Dicas para Futuros e Jovens Advogados e Advogadas - Por Efigenia Márlia Brasilino

Nenhum comentário
goo.gl/hc77fY | Prezado colega, jovem advogado, que a todo fervor inicia sua vida jurídica, saiba que você não é o único a se sentir solitário na jornada de audiências, conclame por clientes, inseguranças ou indefinição da área a atuar!

Muito se questiona no início da advocacia sobre a prática diária, questionamentos estes que nos assolam dia após dia e desaguam nas páginas da internet, em grande parte por meio de pesquisas com as frases "Como iniciar na advocacia" , "Como fazer audiência?" ou "Como Conquistar clientes no início de carreira?"

Com pesar lhe informo, nenhuma faculdade do mundo o preparará para o que está por vir, mas não fique temeroso! Apenas busque excelência e amor no que faz e principalmente, não desista no meio caminho, pois a recompensa virá com o tempo.

Por tais razões, desejei compartilhar pequenas dicas de profissão, que em pouco tempo de exercício desse múnus público, tem me gerado bons resultados.

1) Invista em cartão de visita


Grande parte de nós, advogados em início de carreira, se vê obrigado a engolir o medo e iniciar o exercício da advocacia sozinho ou em regime de home office (trabalho em casa). É por isso que o investimento em cartões de visita além de trazer credibilidade para sua apresentação, se mostra como ótimo instrumento para descrever de forma suscita seus dados pessoais, áreas de atuação e contato. Tenha em mente que agora você é um Advogado (a) e precisa ser lembrado em razão dessa profissão, então não deixe de entregar seus cartões aos familiares, amigos, vizinhos e conhecidos, pois esses podem ser clientes em potencial. Quanto ao custo, a depender da arte criada, é possível produzir 1.000 cartões por menos de R$ 100,00 em gráficas virtuais!

2) Faça um bom atendimento inicial


Tudo que se inicia bem, tende a permanecer assim. Então, um bom atendimento inicial ao cliente, com a coleta devida de dados para a demanda e esclarecimento dos riscos, valor dos honorários e procedimento básico da demanda, além de o deixar satisfeito, nos livra de qualquer embaraço futuro. Indico a você criar uma ficha específica de atendimento, onde os dados básicos do cliente podem ser preenchidos, além é claro de manter por perto da procuração e o contrato de honorários.

3) Precifique seus serviços e cobre corretamente


Precificação dos honorários por certo é causa de muitas angustias no início de carreira. Saiba que, em cada Estado, a seção da Ordem dos Advogados possui tabelas de serviços e valores de honorários iniciais a serem cobrados, que via de regra se aproximam da realidade financeira da região. Tente sempre cobrar esses valores e caso não consiga, seja justo, razoável e proporcional, consigo e com os demais colegas. É sabido que muitos advogados aviltam seus honorários, o que vem gerando prejuízos inestimáveis a toda categoria. Precifique seus serviços com consciência, utilizando a tabela, e com base no tempo empenhado, despesas geradas, probabilidade de ganho da demanda.

4) Utilize meios alternativos de solução de conflito


Talvez esse tópico pareça desconexo, mas sim, tem sido essencial em minha jornada. Temos cultura essencialmente litigiosa e infelizmente as faculdades não nos preparam para situações diversas. Porém, é necessária uma quebra de paradigmas e valorização dos meios alternativos de conflito, dentre eles, citamos a arbitragem, conciliação e mediação. Sempre que possível, apresente ao seu cliente esses meios, pois além de deixa-lo satisfeito com a resolução mais rápida do case, você atuará como um pacificador social.

5) Conheça a Caixa de Assistência dos Advogados de seu Estado, Comissões de Prerrogativas e da Jovem Advocacia de seu Estado


Advogado que é Advogado conhece seus direitos!!! Conheça suas prerrogativas como advogado e não tenha medo de usá-las. Caso tenha dúvidas, procure as Comissões da Seção ou Seccionais da OAB de seu estado e exponha suas ponderações sobre elas. Além das Comissões de prerrogativas e da área em que você atua, conheça a Comissão da Advocacia em Início de Carreira ou Jovem advocacia, pois te darão todo suporte inicial, desde a certificação digital, utilização dos processos eletrônicos, cursos preparatórios, seminários, entre outros. Não poderia deixar de mencionar os descontos e convênios que possuímos, além de serviços específicos de cada estado, como a van dos advogados, aqui no Espírito Santo e convênios da OAB (Federal)

Espero que as dicas apresentadas sejam úteis a vocês e em caso de dúvida, podem me contatar por email!

_______________________


Efigenia Márlia Brasilino de Morais Cruz
Advocacia com equidade, justiça e amor!
Advogada e sócia do Escritório Rangel & Brasilino Advocacia e Consultoria. Graduada em Direito pela Faculdade Estácio de Sá de Vitória. Pós graduanda em Direito Público pela Faculdade Estácio de Sá de Vitória. Contato: moraiscruz.adv@gmail.com
Fonte: Jus Brasil

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!