Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Prova da OAB: confira 5 excelentes estratégias para estudar de forma eficiente

goo.gl/zS1RMN | Passados 8 períodos do curso de Direito, o estudante já começa a se preocupar com um teste que lhe abre possibilidades na carreira: a prova da OAB. Porém, normalmente, esse é um período em que se acumulam várias tarefas, como a monografia, estudos das disciplinas normais do curso, e, por isso, são necessárias estratégias para estudar de forma eficiente para o exame da Ordem.

Pensando nisso, no post de hoje, falaremos sobre 5 estratégias para se aplicar no estudo para a prova da OAB. Acompanhe!

1. Faça exercícios

O estudante pode fazer simulados com questões parecidas às da OAB ou pode realizar as provas passadas. Dessa forma, ele perceberá como os conteúdos são cobrados, já que as provas tendem a seguir um padrão de cobrança. Além disso, saberá em quais matérias houve maior índice de erros ou acertos, definindo, assim, suas deficiências e forças.

Toda prova da OAB é feita por uma banca de concursos, normalmente a FGV — Fundação Getúlio Vargas. Ao realizar os exercícios, deve-se sempre escolher as questões dessa banca, que apresenta características específicas.

2. Classifique as matérias de acordo com seu desempenho

Sabendo suas deficiências e forças por meio das questões feitas, o estudante de direito poderá definir as matérias consideradas fáceis ou difíceis e, assim, entender o que precisa ser mais estudado e o que não precisa de tanto aprofundamento, mas apenas de revisão.

Ao classificar as matérias, é interessante, também, perceber o nível de cobrança nas provas da OAB: as questões objetivas de certas áreas tendem a ser mais tranquilas do que outras. Por fim, sabemos que, se o tempo é curto pra estudar, certamente, não terá como ver o conteúdo do curso inteiro com muita atenção em poucos dias. Por isso, o estudante deve definir um volume de estudo que conseguirá cumprir e que seja suficiente para acertar o mínimo necessário — com uma margem de segurança, é claro!

3. Trace prioridades conforme o peso das questões na prova

A prova da OAB tem questões de muitas áreas do Direito, além de cobrar o Estatuto da Criança e do Adolescente e questões de Ética Profissional. Porém, cada uma é cobrada em diferente medida. A disciplina de Ética Profissional, por exemplo, abrange 12 questões; Direito Constitucional e Civil, 7 questões; do lado oposto, são apenas duas questões divididas entre Direito do Consumidor, Ambiental, Internacional e ECA.

Ou seja, na impossibilidade de estudar tudo com efetividade, deve-se priorizar as matérias que mais caem na prova.

4. Crie um cronograma de estudos

Sabendo das prioridades e das dificuldades de cada matéria, o estudante deve definir o tempo que terá para estudar para a prova e criar um cronograma que consiga abranger todo o conteúdo proposto, estabelecendo uma rotina de estudos que se adeque às suas necessidades.

5. Busque fontes diversas para estudar para a prova da OAB

Por fim, nem só de lei seca e doutrina em livro vive o estudante de Direito. É preciso procurar por outras formas de estudo mais simples e dinâmicas que possam contribuir com o aprendizado. Opções como videoaulas (com os especialistas em OAB), audiobooks, sites, aulas de revisão geral e os famosos “resumões” podem ajudar bastante.

Fonte: Blog Juris Correspondente

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!