAB SIM!!!! TRÊS ETAPAS JÁ.

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo seu comentário!