O segredo dos advogados que cobram consultas todos os dias - Por Thaiza Vitoria

2 comentários
goo.gl/mVFwBf | Apenas 2% dos advogados liberais conseguem cobrar consulta sem resistência. Normalmente o cidadão marca uma hora, relata o caso em mínimos detalhes, mostra documentos, menciona nomes, datas, cenários, recebendo um atendimento educativo e acolhedor por parte do causídico, que por sua vez, só fica satisfeito quando testemunha o suspiro de alívio do cidadão desesperado, tal qual a segurança gerada pelo seu esclarecimento jurídico.

Satisfeito com o atendimento, o propenso cliente elogia, diz que está imensamente grato e que qualquer coisa retornará para falar sobre o que foi resolvido.

Outra situação bem comum é quando o advogado mais corajoso avisa ao curioso que para responder a sua consulta precisará cobrar, se deparando com a face do desgosto odioso.

O fato é que 98% dos advogados liberais amam advogar, mas não sabem viver de advocacia. Costumam pagar para trabalhar, vivem refém de indicações, acumulam pós-graduações sem uso, ficam patinando sem saber o que fazer para atrair clientes mais qualificados, menos reclamões, que os valorizem, e principalmente, confiem em seu trabalho, sem ficarem perguntando a toda hora como está o seu processo.

Não adianta, meus amigos, a vida só ficará “cor de rosa” quando sua advocacia começar a se pagar com facilidade e você puder se dedicar ao que ama, que é ajudar as pessoas, sem ter que matar um leão por dia.

Pense comigo, quais dos desejos que você fez no final do ano que não envolviam ajudar alguém?

Reflita um pouco: Se você pediu para emagrecer 10k certamente foi para viver melhor com quem você ama, ser mais feliz e bem humorado nos relacionamentos, ser apreciado pelos seus e viver em harmonia.

Se você desejou pagar suas dívidas, certamente está desejando honrar sua palavra, auxiliar os credores e poder ter mais crédito para proporcionar boas experiências para a sua família.

Se você desejou mais clientes, mesmo que no primeiro momento você tenha ficado na sua sustentabilidade financeira, o fato é que você escolheu um caminho para conseguir esse dinheiro, e esse caminho foi ajudar outras pessoas a conquistarem seus direitos.

Se você desejou gerenciar melhor seu escritório significa que você sente que precisa tratar melhor as pessoas que confiam em você.

Desse modo, meus amigos, assim como o sol não brilha para si, a rosa não floresce para si, o padeiro não faz pão para si, o cabeleireiro não faz chapinha para si, você não advoga para si.

Você escolheu a advocacia porque você é bom e não porque precisa dela.

Você escolheu a advocacia para ajudar outras pessoas, mas isso não significa que você terá que perder a si próprio no caminho.

Voltando ao tema que te fez ler esse artigo, cobrar consulta todos os dias vem de um sentimento incontestável de autovalorização, e isso só chega em nossa vida com a prática do autoconhecimento.

A sua advocacia é um reflexo da sua mente e emoções, e não do seu vade mecum.

É a sua mente que comanda a sua advocacia e não o PJE, entende?

Talvez a questão que mais martela na sua cabeça seja: Por que está demorando tanto eu chegar onde quero?

  • Não é porque você não queira o bastante;
  • Não é porque você não seja inteligente o bastante;
  • Não é porque você não mereça o bastante;
  • Não é porque o destino está contra você;
  • Não é porque alguém já tomou o seu lugar;
  • Não é porque você está pagando por algo;
  • Não é porque você não é bom ou boa;

A razão pela qual você não atingiu o seu desejo ainda, é porque você está fixado num padrão mental incompatível com o que você diz desejar. Essa é a única razão – sempre!

Assim, agora, a única coisa que você precisa fazer é gentil e gradualmente, passo a passo, começar a desenvolver a sua inteligência emocional, esse é segredo do sucesso sustentável, isso ninguém poderá tirar de você.

Cobrar consulta com tranquilidade é já ter contratado a si mesmo em sua convicção. Se você acredita que merece ser pago, e bem pago, que merece ter clientes colaborativos na sua rotina, que merece condições dignas de trabalho, então é isso que você vai criar na sua vida, e essa criação não chega através de práticas exotéricas, mas de atitudes e comportamentos concretos.

Você não seria ingenuo a ponto de acreditar que a dificuldade na cobrança está em precificar sua hora, não é mesmo?

Não se trata de uma equação matemática, se trata de uma postura mental e emocional que favorecem a cobrança de consulta.

A vida não está acontecendo para você, ela está respondendo a você. O que você diz no seu íntimo quando alguém se recusa a pagar consulta?

Se suas respostas te levarem a responsabilizar o mercado, a sociedade, a concorrência, o judiciário, a crise ou a cultura, mesmo que 2% dos advogados cobrem consulta confortavelmente, então você fez uma escolha.

Compartilhe suas questões abaixo, eu terei muito prazer em conversar contigo.

Eu quero aproveitar o tema para te dizer que começou o Workshop de Inteligência Emocional para Advogados… uma chance para você se tornar autogerenciável em 2019.

O Workshop é 100% online e totalmente gratuito :) pra lembrar mais benefícios do workshop e se matricular, é só clicar aqui: https://thaizavitoria.com.br/

Thaiza Vitoria
Consultores de Advogados
Inteligência Emocional para Advogados e Estudantes ↪Comece GRATUITAMENTE por aqui↩ ⤵⤵⤵ http://thaizavitoria.com.br/
Fonte: Jus Brasil

2 comentários

  1. Muito instrutivo o artigo. Na verdade, tenho medo do cliente desistir da consulta por não querer pagar e isso fazer com que os clientes desapareçam do meu escritório. Como cobrar na prática? Qual postura devo ter quando o cliente se recusar ou pedir um desconto? Atuo nas áreas trabalhista e previdenciária. Grata.b

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cabe ressaltar, que, os causidicos, devem cobrar pelas suas consultas, nesse rumo, e, posteriormente a consulta, aviso ao cliente, de um valor que deve pagar pela mesma, na maioria das vezes, pagam sem reclamar.

      Excluir

Agradecemos pelo seu comentário!