Preso conselheiro tutelar que mandou foto da filha armada para ex

Via @metropoles | O conselheiro tutelar de Jandaia, município na região central de Goiás, suspeito de mandar uma foto da filha de apenas 4 anos armada para a ex-mulher, foi preso na tarde desta sexta-feira (26/11), em Acreúna, cidade a cerca de 150 km da capital goiana. O homem também é investigado por ameaçar de morte a ex-companheira.

Segundo informações da Polícia Civil de Goiás, a prisão foi efetuada após compartilhamento de informações entre a corporação e a Polícia Militar. O conselheiro tutelar estava foragido há cerca de 10 dias. De acordo com o delegado responsável pela investigação do caso, Luiz Gonzaga, o homem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia, onde serão tomadas as providências legais após a prisão.

Foto armada

O ex-casal tem duas filhas, uma de 4 e outra criança de 1 ano. O homem teria enviado uma foto da filha mais velha com uma arma de fogo na mão para a ex-mulher, que já tinha uma medida protetiva contra ele. Em razão deste episódio, ele teve a prisão preventiva decretada no dia 16 de novembro e perdeu o cargo de conselheiro tutelar.

“Essa situação foi registrada na Polícia Civil, mas já constam registros anteriores que envolvem ameaça por parte desse homem e também a questão da arma de fogo que ele teria entregado a filha. São duas situações distintas, que envolvem violência doméstica e já estão sob investigação”, afirmou Gonzaga ao Metrópoles.

Ao portal, o investigador relatou que, na sexta-feira (12/11), o homem foi até o local de trabalho da ex-mulher, uma distribuidora, e fez diversos disparos de arma de fogo, causando danos ao estabelecimento. A mulher teria ficado apavorada, já que o ex-companheiro descumpriu a medida protetiva. Durante o ataque, a vítima se trancou no banheiro e de lá acionou a Polícia Militar, para que fosse levada para casa.

Áudios e ameaças

Em gravações feitas pelo, agora, ex-conselheiro, as quais a polícia teve acesso, ele exige que a mulher abandone o emprego e faz ameaças de morte a ela e toda família. “Pode trabalhar onde você quiser, mas se continuar lá, vou te matar. Se fizer isso, pode ficar com quem você quiser em Jandaia. Mas se continuar lá no emprego, vou te matar. Eu jurei pela alma das minhas filhas. Quero que elas queimem no inferno se eu não cumprir minha promessa”, diz o homem no áudio.

O homem afirma ter viajado a Goiânia para adquirir uma nova arma e que estaria disposto a usá-la para acertar as contas com a ex-mulher. Também demonstra desdém às denúncias à polícia.

“Não tenho mais nada a perder. Você já acabou com a minha vida. Eu perdoo a sua traição, mas não admito você ficar lá [emprego] enquanto eu estiver vivo. Vim para Goiânia e já comprei outro revólver. Você só vai se livrar desse problema quando sair de lá”, reforça o suspeito.

Ainda nas gravações, o homem afirma está “pronto para matar, morrer” e conta que, se for preso, não ficará na cadeia para sempre. “Não vou correr, não vou negar. Assim que eu chegar na Jandaia eu vou resolver com você”, reforça ele na gravação, em que diz que a ex-companheira merece uma bala na cabeça.

Fonte: metropoles.com

1/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

  1. Apart from plagiarism free content, you should also choose a writing service that provides you with secure payment facilities. Some companies will ask you to pay half of the money in the beginning. Such companies are not trustworthy. If you are looking for help with finance assignment, try to hire someone who is reputed in the industry. Reputed companies will never ask you to pay the whole money in the beginning. There must be a proper payment procedure. So, search for the payment procedure first and then only hire the finance assignment help for your task. Spend some time to choose the best company for your assignment and then only hire them.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima