Justiça determina que companhia aérea pague R$ 218 mil em indenização após extravio de mala

Nenhum comentário
goo.gl/uYb7jn | A Justiça da Bahia determinou que a companhia aérea Latam Airlines Brasil pague R$ 218,2 mil em indenização ao joalheiro baiano Carlos Rodeiro, por conta do extravio de uma bagagem com joias, durante um dos voos da empresa.

A decisão foi expedida no início deste mês pela 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), em Salvador. Em nota, a Latam informou que irá se manifestar nos autos do processo. A assessoria de Carlos Rodeiro não sabe informar se cabe recurso da sentença. O G1 não conseguiu contato com o advogado do joalheiro.



Joias produzidas pelo baiano Carlos Rodeiro (Foto: Reprodução/ Facebook)

De acordo com a assessoria do joalheiro, o extravio ocorreu em 2015 e ele entrou com o processo na Justiça no mesmo ano. Ele viajava de Salvador para o Rio de Janeiro quando a mala que levava as joias produzidas por ele foi extraviada. Carlos Rodeiro iria levar os produtos para um evento do cabeleireiro Fernando Torquarto.

Segundo a decisão, a companhia aérea deve pagar R$ 188.230,99 mil ao joalheiro em danos materiais - sendo R$ 10 mil correspondentes ao prejuízo sofrido com a perda dos objetos pessoais e R$ 178.230,99 mil pelas jóias perdidas - e R$ 30 mil em danos morais.

Além da indenização, a Justiça determinou também que a Latam cubra as custas e honorários no percentual de 20% sobre o valor da condenação.

Fonte: g1 globo

Nenhum comentário

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!