Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Vídeo: racismo é crime e tomaremos providência, diz atriz após socialite chamar Titi de 'macaca'

goo.gl/j5C5D5 | A socialite americana Day McCarthy publicou um vídeo no qual chama Titi, 3, filha dos atores Bruno Gagliasso, 35, e Giovanna Ewbank, 31, de "macaca com cabelo de bico de palha". Essa não é a primeira vez que a filha dos atores é vítima de racismo nas redes sociais.

"Queria entender os falsos, os puxa sacos, que me criticam pela minha aparência, por não ter olhos azuis, cabelo liso e nariz bonito, fino, como a sociedade impõe esse tipo de beleza. Mas ficam lá, no Instagram do Bruno Gagliasso, elogiando aquela macaca, a menina é preta, tem cabelo horrível, de bico de palha, e tem um nariz de preto, horrível, e o povo fala que a menina é linda. Essas mesmas pessoas vêm no meu Instagram criticar a minha aparência. Você só está puxando saco porque é adotada por famosos. Filha não é. Como duas pessoas brancas, dos olhos claros, vão ter uma filha preta, de cabelo pico e com nariz de negro. Ai, povo ridículo hein", disse McCarthy.

Vídeo abaixo



A atriz Giovanna Ewbank usou seu Instagram, neste domingo (26), para agradecer as mensagens de apoio e afirma que o casal já está tomando as devidas providências perante a lei.

"Bom domingo com AMOR e a pureza de uma criança à todos que tem nos mandado mensagens sobre o acontecido, racismo é crime, e já estamos tomando as devidas providências perante a lei. Obrigada", escreveu Ewbank, em sua conta no Instagram com a foto da filha.

Já Gagliasso postou uma foto com a frase da filósofa americana Angela Davis: "Numa sociedade racista, não basta não ser racista, é necessário ser antirracista".

Titi

Titi foi adotada pelo casal depois de Ewbank realizar uma viagem à África para conhecer o trabalho de uma ONG americana com órfãs durante um quadro do "Domingão do Faustão".

"Foi um reencontro de almas, ficamos o dia todo juntas. Liguei para o Bruno e disse: 'Encontrei minha filha'. Ele respondeu: 'Então me sinto pai dela'", contou Ewbank, em entrevista à revista Marie Claire, em maio deste ano.

Essa não é a primeira vez que a filha dos atores é vítima de racismo nas redes sociais. Em 2016, mensagens racistas foram feitas em uma foto publicada por Ewbank no Instagram depois de Gagliasso criticar os usuários da web que se unem para publicar mensagens racistas nas páginas de artistas.

"Nossa família é muito amada, e nós temos policiais bons que vão descobrir [os autores das ofensas]. Minha filha tem algo que esses caras não têm: amor ", disse, na época, no "Domingão do Faustão".

No dia 16 de novembro de 2016, Gagliasso prestou queixa na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) contra os comentários racistas deixados para Titi. Um mês depois, sete pessoas, incluindo um adolescente de 17 anos, foram levadas pela Polícia Civil do Rio para prestar esclarecimento sobre as ofensas racistas.

Na delegacia, o adolescente de 17 anos confessou ser um dos autores das ofensas publicadas nas redes sociais. Segundo a Polícia Civil, o adolescente disse ter criado um perfil falso em uma rede social para fazer as ofensas, acreditando que assim ficaria impune.

Fonte: f5.folha.uol.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!