Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Carreira desejada: confira 10 dicas para ser aprovado nos concursos da Polícia Civil

goo.gl/Tdutct | O ingresso em carreiras da Polícia Civil é o objetivo de muitos jovens por todo o Brasil. Inspetor, Escrivão, Agente, Delegado e Perito estão entre as possibilidades de cargos da instituição. Os ganhos iniciais são muito atrativos e em algumas funções ultrapassam R$ 20 mil mensais. As carreiras são de nível médio e superior. Porém a escolaridade exigida para cada carreira varia de acordo com cada estado.

A concorrência é extremamente alta. Por isso, muitos candidatos que aguardam por estes certames já se preparam antes mesmo da abertura dos editais. Confira abaixo 10 dicas que podem te ajudar na busca pela aprovação nos concursos públicos da Polícia Civil. Não perca tempo e comece a se preparar agora mesmo!

1 – Faça um planejamento


Alguns candidatos têm a oportunidade de dedicar-se inteiramente aos estudos para concursos públicos. Porém, uma grande parcela precisa dedicar-se ao mesmo tempo a uma rotina de trabalho e aprendizagem.

Atualmente, dentro das carreiras da Polícia Civil, a tendência é que os editais para Delegado exijam no mínimo entre dois e três anos de prática jurídica ou atividade policial. Por isso, é comum ter que conciliar trabalho e estudos.

Nesse sentido, o planejamento é fundamental para aproveitar ao máximo as horas vagas. Até a data de realização da prova, os candidatos têm cerca de três meses para se preparar. O tempo é curto, mas com planejamento é possível atingir o objetivo de aprovação.

2 – Mantenha o foco


A aprovação em um concurso público por muitas vezes é um projeto de longo prazo. Pode ser que a aprovação não venha na primeira tentativa, mas o importante é não perder o foco. Estabelecer um objetivo, um propósito, uma meta, e ter consciência disso, vai te auxiliar durante o percurso.

Muitos concurseiros bem-sucedidos afirmam que não foram aprovados de primeira, ou que a aprovação para o concurso almejado não veio logo de cara, mas que a experiência e a bagagem adquiridas durante a preparação foram fundamentais para obter o êxito.

Tenha em mente o concurso público que você deseja ser aprovado e estude até atingir este objetivo. Vale a pena concentrar os esforços em um único projeto ao invés de atirar para todos os lados.

3 – Elabore um cronograma de estudos


A elaboração de um bom cronograma de estudos é uma das etapas do planejamento geral. Tenha em mente quantas horas por dia você terá disponível, quais os conteúdos precisa estudar e quais os temas possui maior dificuldade. A partir daí, estabeleça sua rotina de estudos diária.

Quanto maior for a antecedência deste cronograma melhor. Alguns candidatos começaram a estudar desde muito tempo antes da abertura do edital. Por isso, a partir de agora, tente cumprir ao máximo o seu cronograma.

Tabelas e planners podem te auxiliar neste processo, uma vez que eles dão a visão do todo, incluindo o que já foi estudo e o que ainda precisa de maior atenção.

4 – Faça uma leitura detalhada do edital


Outro ponto fundamental é leitura minuciosa do edital. A princípio, pode parecer cansativo por conter muitas páginas e textos cujo vocabulário é mais técnico, mas não pule esta etapa da preparação.

Dentre outras informações, no edital você encontrará a maneira detalhada de como as provas serão corrigidas e qual a porcentagem de acertos é preciso para ser aprovado em cada fase. Além disso, estão presentes todos os requisitos para participar da seleção e conteúdo programático cobrado nas provas.

Ler atentamente o edital vai te dar uma visão ampla do processo de seleção e vai te deixar preparado para as etapas que estão por vir.

5 – Invista em material de qualidade


O mercado disponibiliza inúmeras opções de material online e impresso. Mas tenha certeza de investir apenas naquilo que vai contribuir para alcançar seus objetivos. Um material bem elaborado e de conteúdo consistente será o seu melhor ajudante no processo de aprendizado.

