Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Advogada é presa em flagrante com munições na bota após se envolver em confusão

goo.gl/eXZKbm | A Polícia Militar prendeu em flagrante por porte ilegal de munições de arma de fogo uma advogada, no distrito de Floresta do Sul, em Presidente Prudente, na noite desta quarta-feira (21). Com ela, foram encontradas duas cápsulas de calibre aparente 635.

De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil, os policiais militares foram acionados por populares para atender a uma ocorrência de desentendimento entre a advogada e uma moradora do distrito de Floresta do Sul.

Segundo o BO, a advogada estava em Presidente Prudente desde o último fim de semana para visitar o filho que está preso na Penitenciária de Martinópolis pela prática de roubos. Com endereço em Ribeirão Pires (SP), ela estava hospedada na casa de uma mulher com quem se desentendeu em Floresta do Sul e cujo marido também está preso na mesma penitenciária.

Como os populares disseram que a advogada possivelmente estava armada, a PM realizou busca pessoal e encontrou as duas munições na bota que ela calçava. Como não possuía documentação que lhe autorizava a portar aquelas munições, a mulher recebeu voz de prisão em flagrante e precisou ser algemada pela PM porque resistiu à abordagem, segundo o BO.

A advogada estava com um veículo VW Gol no qual havia uma Bíblia dentro da qual foram encontradas 42 folhas de cheques que acabaram apreendidas pela polícia, a maioria nominal à mulher presa. O aparelho celular da advogada também foi apreendido.

A ocorrência foi apresentada na Delegacia Participativa, onde a Polícia Civil decretou a prisão em flagrante da advogada e ainda arbitrou-lhe uma fiança de R$ 1 mil para responder ao caso em liberdade. No entanto, até o término da elaboração do BO, o valor não foi recolhido.

Fonte: g1 globo

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!