Atriz Giovanna Chaves critica acusação de Juliette Freire sobre xenofobia em set de filme; entenda

Via @portal_ig | Após Juliette relatar que, ao ir dublar um filme, foi pedido para que ela neutralizasse o sotaque, a atriz Giovanna Chaves disse que isso é algo comum.  A atriz ainda alegou que não se tratava de xenofobia e que a medida era feita para que a produção alcançasse o país inteiro.

“Isso é a coisa mais comum do mundo, temos até aula de prosódia para neutralizar sotaque quando começamos a preparação de um filme, por exemplo”, disse ela no campo de comentários de um perfil do Instagram.

Em seguida, a atriz disse que isso é feito para alcançar pessoas do Brasil inteiro: “Neutralizamos o sotaque para alcançar o país inteiro sem localização, ou seja, sem denunciar de onde somos… É super normal atores, jornalistas, dubladores, radialistas e ++ neutralizarem“.

Repercussão

O assunto ficou entre os mais comentados no Twitter nesta sexta-feira, 10, e ao longo madrugada de sábado, 11. Internautas subiram a tag 'Sotaque neutro não existe' e resgataram depoimentos de outras artistas denunciando casos de xenofobia.

Um destes relatos foi reverberado pela cantora Duda Beat, que revelou ser boicotada em rádios sudestinas por conta do sotaque. "E pelos ritmos que eu trago do Nordeste, isso existe. A gente pode abrir concessão de algumas coisas, mas eu não vou abrir concessão do meu sotaque", disse em entrevista no programa À Prioli, da CNN.

Em outro tuíte, uma pessoa compartilhou o vídeo 'Sudestino', do canal Porta dos Fundos. Na produção, protagonizada por Gregorio Duvivier e Ademara, os papéis são invertidos em uma entrevista de emprego. A comediante ironiza a região Sudeste e adapta experiências, antes vivenciadas por nordestinos.

Relembre

Essa não é a primeira vez que Juliette confronta falas preconceituosas. Em julho de 2021, ela rebateu os comentários xenofóbicos da atriz e youtuber Antônia Fontenelle, que havia classificado como "Paraibada" as agressões feitas pelo DJ Ivis, contra sua ex-mulher, Pamela Hollanda.

Logo depois, Fontenelle se desculpou e justificou ter sido uma "expressão". Freire reagiu ao comentário e publicou um tuíte, que mais tarde, foi reproduzido em uma prova de vestibular da Unicamp.

Meses após a final do BBB 21, Juliette lançou o primeiro álbum musical, composto por seis músicas. Neste ano, emplacou o single 'Cansar de dançar' e estreou uma turnê em alguns estados brasileiros.

Fonte: gente.ig.com.brterra.com.br


0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima