Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Advogado de Hermano Henning fala em fraude praticada pelo SBT durante 23 anos

goo.gl/9xyagp | O apresentador Hermano Henning, 71, que durante 23 anos fez parte do casting do jornalismo do SBT, decidiu entrar com uma ação na Justiça contra a emissora, com o intuito de receber todos os seus direitos trabalhistas, após deixar a emissora apenas com um salário em mãos.

Em conversa com a coluna, André Froes de Aguilar, advogado do jornalista, explica que Hermano era contratado como pessoa jurídica do canal de Silvio Santos: "A única coisa que o Hermano recebeu nesses últimos 23 anos foi seu salário. Estamos pedindo o reconhecimento do vínculo deste período todo, como férias, 13º, FGTS, equiparação salarial com empregados da mesma função que ganhavam mais na empresa e o período que ele ficou na geladeira".

Segundo o advogado, no final do vínculo do apresentador com o SBT, a emissora ofereceu um contrato "tampão" com uma redução de 50% de salário num período de três meses. "A própria Justiça do Trabalho hoje reconhece a pejotização como uma fraude aos direitos trabalhistas, aplicando o artigo 9º da CLT. Afinal, foram 23 anos de SBT e de um dia pra noite, simplesmente falaram que o Hermano não iria trabalhar mais", conta.

Para André Froes de Aguilar, a figura da pessoa jurídica nada mais é uma máscara para fraudar a legislação trabalhista.

"A estimativa de valor é só depois que a gente tiver uma sentença reconhecendo o vínculo. Por enquanto não tem valor nenhum", esclarece o advogado.

Procurados, Hermano Henning e SBT não quiseram se pronunciar sobre o assunto.

Fonte: natelinha.uol.com.br

3 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. bom. se o trabalhador pejotiza, ele não entra no quadro como funcionário, né ? então ele é o que ? um parceiro? comodatário ? um autônomo ??? Quais as vantages e desvantagens da pejotizaçaõ, para o trabalhador?? é confuso esse tema. pode responder por favor ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Astulio, a única "vantagem" é tributária, pois dependendo da faixa "salarial" vai pagar menos do que um celetista...
      de resto é só prejuízo ao trabalhador

      Excluir

Agradecemos pelo seu comentário!