Homens são acusados de 3stupr4r e transmitir HIV a crianças em Manaus

homens acusados estuprar transmitir hiv criancas manaus
Via @metropoles | A Polícia Civil do Amazonas prendeu um homem investigado por transmitir propositalmente o vírus HIV para crianças e adolescentes com as quais ele praticava abusos sexuais. Rodrigo Wenderson Nunes dos Santos, de 31 anos, se apresentou à delegacia nesta quarta-feira (12/6), em Manaus, e o mandado de prisão que estava em aberto contra ele foi cumprido. Um segundo suspeito está foragido.

De acordo com a polícia, Rodrigo é soropositivo. Uma pessoa que teve acesso ao celular dele identificou mensagens que o homem trocava com outra pessoa sobre conteúdo pornográfico.

“O denunciante teve acesso a diálogos entre dois homens que discutiam sobre os supostos estupros e também sobre serem pessoas vivendo com o HIV. Dessa forma, eles intencionalmente cometiam esses abusos com o objetivo de transmitir o vírus”, explicou a delegada Joyce Coelho em maio deste ano.

A apuração do caso começou há 2 anos. De forma anônima, uma pessoa fez uma denúncia contando que uma assistência técnica de Manaus teve acesso ao aparelho celular de Rodrigo e que nele havia mensagens que tratavam de pornografia infantil.

Investigação

A polícia fez a quebra de sigilo telemático e conseguiu chegar aos interlocutores das conversas. Depois disto, a Justiça concedeu mandados de prisão temporária em nome de Rodrigo e de Victor Igor dos Santos, de 21 anos.

Eles chegaram a ser presos em 10 de maio deste ano, mas foram soltos após vencer o prazo da prisão e a polícia não pedir a renovação. Um novo pedido de prisão foi apresentado à Justiça na terça-feira (11/6). Victor é considerado foragido.

Em maio, a polícia cumpriu também mandados de busca e apreensão nas casas dos investigados. Foram apreendidos arquivos de mídia que continham provas dos delitos. Os celulares dos dois também foram recolhidos.

A delegada Joyce afirmou que eles preferiam vítimas do sexo masculino. “Inclusive, falavam de abordagens que poderiam ser feitas em locais públicos e privados, como banheiros de shoppings.”


Rodrigo confessou que armazenava e compartilhava arquivos com pornografia infantil e disse ser soropositivo, mas negou que transmitia o vírus de propósito para as vítimas.

“Não tem vítima nenhuma. Os vídeos são verídicos, mas peço desculpas as pessoas que se sentiram ofendidas. Nunca abusei de criança nenhuma”, afirmou Rodrigo.

Os dois homens devem responder pelos crimes de estupro de vulnerável e exploração sexual por meio da pornografia infantil. (Com informações do G1 e do portal Manaus Alerta, parceiro do Metrópoles)

Por Deivid Souza
Fonte: metropoles.com

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima