Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Jovem estudante com doença muito rara surpreende e vai à formatura de maca


goo.gl/FNdHCA | A estudante Melanie Hartshorn, de 26 anos, é uma inspiração e um exemplo de coragem. Ela sofre de uma doença rara e, nos últimos dois anos, foi forçada a viver numa maca e mal consegue levantar a cabeça, mas conseguiu terminar os estudos e saiu do hospital para ir à cerimônia de graduação em Biologia.

Segundo o jornal da Universidade de Newcastle, na Inglaterra, a jovem se formou nesta terça-feira. “Este é um dia brilhante e significa muito para mim. Quero agradecer a todos que estão me apoiando. Como o meu estado de saúde piorou, eu precisei de várias operações que me impediram de me formar com os meus colegas. Eu tive que tirar um tempo e cursar meu último ano dois anos depois. Isso significa que eu tive que fazer meus exames numa maca e para fazer as tarefas de casa”, contou.



A jovem sofre de síndrome de Ehlers-Danlos, doença também conhecida como síndrome do homem elástico porque afeta o tecido conjuntivo, fazendo com que as articulações se desloquem e pode causar a ruptura de vasos sanguíneos.

Segundo o 'Mirror", Melani afirmou que seu “tempo está se esgotando”, mas deseja ser uma professora. “Eu estou morrendo, mas eu trabalhei tão duro para ter sucesso e quero seguir a minha paixão para me tornar um professor”, disse. Uma cirurgia a ajudaria a ficar de pé, mas o tratamento só está disponível nos Estados Unidos e custa mais de R$ 800 mil.

Melanie começou a estudar aos 21 anos e o curso deveria durar três anos. No começo ela ia à escola de cadeira de rodas, mas quando a doença se agravou e ela precisou fazer duas cirurgias na coluna, a faculdade passou a ser feita em casa. “Eu estava desesperada para passar. Nunca pensei em deixar o curso”, disse.

A mãe dela, Molly Hartshorn, afirmou que a formatura significa muito porque ela é a primeira da família a ter um diploma de curso superior. “Ela não desistiu, mesmo depois que ela perdeu a capacidade de ler e escrever. Ela passou por tanta coisa e estamos muito orgulhosos”, contou.


No início da faculdade Melanie estava numa cadeira de rodas Foto: Reprodução do Facebook

Fonte: extra globo

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!