Policiais erram endereço, arrombam e invadem casa de idosa. Vídeo

policiais erram endereco invadem casa idosa goias video
[ Assista AQUI ] Via @metropoles | Câmeras de segurança registraram o exato momento em que os policiais civis arrombaram e invadiram uma residência em Itapuranga, no Centro de Goiás, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão e um de prisão. No entanto, a abordagem foi realizada em um endereço errado.

A moradora da casa era uma idosa de 88 anos. A mulher ficou abalada com a situação. Em um vídeo gravado por uma familiar dela, a senhora afirmou ter ficado com medo do que aconteceu.

“Quase me matam de susto. (Como) eles fazerem uma coisa desta comigo? Eu sozinha, eu e Deus nesta casa. Invadiu meu quarto”, relatou entre soluço.

Pelas imagens de um circuito de segurança, que registrou o momento em que os policiais entram no local, o dia estava amanhecendo ainda. O fato foi na última sexta-feira (5/7) na casa da mulher na Rua 59 do Setor Joaquim da S. Moreira de Itapuranga.

No vídeo, eles aparecem em frente ao portão da casa. Um deles usa uma ferramenta para dar uma pancada no portão e arrombar o local. Em seguida, eles sacam as armas e, ao menos quatro, entram no imóvel.

A mulher que morava no local disse que os policiais revistaram todos os cômodos do imóvel e desligaram as câmeras de monitoramento. O ponto que registrou a entrada, parece ser de um dos vizinhos.

Foi feito um pedido pela mulher para que as câmeras de monitoramento fossem religadas, disse ela. “(Eles) desligaram as câmeras”, reclamou.

Erro

O alvo dos mandados era um homem, mas que, conforme o próprio documento expedido pela Justiça, residia na mesma rua da mulher de 88 anos, mas no lote 09, que não é o dela. Na ordem judicial estava explícito ainda que deveriam ser verificados pelos policiais os objetos com relação ao “fato criminoso”. Também estava determinada a busca e apreensão de aparelhos celulares. O mandado em questão foi expedido pela Justiça de Cuiabá em resposta a um pedido de uma Delegacia de Polícia Civil daquele Estado especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública.

O Metrópoles fez contato com a Polícia Civil de Goiás (PC-GO) para que esta esclarecesse o fato. Por meio de nota, a assessoria de imprensa afirmou que o mandado foi cumprido por policiais civis do Mato Grosso. “Os policiais civis goianos apenas auxiliaram na diligência conferindo apoio operacional”, resumiu. A reportagem também fez contato com a Polícia Civil do Mato Grosso e aguarda resposta.

Outro caso

No início de abril, outro caso de invasão a endereço errado pela PC-GO foi veiculado pelo Metrópoles. Na ocorrência, também houve registro por meio de câmeras de vigilância. A moradora do imóvel de Aparecida de Goiânia, Região Metropolitana da capital, afirmou que os policiais foram truculentos e chegaram a apontar uma arma para ela. A cena foi registrada por câmeras do imóvel onde também residiam uma criança de 9 anos e outra de 2 meses.

Assista e comente no Instagram:

Por Deivid Souza
Fonte: metropoles.com

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima