Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Profissão cobiçada: você sabe como se tornar um Promotor de Justiça? Confira! (vídeo)

goo.gl/NmkWGg | A figura do Promotor de Justiça sempre causa impacto na sociedade, tanto quanto um Juiz de Direito. Por isso, não são raros os estudantes de Direito que tenham como objetivo ingressar no Ministério Público.

Com efeito, com a prisão de políticos e grandes empresários do país, nunca se viu o órgão ministerial com tanto prestígio junto à sociedade, o que fatalmente fará ainda mais com que os futuros operadores do direito se esforcem para atuar como promotores de justiça.

Até porque é uma carreira fantástica, já que além da possibilidade de prestar grandes serviços em prol da coletividade, o salário inicial para quem ingressar na carreira supera a casa dos vinte mil reais. Contudo, tornar-se Promotor Público exige uma série de requisitos, os quais são similares ao concurso da Magistratura.

O candidato necessita ser bacharel em direito e ter três anos de atividade jurídica, os quais são apenas contabilizados depois da conclusão da faculdade. Dessa forma, seu período como estagiário não será contabilizado como tempo de atividade jurídica para fins de contagem no ingresso deste concurso público.

Tendo os requisitos supracitados, você estará apto a prestar um rigoroso concurso, o qual apresenta um alto grau de dificuldade, razão pela qual é necessário estudar com afinco, na maioria das vezes, durante anos.

Vale ressaltar que se almejar atuar na esfera federal, o nome do cargo é outro, qual seja, Procurador da República. Este exerce a mesma função do Promotor de Justiça, defendendo os interesses da União, os quais atingem o país como um todo, vide como exemplo a operação lava jato.

Com efeito, a área de atuação de um membro do Ministério Público é bem ampla, muito além da área penal que estamos acostumados a vislumbrar nos filmes, sobretudo nos Tribunais do Júri.

O Ministério Público, como tem a função de defender os interesses sociais, acaba atuando nos mais variados setores, tais como: meio ambiente, associações, fundações, direito de família, dentre inúmeras outras, sendo perfeitamente possível você mudar sua área de atuação quando ingressar na carreira.

Aliás, a ideia é que você atue naquilo que tenha maior afinidade, todavia, é de suma importância ressaltar que você poderá cumular uma série de funções distintas simultaneamente, caso atue em comarcas pequenas, normalmente alocadas nos interiores pelo Brasil afora, onde não raras vezes se tem apenas uma única Vara Judicial e um único Promotor de Justiça, sendo que assim como o Juiz da região, você cumulará diversas funções ao mesmo tempo.

Assista a Entrevista com a Promotora de Justiça Suzana Perín Carnaúba:


E ai, depois de conhecer um pouco mais da carreira, você quer ser Promotor de Justiça?

Fonte: estagiodireito.com

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!