Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Danos morais e materiais: casal quer indenização de R$ 36,7 mil por acidente em buracos

goo.gl/VBIHkU | Transcorrido mais de um ano desde que o então prefeito de Jales, Pedro Manoel Callado, reuniu a imprensa para anunciar que o governador Geraldo Alckmin tinha autorizado a recuperação asfáltica da “Vitório Prandi”, a estrada vicinal que liga Jales a Dirce Reis, continua com diversos trechos completamente esburacados. Além das reclamações dos usuários da estrada, as péssimas condições do asfalto estão gerando ações de indenizações na Justiça.

Na ocasião, Callado afirmou que os técnicos do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) já tinham providenciado um levantamento na vicinal para identificar os pontos críticos e indicar as providências a serem tomadas. O atual prefeito, Flávio Prandi (DEM), confirma que os estudos chegaram a ser realizados e que o DER tem a intenção de fazer algumas intervenções na vicinal. “Nós temos mantido constantes contatos com o pessoal do DER que, realmente, planeja investir alguns recursos na recuperação da estrada. O problema é que, apesar de a obra já ter sido autorizada pelo governador Alckimin, o DER não dispõe de recursos orçamentários para a execução da mesma”, explicou o prefeito.

Flá Prandi explicou que sua administração já providenciou uma operação tapa-buracos na estrada, mas reconheceu que as condições do asfalto voltaram a piorar com o surgimento de novos buracos. “Assim que assumimos o governo municipal, logo no início do ano, fizemos uma parceria com a Fuga Couros e com a Prefeitura da Dirce Reis e providenciamos um tapa-buracos. No entanto, a estrada é muito utilizada, inclusive por caminhões pesados, e os problemas voltaram”, disse o prefeito.

Buracos causam perda total

Enquanto não consegue recursos para melhorias no asfalto da “Vitório Prandi”, a Prefeitura de Jales continua enfrentando problemas na Justiça em função de acidentes ocorridos na estrada. Na semana passada, um casal de lavradores – moradores do Córrego Quebra-Cabaça – recorreu ao Judiciário com uma Ação de Reparação de Danos Materiais e Morais contra a Prefeitura de Jales e o Departamento de Estradas e Rodagem do Estado (DER). Na ação, o casal está solicitando uma indenização de R$ 36,7 mil em função de um acidente supostamente causado por buracos naquela estrada.

De acordo com a ação, na manhã do dia 13 de fevereiro deste ano, a mulher trafegava pela vicinal “Vitório Prandi”, no sentido Dirce Reis-Jales, acompanhada por dois filhos, quando foi surpreendida por diversos buracos espalhados pela via. Um dos buracos fez com que ela perdesse o controle da direção, capotando o carro que acabou indo parar em uma ribanceira com três metros de profundidade. Além dos ferimentos em uma filha, o acidente causou a perda total do veículo, avaliado em R$ 14,7 mil. Um laudo pericial elaborado pela Polícia Científica quatro dias depois do acidente, constatou o péssimo estado de conservação da vicinal. Além da indenização relativa aos danos materiais ocasionados pela perda do carro, o casal está pedindo mais R$ 18 mil por danos morais e estéticos causados à filha.

Por Valdir José Cardozo
Fonte: atribunanaweb

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!