Para evitar nova derrota na Câmara, decreto das armas deve virar projeto de lei

Nenhum comentário
bit.ly/2NbfSS5 | A líder do Governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), afirmou nesta segunda-feira (24/06/2019) que o governo pretende transformar os polêmicos decretos que ampliam acesso de várias categorias a posse de armas – e, em alguns casos, modifica o porte – em um Projeto de Lei. Ela afirmou, inclusive, que o texto desse PL deve ser discutido já nesta terça-feira (25/06/2019) pelo Senado Federal. A ideia é evitar nova derrota na Câmara dos Deputados – o Senado já derrubou, por 47 votos a 28, o conteúdo dos decretos.

“O fundamental neste momento é a questão da posse rural e essa discussão acontece nesta semana. Nesta questão das armas, houve o entendimento com representantes do Congresso Nacional, tanto da Câmara quanto no Senado, para que se torne Projeto de Lei e se torne urgente”, declarou.

Questionada sobre a derrota dos decretos no Senado Federal, ela se mostrou confiante em relação ao conteúdo da questão e sustentou que os parlamentares “não são contra o texto”, mas sim se opõem ao fato de ele ter sido apresentado por decreto. “O que a gente viu sobre o decreto foi mais uma marcação de posição política, porque muitos parlamentares que votaram pela sua derrubada subiam e falavam: ‘Eu concordo com o teor do texto, eu concordo que tem que haver uma flexibilização em relação à posse, eu concordo que há uma promessa do presidente… mas eu não quero por decreto’. Então, o que incomodou alguns senadores não foi o conteúdo, foi a forma”, disse.

“Com essa discussão, a gente vai mudar a forma pra proteger boa parte do conteúdo”, informou.

Natália Lázaro
natalia.lazaro@metropoles.com
Fonte: www.metropoles.com

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!