Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Jovem estudante de Roraima é aprovada em duas universidades de Portugal: 'realizada'

goo.gl/hefF1V | Uma estudante de Roraima foi aprovado em duas universidades de Portugal. Ex-aluna de escola pública, Alessandra Lima, de 23 anos já se decidiu: vai estudar psicologia na Universidade de Coimbra, uma das mais famosas instituições europeias de ensino superior.

A estudante recebeu a notícia de que tinha conquistado o 2º lugar na seleção da Coimbra na última segunda-feira (25) em Boa Vista. Na hora em que viu o nome na lista, desatou a chorar.

"Estava no trabalho, quando acessei o site da universidade de Coimbra e vi que ao lado do meu nome estava o status de 'colocada'. Gritei, chorei. Meus colegas me abraçaram e me parabenizaram. Me senti realizada. Queria muito isso", conta.

Duas semanas antes de receber o resultado da Universidade de Coimbra, a estudante ficou sabendo que também conquistou o 2º lugar do mesmo curso na Universidade da Beira Interior (UBI), também em Portugal.

"Fiquei muito feliz com essa primeira aprovação, mas como eu realmente sonhava em ir para Coimbra, contei apenas para as pessoas mais próximas que tinha conseguido a vaga na UBI. Só fui contar sobre as duas aprovações quando saiu o segundo resultado", disse.

Para conquistar uma das cinco vagas destinadas a estudantes brasileiros na Universidade de Coimbra, Alessandra utilizou a nota que obteve no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013. Nessa época, ela sonhava em cursar medicina.

"Passei cinco anos estudando para passar em medicina, mas no ano passado percebi que não queria mais essa área. Como sou professora, notei que tenho facilidade em lidar com pessoas e decidi cursar psicologia. Um dia vi nas redes sociais um anúncio de que poderia usar a nota do Enem para estudar na Europa, sem precisar fazer vestibular", afirma.

Feijoada e 'vaquinha online'

Movida pelo sonho de estudar em Portugal, a jovem decidiu arrecadar dinheiro para custear a viagem que deve ocorrer em setembro. Assim, com a ajuda da mãe, passou a vender feijoada e  fez 'vaquinha online'. A campanha é para arrecadar os R$ 7 mil necessários para a matrícula e três parcelas da mensalidade da universidade.

"Depois de ir para Coimbra, planejo conseguir bolsa de estudo, para bancar minha permanência lá durante os cinco anos do curso", explica. O curso de psicologia ofertado em Coimbra é com mestrado integrado e por isso deve durar cinco anos. "Tenho certeza que voltarei de lá com experiências novas, muito conhecimento técnico e cultural".

Por Emily Costa
Fonte: G1

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!