Seja qual for o método: apostila digital ou impressa, videoaulas, cursos online ou simulados, aplique seu dinheiro somente naquilo que é voltado para a carreira para a qual está estudando.

Tenha certeza da procedência e da qualidade. Sempre pesquise a reputação e confiabilidade da editora ou instituição que oferece o material. Dessa forma seus investimentos serão totalmente voltados à busca da carreira dos seus sonhos.

6 – Resolva questões e faça simulados


Não existe fórmula mágica para estudar. Cada pessoa se sente mais a vontade utilizando diferentes métodos de estudo. Entretanto, há um consenso entre os concurseiros quando o assunto é a resolução de questões. Na internet é possível encontrar centenas de questões de provas anteriores.

Nas semanas que antecedem às provas, alguns candidatos chegam a resolver cerca de 100 questões por dia. Ao responder provas passadas e perguntas a respeito do conteúdo programático, você consegue identificar em quais temas possui maior deficiência. Dessa maneira, poderá retornar à teoria e revisar a matéria.

Ainda dentro das questões, é possível estudar realizando simulados. Assim, você terá uma noção real de como será a prova, incluindo quantidade de questões e tempo de resolução.

7 – Faça resumos


Esta é outra técnica de estudos bastante utilizada por concurseiros bem-sucedidos. Quando escrevemos, auxiliamos o cérebro no processo de fixação do conteúdo. Por isso eles são tão importantes.

Os resumos também mostram o conteúdo de forma sintetizada, apresentando os principais conteúdos de forma concisa. Este é um recurso que você pode lançar mão quando precisar de pequenos lembretes e não tem tempo para reler toda a teoria. Por isso, crie um sistema para armazenar todos os resumos que produzir. Isso pode ser feito por meio de fichas ou pastas, por exemplo.

8 – Qualidade x quantidade


Mais importante do que estudar durante horas a fio, é ter qualidade durante as horas de estudo. Se você se sente confortável, tem tempo disponível e consegue render bem estudando durante 10 horas por dia, ótimo.

Mas se você é do time daqueles que depois de algum tempo de estudo se sentem exaustos e não conseguem aprender mais nada, comece a diminuir a carga horária diária e invista em tempo de qualidade.

Além do mais, se você precisa conciliar os estudos com outras atividades, utilize ao máximo as horas disponíveis com aprendizagem de qualidade. Mantenha o foco e a concentração durante este tempo a fim de cumprir o cronograma de estudos.

Como dito acima, estudar para concursos públicos é um projeto a longo prazo, por isso, a rotina de estudos precisa ser diária. A constância é um dos principais pontos a ser levado em consideração neste quesito.

9 – Não se esqueça da preparação física


A maioria dos editais da Polícia Civil prevê aplicação de prova de capacidade física. Por isso, além dos conteúdos teóricos, é importante focar na preparação para o Teste de Aptidão Física (TAF).

Esta prova é composta por atividades como teste de flexibilidade, teste de flexão abdominal, teste de barra fixa e teste de corrida, onde serão medidos os níveis de desempenho individual.

Portanto, é preciso praticar atividades físicas regularmente. Escolha aquela que mais lhe agrada e que além de proporcionar o condicionamento físico adequado, irá proporcionar momentos prazerosos e relaxantes.

10 – Tenha uma válvula de escape


Todo o processo de preparação para um concurso público pode ser muito desgastante, cansativo e estressante. Por isso, tenha sempre em mente que é preciso reservar algum tempo para atividades de lazer e descanso.

Além disso, priorize ambientes onde sua saúde psicológica não será prejudicada. Esteja sempre ao lado de pessoas motivadoras, que acreditem no seu sonho e que te apoiem durante o tempo de preparação.

Manter o equilíbrio entre todos os fatores é essencial, uma vez que alguns candidatos levam anos até atingirem a aprovação na carreira para a qual se preparam.

Fonte: editalconcursosbrasil.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!