Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Audiência de custódia: juíza diz que não concorda com o 'polícia prende juiz solta'

goo.gl/13sUiQ | A juíza Emanuele Chiaradia Navarro, titular da 5ª Vara da Comarca de Sorriso, disse em entrevista ao jornalista Fernando Luis, da Rádio Sorriso-FM 99.1, que não concorda com o jargão "polícia prende, juiz solta". A declaração se refere as audiências de custódias que passaram a ocorrer em Sorriso, desde a semana passada. "Essas análises já eram feitas no gabinete. A única diferença é que agora são feitas em audiências que é um direito do preso e uma determinação do Tribunal de Justiça", explicou a magistrada.

"Essas audiências acontecem no Brasil desde 2014 por determinação do Conselho Nacional de Justiça. No interior aguardávamos apenas estrutura para realização das audiências. No entanto, as audiências de custódia passaram a ser vistas como obrigatórias e desde a última sexta-feira (25.08), estamos realizando em Sorriso. Toda pessoa que for detida será levada para essa audiência no prazo de até 24 horas após a prisão".

"Na prática não há diferença. Quem tem direito vai sim responder em liberdade. Nós [juízes] somos muito mal interpretados porque as pessoa pensam que temos muita elasticidade, mas também respondemos por nossos atos e determinamos de acordo com as leis", finalizou.

Fonte: www.folhamt.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!