Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Após negar atendimento a travesti, hospital terá que pagar indenização de R$ 30 mil

goo.gl/mMC4F6 | Uma travesti deu entrada na emergência do Hospital de Caridade de Canela e foi expulsa do local por uma funcionária que alegou como 'impróprias' as roupas que a paciente estava vestindo.



Hospital de Caridade de Canela, no momento da triagem, a profissional de enfermagem considerou 'imprópria' a roupa da paciente, negou o atendimento e ameaçou chamar os seguranças

De acordo com informações do G1, a travesti detalhou que passou mal e procurou a emergência do hospital, junto de seu companheiro. No momento da triagem, a profissional de enfermagem teria se incomodado com as vestimentas da paciente. Ela negou o atendimento e ameaçou chamar os seguranças.

Humilhada, a travesti levou o caso à justiça e denunciou o Hospital e no dia 26 de outubro, a 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do RS (TJRS) reconheceu o fato como agressão à dignidade da paciente.

Fonte: www.diariodepernambuco.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!