Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Veja os principais motivos que faz você estudar de última hora e saiba como evitá-los

goo.gl/ByjVMh | A prova é no dia seguinte, mas você ainda não estudou. Pense em quantas vezes esse cenário se repetiu no último ano. Você, provavelmente, se lembra do sufoco e das noites sem dormir, mas por acaso o motivo de ter deixado tudo para a última hora vem à mente? Não? Isso é mais comum do que parece! Muitas vezes os inimigos que levam os estudantes a procrastinar estão mais presentes no cotidiano do que se pode supor, no entanto, nem sempre é fácil identificá-los.

Se você quer romper esse círculo vicioso confira a seguir lista de fatores que te levam a estudar na véspera dos exames e veja como mudar seus hábitos na volta às aulas:

1 – Acreditar que tem mais tempo para estudar do que realmente tem

Muitas vezes, os alunos subestimam a quantidade de tempo que de fato passarão estudando. Isso acontece por dois motivos: não levar em conta interrupções e outros fatores, como o trânsito e ignorar o tempo de descanso que o corpo precisa para assimilar as informações corretamente antes de ficar esgotado. Para evitar isso, você pode usar métodos como o Técnica Pomodoro, que otimizam o tempo.

2 – Falta de motivação

Pode ser que você tenha adiado sua sessão de estudos simplesmente porque estava sem vontade de encarar os livros por horas. Esse comportamento está longe de ser o ideal, apesar de ser comum. O melhor a fazer nesses casos é pensar na real motivação para seus estudos, como realizar o sonho de entrar na faculdade e se tornar um bom profissional, o importante é manter o foco do resultado. Escrever esses propósitos e revisitá-los sempre que estiver desmotivado é uma boa maneira de aumentar a vontade de estudar.

3 – Não estudar progressivamente

Estudar é um hábito e, como tal, precisa de frequência. Sendo assim, você aprenderá muito mais estudando ao longo de vários dias do que se decidir assimilar toda a matéria de uma vez. Um dos motivos é que o cérebro grava as informações assimiladas durante o sono, portanto, quanto mais noites de sono você tiver intercalando os estudos, mais fácil você memorizará o conteúdo. Planeje-se para garantir que terá tempo o suficiente para estudar por vários dias e facilitar esse processo.

4 – Não dormir bem

Se você estiver cansado e com sono, as chances de querer adiar os estudos são muito maiores, por isso, dormir bem é fundamental. Apesar da sensação de que você tem muitas coisas a fazer e que o tempo que você passará acordado será necessário, dê preferência ao seu sono. Depois de descansar, sua energia vai aumentar e você conseguirá realizar as outras tarefas em muito menos tempo.

5 – Acreditar que já sabe a matéria

Em muitos casos, por frequentar as aulas e prestar atenção, você tem o falso sentimento de que não precisa estudar até o momento da prova, o que acaba se tornando um pesadelo. Isso acontece porque esse não foi o que se chama de aprendizado ativo, ou seja, não mediu o conhecimento na prática. Uma boa dica para fugir dessa armadilha é manter um sistema constante de autoavaliação, ou seja, fazer uma dinâmica de testes, especialmente com exercícios práticos para saber o quanto você já sabe e o que ainda falta aprender até a prova. Explicar a matéria para os colegas também pode ser um ótimo termômetro para avaliar se você está preparado ou não.

Fonte: Universia Brasil

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!