Concurso Polícia Federal 2018: Publicada portaria autorizativa para 500 vagas!

Nenhum comentário
goo.gl/kPgyxb | Saiu a portaria autorizativa do concurso para a Polícia Federal (Concurso PF 2018)! A Portaria n° 8.380 foi publicada na edição desta sexta-feira (20) do Diário Oficial da União. No documento, foram ratificadas as 500 vagas liberadas e sua distribuição entre os cargos.

As oportunidades seguem o anunciado anteriormente:

  • 30 vagas para papiloscopista policial federal

  • 60 vagas para perito criminal federal

  • 80 vagas para escrivão de Polícia Federal

  • 150 vagas para delegado de Polícia Federal

  • 180 vagas para agente da Polícia Federal

A partir de agora, a corporação tem seis meses para publicar o edital, ou seja, até outubro deste ano. Contudo, o ministro da  Segurança Pública, Raul Jungmann, concedeu entrevista nesta quarta-feira (18), na qual comentou sobre possível abertura do certame em junho.

De qualquer forma, a organização do concurso ficará a cargo do Diretor de Gestão de Pessoal da PF. Vale lembrar que, nesta semana, o Aviso n° 068/MP  foi enviado pelo Ministério do Planejamento à Pasta da Segurança Pública. No texto, consta a disponibilidade de orçamento para efetivar o certame.

Outra consideração é relativa à nota técnica ratificada pela Direção de Gestão de Pessoal da corporação. Nela, é informado que a quantidade de vagas abertas nas carreiras excede 5% do quadro.

Cargos Polícia Federal


A distribuição das vagas havia sido confirmada na quarta-feira (18) pelo presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Antônio Boudens.

O anúncio veio após reunião de Boudens com diretor-geral da PF, Rogério Galloro, feita no dia anterior.

Há a possibilidade de que as vagas sejam distribuídas entre dois editais, sendo um no primeiro e o outro, no segundo semestre deste ano.

As carreiras exigem formação de nível superior. Para escrivão, agente e papiloscopista, é aceita graduação em qualquer área, incluindo, cursos de tecnologia.

Outro requisitos é a CNH em categoria “B”. A remuneração inicial para os três cargos é de R$ 12.441,26, mas, pode alcançar R$ 12.980,50 em 2019.

Candidatos ao cargo de delegado deve ter graduação em Direito, além da demanda mencionada sobre a habilitação. O cargo de perito, por sua vez, também exige formação de nível superior específica na área de atuação.

A remuneração para perito e delegado é de R$ 23.130,48 e, assim como as anteriores, pode ter reajuste no próximo ano, chegando a R$ 24.150,74.

Provas Concurso PF 2018


Ainda não há confirmações quanto às etapas do certame, porém, espera-se que sejam semelhantes às aplicadas no edital anterior.

Sendo assim, os candidatos podem se preparar para as seguintes fases:

  • Provas objetivas

  • Provas discursivas

  • Exame de aptidão física

  • Exame médico

  • Avaliação Psicológica

Caso a expectativa de lançamento de edital em junho seja realizada, as provas intelectuais devem ser aplicadas até agosto.

Poderão ser cobrados conteúdos de Português, Atualidades, Raciocínio Lógico, Legislação Especial, Informática, Noções de Administração, Contabilidade, Economia e Direito – Constitucional, Penal, Processual Penal, Administrativo, entre outros, conforme a carreira pretendida.

Por Luciana Gomides
Fonte: editalconcursosbrasil.com.br

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!