Acompanhe o novo site direitonews.com.br

Advogada é presa com arma, munições e algema dentro de casa em Mairinque (SP)

Nenhum comentário
bit.ly/2wiIdKW | Uma advogada de 59 anos foi presa com arma, munições e por desacato na quarta-feira (22), na casa onde mora, na área rural de Mairinque (SP). O caso era investigado pela Delegacia Seccional de Sorocaba (SP) com base em denúncias de pessoas que haviam sido ameaçadas pela suspeita.

De acordo com o delegado Alexandre Cassola, o inquérito policial foi instaurado pela delegacia de Mairinque e encaminhado à delegacia de Sorocaba depois que foram constatadas ameaças e representações da advogada contra policiais, promotores e até juízes. Todos os casos contra funcionários públicos foram arquivados.

O cumprimento do mandado de busca e apreensão foi realizado em conjunto entre a Seccional, a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e o Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra).

A mulher estava em casa com o marido e teria se exaltado com um dos policiais durante a apreensão de uma arma sem documentação, munições e uma algema. Ela alegou que os objetos eram para defesa pessoal.

A voz de prisão foi dada pela delegada da DIG, que encaminhou a suspeita ao plantão norte de Sorocaba. Ela foi autuada em flagrante pela arma, munições e desacato.

A Justiça converteu a prisão em preventiva em audiência de custódia nesta quinta-feira (23). A advogada foi transferida para a penitenciária feminina de Votorantim (SP).

Arma e munições foram apreendidas pela Polícia Civil em Mairinque — Foto: Arquivo pessoal

Por Carlos Dias, G1 Sorocaba e Jundiaí
Fonte: g1 globo

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!