Justiça estipula multa altíssima se Luva falar de ex-empresário

Via @metropoles | Neste domingo (4/7), a TV Globo e a Record TV exibiram as primeiras entrevistas com Iran Santana Alves, o Luva de Pedreiro, após a quebra de contrato com seu antigo empresário, Allan Jesus. A ideia era expor detalhes do vínculo do jovem com o ex-agente, mas a Justiça concedeu uma liminar proibindo a veiculação de informações sobre o contrato firmado entre os dois. A coluna LeoDias teve acesso à decisão judicial, que também estipula uma multa que pode chegar a uma quantia milionária se Luva de Pedreiro citar seu ex-empresário.

O documento destaca “obrigação de confidencialidade entre as partes”, estabelecida em pelo menos três cláusulas do contrato. Em caso de descumprimento, a multa é de R$ 200 mil por ato, não ultrapassando R$ 2 milhões.

A decisão da juíza Maria Cristina de Brito Lima, da 2ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, implica que os faturamentos devem ser transferidos até que sejam acumulados R$ 5,2 milhões, valor da rescisão contratual entre Luva e Allan.

Caso Iran não cumpra com a decisão, contas bancárias vinculadas a ele ou a sua nova empresa de agenciamento de carreira podem ser bloqueadas pela Justiça. O renomado jogador de futsal, Falcão, é quem encabeça a equipe que gerencia os negócios do Luva.

A liminar também obriga Iran Santana Alves a cumprir todos os contratos publicitários firmados com a ASJ Consultoria até o dia 24/6 sob pena de pagamento de multa de R$ 10 mil, não podendo ultrapassar o montante total que Allan Jesus receberia por contrato descumprido.

Fonte: metropoles.com

O que você achou desse conteúdo? Participe com sua Reaction abaixo:

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima